Clareamento dental: Como funciona, enfraquece os dentes, tipos, preço

Clareamento dental: Como funciona, enfraquece os dentes, tipos, preço

Um sorriso bonito é uma das portas principais para os relacionamentos entre as pessoas. Além disso, eleva a nossa autoestima e, consequentemente, ajuda na qualidade de vida. Mas, infelizmente, a rotina do dia a dia desgasta nossos dentes facilmente, afetando principalmente a cor branca dos dentes, deixando-os amarelados. Com isso, a busca por tratamentos estéticos odontológicos de clareamento dental vem aumentando cada vez mais. Quer aprender mais sobre clareamento dental? Vem com a gente!

Como funciona o clareamento dental?
O dente possui pequenos poros na sua estrutura. Nesses poros podem se acumular pigmentos nos tecidos mais superficiais e também nos mais profundos. Isso pode ser agravado através de alimentações ricas em corantes, como refrigerantes e café, por exemplo, como também má higienização diária. Sendo assim, a função do clareador dental é penetrar nessa estrutura e agir contra esses pigmentos.

Quando o produto usado no clareamento entra em contato com essas pequenas moléculas de pigmentos, ele as quebra em moléculas ainda menores e aquela área agora “limpa” vai passar a refletir a luz de forma diferente, expressando novamente a cor branca e também mais brilhosa. Essa é a diferença visual entre dentes amarelados e dentes mais brancos. Esse processo de despigmentação pode ser feito com uso de produtos químicos ou diretamente com laser em algumas sessões.

Clareamento dental enfraquece os dentes?
Durante as sessões e rotina do tratamento, pode ocorrer uma sensibilidade dos dentes, principalmente com relação a mudanças de temperatura. Para isso, o profissional pode indicar ao paciente produtos específicos para controlar melhor essa hipersensibilidade. Isso ocorre devido uma desmineralização superficial pela qual o dente passa, o que será reposto pela própria saliva em pouco tempo.

A tendência é que logo após o fim do tratamento, essa sensibilidade desapareça. Sendo assim, clareamento dental não enfraquece a estrutura do dente, pois não afeta o esmalte nem a dentina do dente; nem também deixa os dentes mais suscetíveis a cáries; apenas deixa mais sensível durante o tempo do tratamento.

Formas de clareamento dental
Clareamento dental caseiro com moldeira
Esta é a técnica mais cômoda e indicada pelos dentistas por ser mais segura, no ritmo do paciente e também por oferecer resultados mais duradouros. É um processo caseiro, que demanda tempo, e necessita com certeza de acompanhamento profissional.

Nesse clareamento dental é utilizado uma moldeira para os dentes, feita na medida exata para sua boca. Nessa moldeira, é colocado o gel clareador indicado pelo seu dentista. Normalmente, o dentista recomenda que o paciente coloque a moldeira durante a noite. E então, o gel quando em contato com o dente, é absorvido e age quimicamente com propriedades clareadoras. Geralmente, o gel indicado possui o princípio ativo de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida.

O tratamento caseiro dura em média 15 dias. Durante esse período é recomendado não consumir nenhum tipo de alimento ou bebida com pigmentos fortes, principalmente industrializados.

Clareamento dental a laser
É o tipo mais rápido de clareamento dental. Utiliza os mesmos produtos e géis clareadores que os outros tipos de tratamento, porém com uma concentração bem maior, devendo ser manuseado apenas por profissionais. Por ser um tratamento mais rápido, costuma custar mais caro, pois também traz os resultados de clareamento mais rápido, não é?

Nesse processo, é usado um tipo de laser (ou luzes halógenas ou LED também) sobre os dentes que estimula e acelera o processo de despigmentação. O número de sessões varia de acordo com cada caso, mas já na primeira sessão dá pra notar um branqueamento no sorriso. Em contrapartida, os resultados duram menos tempo quando comparado ao tratamento caseiro; sendo assim o ideal é fazer clareamento conjugado, que inicia no consultório com o laser e prolonga em casa com manutenção do clareamento caseiro.

Clareamento dental adesivo
Neste tratamento, são coladas fitas adesivas com efeito clareador sobre os dentes. Pode ser feito em casa mesmo também, mas com supervisão e acompanhamento do seu dentista. O resultado de branqueamento é comprovado também, mas quando comparado com os efeitos do clareamento a laser, possui resultados inferiores e com menos durabilidade.

Para quem tem dentes sensíveis e deseja fazer clareamento dental, essa pode ser uma ótima opção, pois é bem menos agressiva que o laser, por exemplo. Também é bom para quem quer efeitos rápidos para momentos específicos, como um sorriso mais branco para uma festa ou casamento, por exemplo. Porém, o uso contínuo sem limite pode causar desgaste do esmalte dos dentes e causar sensibilidade. Portanto, os adesivos clareadores não devem ser usados com tanta frequência.

Leia também: WhiteDent comprar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *