O conselho dos médicos se você quer perder peso

O conselho dos médicos se você quer perder peso

O que a ciência diz sobre perder peso? Além dos truques fisiológicos, há várias dicas médicas para perder peso que podem funcionar ou que, na pior das hipóteses, farão sua dieta funcionar muito melhor.

Vários deles têm muito a ver com a psicologia, e às vezes é difícil reduzir não deve ser nem mais nem menos do que algumas crenças equivocadas, maus conselhos ou apenas uma falta de foco na abordagem do desafio, os problemas Isso pode causar decepção para aqueles que não conseguem perder peso de forma eficaz.

Portanto, como o tempo compila, é melhor prestar atenção aos especialistas. Estes são alguns dos truques recomendados pelos médicos para perder peso com mais facilidade.

Eduque-se em nutrição
Muitas dietas falham por ignorância, não por negligência. Às vezes, estamos totalmente inconscientes do que estamos comendo e qual é o efeito desse alimento em nosso corpo. Por isso, é de louvar que campanhas como a de Sinazucar.org sejam realizadas para conscientizar a população.

Existem milhares de sites na Internet especializada em recursos on-line de nutrição para você aprender o que os nutrientes de cada alimento contribui eo que ele faz, como funciona em seu corpo e como você deve combiná-los com os outros. É uma questão de dedicar um pouco de tempo.

Você quer perder peso? Estes são os melhores alimentos para perder peso

Faça as mudanças permanentes
É inútil estabelecer-se uma meta rígida e seguir uma dieta agressiva por três semanas, se, uma vez atingida a meta, você recair novamente em todos os maus hábitos que fizeram com que você precisasse dessa dieta.

Faça a sua dieta e seu novo estilo de vida permanente. Siga uma dieta equilibrada no seu dia a dia e exercite-se sem que isso faça parte de qualquer plano pré-estabelecido, apenas como parte de sua rotina.

Reduzir o tamanho das porções
Está plenamente demonstrado que o tamanho da placa afeta e psicologicamente muito a quantidade de comida que você precisa preencher. É aconselhável que você sirva pequenas porções – ainda que suficientes – em pratos de sobremesa. Dessa forma você vai encher antes.

Você também pode completar o primeiro curso com um segundo para obter mais nutrientes na mesma refeição, tudo sem as partes necessariamente maiores.

Elimine qualquer tipo de refresco
Praticamente todos os refrigerantes, incluindo sucos de frutas, contêm grandes quantidades de açúcares livres. Ele é um dos inimigos número 1 em seu objetivo de perder peso e responsável por uma grande parte da epidemia de obesidade que o Ocidente está experimentando.

Portanto, você deve eliminá-los já do seu dia a dia, e não apenas as bebidas açucaradas, mas também as açucaradas. É demonstrado que estes alteram a forma como o seu estômago reage à glusosa, pelo que estão relacionados com diabetes tipo 2 e obesidade.

Não fique obcecado com calorias
Não se dedique a contar calorias, mas sim nutrientes. Existem alimentos que são ricos em calorias, mas contêm nutrientes essenciais que você precisa para manter uma dieta equilibrada, como nozes ou gorduras de origem vegetal.

Além disso, como veremos nos seguintes conselhos científicos para perder peso, não é bom comer menos calorias do que as devidas.

Leia também: Womax gel lipo funciona

Água com limão para perder peso … Mito ou realidade?

Não fique com fome
Nosso organismo mantém mecanismos evolutivos destinados a nos salvar em uma situação de escassez de alimentos. Um deles é aquele que faz quando você está com fome você acaba desejando e picando alimentos hipercalóricos. É o seu metabolismo ‘armazenar’ calorias no caso de você passar fome novamente.

Portanto, não comer o suficiente não só não vai ajudar você a perder peso, mas pode causar exatamente o oposto, que você acaba cortando entre as refeições que não beneficiam você em tudo.

Concentre-se em um objetivo
Se você tem um objetivo a alcançar, seja peso ou gordura corporal, não se desvie. Tente ir passo a passo sem outros objetivos secundários que o distraiam.

Se possível, faça o mais simples possível: tais alimentos por dia e muitos minutos de exercício físico, sem a ajuda de outros elementos externos, como pílulas ou shakes.

Fonte: https://www.valpopular.com/womax-gel-lipo-funciona/

4 produtos para diminuir celulite, flacidez e estrias

4 produtos para diminuir celulite, flacidez e estrias

Não espere as marquinhas aparecem para começar a se cuidar. Com os produtos e a rotina de cuidados certa, você consegue evitar os problemas que vem com o tempo

Se sua pele do próximo verão pudesse lhe dar um conselho hoje, certamente diria “Comece a se cuidar desde já”. Melhor não ignorar: restaure, hidrate e turbine as defesas do seu corpo diariamente para não precisar se preocupar demais quando as altas temperaturas (e as peças míni) chegarem. Aproveite o pós-banho da academia para usar os produtos. “Os exercícios estimulam a circulação sanguínea, o que melhora a absorção dos ativos”, diz a cirurgiã plástica Karina Gilio, de São Paulo. Ao lado, boas apostas para agora.

Body Heat Alchemy Body, Buona Vitta, R$ 97
Com nicotinato de metila e extrato de castanha-da-índia e de arnica, ele melhora o contorno do corpo e o grau da celulite ao ativar a microcirculação e diminuir as inflamações.

Divulgação Divulgação
Divulgação (/)

Saiba mais: Estrifree estrias

Veja também: 3 tratamentos estéticos de que você ainda vai ouvir muito

Body Sculpt Emulsão Corporal Estrias e Flacidez, Skeyndor, R$ 330
Reorganiza as fibras de colágeno, reforça as camadas mais profundas e também protege a mais externa. Resultado: menos estrias e flacidez.

Divulgação Divulgação
Divulgação (/)

Cellu Destock Overnight, Vichy, R$ 140
A fórmula vem com cafeína pura a 5%, que esvazia os estoques de gordura durante a noite. A promessa: silhueta afinada em um mês.

Divulgação Divulgação
Divulgação (/)

Celulitech by Luciana Gimenez, Luxor Cosmetic, R$ 100
Seus ativos nanoencapsulados penetram mais profundamente na pele e são liberados ao longo de até oito horas. Entre os ingredientes, estão a cafeína, o chá-verde, a arnica e a palmarosa.

10 mitos sobre emagrecimento que você provavelmente acredita

10 mitos sobre emagrecimento que você provavelmente acredita

Você certamente já deve ter buscado por métodos, receitas e dietas para emagrecer na internet e visto uma centena de pessoas falando coisas completamente contraditórias. A verdade é que existem grandes mitos sobre emagrecimento que todo mundo ainda teima em acreditar e que estão te impedindo de alcançar os resultados que você quer.

>>Comece o Q48 HOJE e garanta GRÁTIS 8 bônus exclusivos para turbinar o seu emagrecimento.

A internet tem conteúdo a perder de vista sobre emagrecimento e considero isso algo muito positivo, mas é preciso que você saiba filtrar o que realmente é verdade e o que é mito. Existe muita informação duvidosa que já encontrei até mesmo em grandes https://www.q48.com.br/programa-completo/?utm_source=Blog&utm_medium=SEO&utm_campaign=mitos-sobre-emagrecimento&utm_term=Q48&utm_content=Nuloportais que podem confundir muita gente e comprometer seriamente os resultados de quem quer emagrecer.

Foi por isso que decidi desvendar os 10 mitos sobre emagrecimento mais difundidos pelas pessoas na internet e até mesmo pela mídia. Será que você já caiu em um deles? Continue lendo este artigo e descubra!

1. Todas as calorias são iguais

Leite Dourado – Q48 SuperFoods
As calorias nada mais são do que uma medida de energia, e o que muita gente teima em acreditar – e pior, difundir – é que todas as calorias têm o mesmo conteúdo de energia. Isso, no entanto, absolutamente não quer dizer que todas as fontes de energia (ou calorias) terão o mesmo efeito sobre o seu peso.

Diferentes? Como assim?
Explico: diferentes alimentos passam por diferentes vias metabólicas e podem tem incontáveis efeitos diretos na nossa fome e nos hormônios que regulam o nosso peso e armazenamento de gordura.

Vou dar um exemplo para você entender melhor: uma caloria oriunda de uma proteína não é a mesma caloria proveniente da gordura, muito menos do carboidrato. Isso porque quando você substitui carboidratos e gordura por proteína, a sua fome e a sua vontade de comer (que são duas coisas diferentes) reduzem consideravelmente, ao mesmo tempo que seus hormônios que regulam o peso trabalham de maneira mais eficiente.

Além disso, outro ponto que você deve se lembrar sempre: as calorias de alimentos integrais ou naturais são muito mais completas do que as que compõem os alimentos refinados, como os doces, refrigerantes e industrializados em geral.

2. A perda de peso é um processo linear

Emagrecer normalmente não é um processo linear, ao contrário do que somos levados a pensar. Isso quer dizer que em durante alguns dias ou semanas você perde peso, em outros, você pode ganhar um pouco. Isso é algo absolutamente normal e que não compromete os seus resultados finais.

Sério, não se preocupe, é totalmente normal que o peso do seu corpo oscile algumas vezes. E isso acontece por diversos motivos: você pode estar com mais comida no seu sistema digestivo no momento ou até mesmo retendo um pouco mais de líquido. (Já falei aqui no blog sobre retenção de líquido e algumas maneiras simples de eliminar esse desconforto. São dicas super simples e que podem mudar sua vida)

3. Suplementos vão te ajudar a perder peso

A indústria dos suplementos é gigantesca e há tantos tipos de suplementos prometendo tantos resultados que você já deve até ter se confundido na hora de escolher um.

Mas aqui vai uma má notícia em relação aos suplementos: quando estudados a fundo, nunca provam ser tão efetivos quanto prometem.

Agora, talvez, você esteja pensando que isso não pode ser verdade, pois conhece alguém que usa suplementos e tem resultados bastante satisfatórios. Você mesmo talvez já tenha usado por um tempo e percebeu mudanças. Na realidade, o que acontece nesses casos não é nada mais do que um efeito placebo. As pessoas acham que o suplemento pode ajudá-las, compram e, para que ele tenha uma boa performance, cuidam mais da alimentação, e quem cuida da alimentação, logicamente vê mudanças acontecerem em pouco tempo.

Claro, alguns podem sim ser uma ajuda e os melhores podem até te auxiliar a perder alguns quilos dentro de poucos meses. Mas entenda que o suplemento em si não é nem de longe a chave para o emagrecimento definitivo.

Saiba mais: Kifina funciona

4. “Coma menos, mexa-se mais” é um bom conselho

A gordura corporal é simplesmente energia armazenada (ou, se preferir, calorias). Para perder essa gordura, mais calorias devem ser gastas do que ingeridas. Seguindo essa linha de pensamento, parece bem lógico pensar que comer menos e se exercitar mais resulta em perda peso. A equação bate e faz até certo sentido pensar assim, certo?

Nem sempre…

Esse, na realidade, é um péssimo conselho a ser seguido se você tem problemas com o seu peso, pois por mais que você emagreça no curto prazo, irá ganhar tudo de volta, e por razões biológicas.

A primeira mudança que deve ser feita é a de mentalidade. Se você quer realmente emagrecer e nunca mais engordar novamente, é preciso mudar o seu comportamento para conseguir mudar sua alimentação e sustentar uma rotina de exercícios. Apenas dizer “coma menos e exercite-se mais” não é suficiente.

Dar um conselho como esse para uma pessoa obesa é como dizer “anime-se” para alguém com depressão. É ineficaz e sinceramente chega a ser cruel.

5. Carboidratos fazem você engordar

Dietas com baixa ingestão de carboidratos, como a que eu indico para os meus alunos do Q48, fazem com que você emagreça rápido. Isso é um fato comprovado pela ciência e funciona em 100% dos casos.

Na maioria dos casos, a perda de peso acontece até mesmo sem que aconteça uma restrição consciente de calorias, pois enquanto a ingestão de proteínas for alta e a de carboidratos for baixa, você perderá peso inevitavelmente.

No entanto, isso NÃO significa que os carboidratos, por si só, façam você engordar. É só você pensar que a epidemia de obesidade começou em meados dos anos 1980 e a humanidade ingere carboidratos desde os seus primórdios.

A verdade é que os carboidratos refinados, tais como o que encontramos no pão branco e no açúcar e derivados, estão definitivamente ligados ao ganho de peso, mas os alimentos naturais e integrais que são ricos em carboidratos são bastante saudáveis e devem estar presentes no seu cardápio diário.

6. Gordura faz você engordar

A gordura corporal é apenas gordura proveniente de alimentos que é armazenada. Logo, somos levados a pensar que comer mais gordura fará com que o nosso corpo a armazene ainda mais, certo?

Errado!

Acontece que no nosso corpo as coisas não funcionam dessa maneira tão simples. A gordura não está ligada ao ganho de peso, exceto pelo fato de estar presente em alimentos altamente calóricos, como os de fast food.

Isso significa que enquanto você estiver ingerindo a quantidade correta de calorias, a gordura não fará você engordar. Na realidade, dietas com alta ingestão de gordura e pobres em carboidratos já mostraram ser altamente eficientes para emagrecer em vários estudos científicos.

O que significa que tudo depende do contexto.

Então, se você comer uma grande quantidade de gordura aliada a muitos carboidratos e alimentos processados, com certeza irá engordar, mas não por causa da gordura isoladamente.

7. Comer no café da manhã é obrigatório para perder peso

Vários estudos mostram que pessoas que pulam o café da manhã tendem a pesar mais do que os que fazem a refeição religiosamente.

No entanto, é preciso levar em consideração que isso pode acontecer porque provavelmente essas pessoas que comem bem de manhã são mais propensos a ter um estilo de vida mais saudável.

Outros estudos já mostraram que comer no café da manhã ou comer religiosamente a cada 3 horas não tem nenhum efeito considerável no peso das pessoas.

O que eu aconselho para meus alunos, na verdade, é que comam quando sentirem fome e parem quando se sentirem satisfeitos, sem exageros.

>>Comece o Q48 HOJE e garanta GRÁTIS 8 bônus exclusivos para turbinar o seu emagrecimento.

8. Dietas para emagrecer funcionam de verdade

A indústria do emagrecimento quer que você acredite que essas dietas malucas da moda realmente funcionam, mas a verdade é que elas quase nunca são eficazes no longo prazo. Infelizmente, em um ano, 85% das pessoas tendem a ganhar tudo o que perderam a custo de muito sacrifício.

O que eu vou dizer aqui pode ser um pouco chocante, mas entrar em uma dieta é quase entrar num compromisso de reganho de peso no futuro.

Como já falei antes, aqui a questão é muito mais de mentalidade e mudança de hábitos, pois é quase impossível sustentar uma dieta de restrição alimentar por muito tempo.

Esqueça a mentalidade de dieta e procure fazer uma reeducação alimentar, sem deixar de comer o que você gosta, durma bem, faça exercícios de alta intensidade e o emagrecimento será um efeito colateral de tudo isso. (e ele virá mais rápido do que você imagina)

9. Pessoas acima do peso não são saudáveis, mas as magras sempre são

Outro dos mitos sobre emagrecimento que tendemos a acreditar e que é uma grande falácia. é verdade que a obesidade está associada a uma série de doenças crônicas, incluindo diabetes, problemas no coração e até alguns tipos de câncer.

No entanto, existem muitas pessoas obesas que têm um organismo saudável e tantas outras que são magras e têm uma série dessas doenças crônicas que ligamos ao peso.

Claro, se você tem muita gordura abdominal, é bom ficar alerta, pois esse tipo de gordura está fortemente ligado a doenças do coração, por exemplo. Mas a gordura que se acumula sob a pele, por sua vez, é mais um problema estético do que de saúde.

10. Alimentos diet ajudam a perder peso

A triste verdade é que um monte de porcaria é comercializado como comida saudável. Alguns exemplos são os alimentos com baixo teor de gordura, alimentos sem glúten, entre outros.

Meu conselho é que você não confie nesse tipo de comida, pois os rótulos deles são feitos muito mais para enganar do que para informar.

E aqui vai uma dica de ouro: se for industrializado e o rótulo lhe disser que é saudável, então fuja! Provavelmente esse alimento vai ser muito ruim para você.

No sistema Q48, eu explico detalhadamente os melhores alimentos para emagrecer sem passar fome e uma maneira de se alimentar que é mais saudável, nutritiva e pode ser levada para o resto da vida, ou seja, o seu emagrecimento vai ser de forma duradoura e absoluta. E agora que você descobriu os maiores mitos sobre emagrecimento, descubra como acabar com o pensamento gordo de uma vez por todas!

Se você gostou deste artigo, então compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui abaixo. Aproveite também para saber mais sobre o Sistema Q48 e como conseguir 1 ano de resultados em 8 semanas.

Óleos essenciais e seus benefícios

Óleos essenciais e seus benefícios

Não comprei mas foi garantido a procedência por profissionais do setor, professora de aromaterapia que fez curso em Londres e outras consumidoras da marca como a Michelle do Tantas Plantas
A marca tem 70 anos de tradição e é conceituadíssima no mercado natural e orgânico, óleos vegetais também valem a pena (assim como qualquer produto da marca no fator pureza e orgânico). Tem alguns óleos essenciais orgânicos.O pacote vem da Inglaterra

Leia também: Óleo de baobá

Tisserand
Simplesmente o maior nome da aromaterapia no mundo, seus produtos embora estejam presentes no Brasil- clica aqui, podem ser comprados na Feel Unique com frete grátis.
Os óleos essenciais são usados pela minha professora para clinicar, já as sinergias roll on, óleos de banho e massagem são naturais eu já os testei, clica aqui. Tem alguns óleos essenciais orgânicos.

Nacionais
Terra Flor
Seus óleos tem certificação IBD e tem óleos raros indianos. As sinergias são puros óleos essenciais e/ou vegetais, acrescido de acetato de tocoferol para não oxidação. Tem alguns óleos essenciais orgânicos.

Bioessência
Além dos óleos essenciais que valem a pena se você não puder comprar fora como rosas, jasmim ou Néroli que não são baratos por natureza- virem em frascos de 2ml a um preço mais cabivel (digo isso por ver o preço de alguns destes óleos em outras marcas nacionais), os óleos vegetais e hidrolatos que são conservados por hidrolato de tea tree, excelente bactericida e antifungico também valem a pena. Os cosméticos em si tem substâncias que o pessoal do mundo orgânico evita.Tem alguns óleos essenciais orgânicos.

Laszlo
Tem a maior variedade de óleos que já vi. Os óleos vegetais são ok – . Esta lista é válida somente para OEs puros, ou seja 100% .
Por via das dúvidas sobre os OEs a 10% é melhor perguntar ao SAC.

WNF
Um dos primeiros óleos essenciais da minha vida, a professora aprova e eu confio pela minha experiência.
Os óleos vegetais e de massagem são ok, são naturais.
Sobre a água termal que tinha um fórmula excelente (contei aqui) e era certificado pelo Ecocert, na Bio Brazil Fair quis chorar quando vi DMDM Hydantoin com nota 7 no EWG, risco alto à saude-vide aqui.
Tem alguns óleos essenciais orgânicos.

Phytoterapica
Também foi um dos primeiros que comprei e confio pela eficácia. Os óleos essenciais e vegetais são ok, não tenho certeza da fórmula da linha aerosol.
Gosto muito pois é a única marca que coloca o nome do óleo na tampinha de plástico facilita muito na hora de achar (pra quem tem mais de 90 imagina ficar procurando pelo rótulo?!)

By Samia
Os óleos essenciais, vegetais, sinergias prontas como o Slim, contei aqui e óleos de massagem que são conservados com acetato de tocoferol são ok para o pessoal do mundo orgânico.
As bases neutras tem ingredientes problemáticos, não são 100% naturais.

Ikove
A marca é orgânica certificada pelo Ecocert e tem alguns óleos essencias e vegetais, que na minha opnião são ótimos.

Harmonie
Os óleos vegetais são bons, quanto aos óleos essenciais não os conheço mas minha amiga aromaterapeuta confia e usa, então acredito.

Herbia
Tive a oportunidade de usar alguns óleos da marca e são muito bons. Erva baleeira deles é um dos melhores.

Vida Bhotanica
Tenho alguns óleos e minha professora garantiu a procedência e idoneidade da marca. Tem alguns óleos não encontrados em outras marcas como Cumaru.A água de laranjeira e a água de rosas já usei, assim como os óleos essenciais vibracionais. Os demais produtos desconheço formulação.

Oshadi
Conheci os óleos essenciais da marca e gostei da qualidade! Tem alguns OEs diferentes dos demais, por exemplo, o cominho.

Vimontti
É uma marca que que cultiva suas plantas seguindo métodos orgânicos de agricultura , que também tem ênfase na preservação do meio ambiente.

cupom valido até dez/2017

Algumas dicas úteis:
– Óleos essenciais no Brasil vem sempre em frascos de 2, 5, 7, 9 ,10, 11 – passando desta medida, desconfie da procedência ou certifique-se de que seja mesmo óleo essencial e não vegetal (porque já vi frascos com 30/100ml para mais na IHerb)

– Nenhum óleo essencial custará menos que R$10 no Brasil, frascos escrito essência e custando cerca de R$5 sem o nome da planta em latim é certeza de serem sintéticos.

– Já no exterior a maioria dos óleos são bem mais baratos do que aqui, o motivo é que a grande maioria dos óleos essenciais comercializados no Brasil são importados.

– Na dúvida pergunte sempre! Via SAC ou facebook das marcas.

Com o tempo esta lista de hoje cresça, coloquei aqui as marcas que já usei ou tenho certeza absoluta de confiança, seja por pessoas idôneas que já usaram ou informações de profissionais e até da minha professora.

Lojas físicas normalmente são lojas de produtos naturais como Mundo Verde, que vende Phytoterapica, WNF e By Samia e farmácias homeopáticas com as mesmas marcas.

Entenda tudo sobre máscaras faciais e veja por que as famosas as amam

Entenda tudo sobre máscaras faciais e veja por que as famosas as amam

Feitas em casa ou compradas em farmácias e perfumarias, elas podem deixar a sua pele incrível. Fique de olho nos benefícios!
Por Da Redação access_time 31 maio 2018, 13h00 chat_bubble_outline more_horiz

Vira e mexe a gente vê no Instagram alguma celeb com o rosto todo melecado de máscara facial. E tanto sucesso tem uma razão: ela realmente funciona. Por isso, a CH preparou uma seleção de dicas para usar o produto. É só anotar tudo e se preparar para bancar a Maisa, a Vanessa Hudgens, a Bella Hadid… e fazer selfies bem diferentes hahaha.

maisa-mascara-facial Maisa Silva sempre testa máscaras nas redes sociais
Maisa Silva sempre testa máscaras nas redes sociais (Reprodução/Instagram)

Por que elas são boas para a pele?
As máscaras faciais possuem uma concentração maior de ativos do que outras opções de cosméticos. Além disso, durante a aplicação, passamos uma camada maior de produto na pele, o que faz com que ele penetre com maior facilidade pelos poros.

Para o que ela serve?
Existem muitas máscaras com diferentes funções: para hidratar, para retirar o óleo, para acalmar… A dica é investir naquela que tem mais a ver com a sua necessidade. Para a pele seca, procure um produto com ácido hialurônico, mel e óleos naturais. Para controlar a oleosidade, o ideal são opções que contenham ácido salicílico e argila verde ou branca. Já para tratar a acne, aposte em extratos naturais, como aloe vera, própolis e argila também.

bella-hadid-mascara-facial Bella Hadid e uma amiga no ~momento spa~
Bella Hadid e uma amiga no ~momento spa~ (Reprodução/Instagram)

Como usar
Antes de aplicar, lave bem o rosto para retirar as impurezas e faça uma leve esfoliação para que o produto penetre melhor na pele. Permaneça com a máscara de 10 a 15 minutos (este tempo depende das instruções da embalagem). Depois, enxágue para retirar o produto.

A periodicidade ideal
O mais indicado é usar a máscara de 15 em 15 dias. Se a pele estiver muuuito ressecada, dá para aplicá-la uma vez por semana. Importante : ela não substitui os produtos de cuidados diários. Por isso, mantenha sua rotina normalmente.

vanessa-hudgens-mascara-facial Vanessa Hudgens também é fã do produto!
Vanessa Hudgens também é fã do produto! (Reprodução/Instagram)

Leia também: Máscara Preta comprar

Caseiras X Industrializadas
Tanto as máscaras feitas em casa quanto as que compramos em perfumarias trazem benefícios para a pele. Vai optar por uma caseira? Então, fique de olho nos ingredientes. Produtos ácidos devem ficar longe das misturas, pois podem causar danos ao rosto (por exemplo, manchar a pele). Além disso, pesquise bastante para encontrar os ativos certos e chegar no resultado esperado.

multimask-mascara-facial A hasgtag #multimask virou mania de beleza da internet
A hasgtag #multimask virou mania de beleza da internet (Reprodução/Instagram)

Multimask
Que tal usar várias máscaras faciais ao mesmo tempo? A ideia é aplicar em cada parte do rosto um produto com a função específica para ela. Apesar de dar mais trabalho, o multimask funciona. O segredo é nunca misturar vários produtos e passá-los ao mesmo tempo, pois um pode neutralizar o efeito do outro.

4 ÓLEOS CORPORAIS QUE EU ADORO!

4 ÓLEOS CORPORAIS QUE EU ADORO!

Confesso que não dou muita bola para óleos corporais no verão, não… Mas quando o clima esfria, eles viram meus melhores amigos, haha. Tenho a pele bem seca e, ultimamente, o clima aqui em Curitiba anda gelado, o que faz com que eu sofra um pouco com a pele descamando ou esbranquiçada. Por isso resgatei os óleos corporais que tinha ou ganhei nos últimos tempos e tenho usado muito! E apesar de eles não substituírem o hidratante corporal – já que eles só ajudam a manter a hidratação da pele – pra mim já faz uma super diferença.

Leia também: Óleo de Argan como usar

E os que eu tenho usado ultimamente são os que estão nesse post aqui – vou falar mais especificamente de cada um deles já já. Além disso, também adoro o mais básico que tem, o óleo de amêndoas da Johnson’s – ele só não entrou no post porque não tenho nenhum no momento e quero usar esses antes de comprar novos. Mas ele está no meu coração também, especialmente pelo custo-benefício.

Procurando indicação de hidratantes para usar no frio? Aqui tem vários!

ÓLEOS CORPORAIS QUE EU ADORO!
óleos corporais

O Bio-oil ficou bem famosão ultimamente (tem post só dele aqui) – ele é um óleo que pode ser usado tanto no corpo quanto no rosto e promete hidratar, nutrir e melhorar a aparência da pele com o uso contínuo.

Esse óleo da Souvie eu não conhecia, mas recebi outro dia e já fui testar – ele é orgânico e promete reestruturar o equilíbrio da pele. A composição tem óleos orgânicos de girassol, coco, rosa mosqueta e castanha-do-pará, ricos em vitaminas A, B, C e E. Originalmente ele foi feito especialmente para gestantes – não é meu caso no momento haha, mas uso mesmo assim.

O Huile Tonic da Clarins é um óleo formulado 100% com extratos vegetais – ele promete hidratar e ajuda a firmar, restaurando a elasticidade da pele.

Para terminar o Sève, da Natura, é super famoso também – eles sempre lançam edições diferentes com perfumes gostosos. Esse aí é o de Amêndoas e Frésia. Ele promete pele macia e hidratada por até 24 horas.

óleos corporais

A textura de todos é bem semelhante – uns são mais grossos, como o da Clarins, enquanto outros são um pouco mais fluídos, tipo o Bio-oil, mas não tem muita variação nesse quesito, não.

óleos corporais

Quanto ao perfume, quem ganha de lavada é o da Natura, que tem um perfume bem delícia – acho que esse de frésia talvez seja o que eu mais gostei de todos os da linha que já testei. O que eu menos gosto nesse quesito é o da Souvie – mas não é algo que me incomode, uso normalmente mesmo assim. O que acontece é que, como ele é todo orgânico e natureba, ele tem cheiro dos óleos mesmo, não tem perfume junto, sabem como? Já os outros dois são mais neutros.

Acho que todos deixam a pele macia e dão uma ajuda na hidratação, mas o melhor, para mim é da Clarins. Juro, queria um litro desse, mas infelizmente não será possível porque ele é absurdamente caro, hahaha. Não se pode ter tudo nessa vida – por isso economizo esse potinho mini! De qualquer forma, gosto bastante dos demais também, recomendo todos,

ONDE COMPRAR?
O óleo da Souvie é vendido em farmácias, como na Panvel, por exemplo – o frasco de 90 ml custa R$ 86; o óleo da Clarins e o Bio-oil podem ser encontrados no Beleza na Web – o da Clarins custa R$ 298 por 100 ml e o Bio-oil custa de R$ 36,99 a R$ 79,99, dependendo do tamanho do frasco; por fim, o da Natura, que custa R$ 64,90, pode ser encomendado com consultoras ou adquirido nas loja física ou virtual.

CHÁ DE GENGIBRE

CHÁ DE GENGIBRE

Muita gente gosta do chá de gengibre porque ele ajuda a curar resfriado e dor de garganta. Além desses benefícios, claro, o chá de gengibre é uma delícia que pode ser tomada a qualquer hora. Sirva bem quentinho para o sabor ficar ainda mais marcante.

Leia também: chá de gengibre receita

INGREDIENTES
1 pedaço de gengibre (cerca de 5 cm)
1 ½ xícara (chá) de água
açúcar ou mel a gosto
MODO DE PREPARO
1. Com uma escovinha para legumes, lave bem a casca do gengibre sob água corrente. Seque e corte o gengibre em fatias finas.

2. Numa leiteira ou chaleira, coloque a água, as fatias de gengibre e leve ao fogo médio. Quando começar ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 5 minutos.

3. Desligue o fogo, tampe deixe descansar por 2 minutos. Adoce a gosto com mel e sirva a seguir.

3 máscaras faciais para fazer com itens que você tem em casa

3 máscaras faciais para fazer com itens que você tem em casa

Aprenda alguns truques simples para ajudar a tratar problemas complicados
Redação

Quando se pensa em tratamentos estéticos é comum achar que eles só são possíveis em clínicas especializadas com recursos de alta tecnologia. De fato é verdade que quando vamos fazer algum procedimento é importante ter profissional de confiança dando as orientações necessárias. Afinal é a nossa saúde que está em jogo.

Leia também: Máscara de pepino fazer

Mas existem algumas técnicas que podemos fazer em casa, sem colocar nossa saúde em risco e obtendo bons resultados. Algumas máscaras faciais são feitas com produtos naturais. E o melhor, que temos em casa. Sim, dentro da sua geladeira ou dispensa existem também itens que podem te ajudar a cuidar da saúde da sua pele.

Para orientar sobre quais ingredientes podem ser úteis para fazer máscaras faciais, o Minha Vida conversou com a fitoterapeuta e professora de estética Sueli Marini, da clínica Movimento Corporal (SP).

É importante lembrar que as máscaras não substituem os tratamentos dermatológicos ou estéticos. Além disso, é importante informar qualquer alteração que você note na sua pele. Sueli também conta que o ideal é fazer usar a máscara no máximo uma vez por semana e não mais que isso.

Confira a seguir as receitas que ela deu para diferentes problemas de pele.

Manchas na pele
Uma boa dica para melhorar o aspecto da pele é a máscara de aveia. Além de ser um alimento muito nutritivo, ela também é rica em silício e proteínas, o que contribui para a renovação pele. Isso ajuda nas divisões celulares e deixa o tecido com uma melhor aparência, além de mais saudável.

Receita

1 colher (sopa) de aveia
500 ml de iogurte natural
1 colher (café) de mel
Modo de preparo

Misture os ingredientes e permaneça com a máscara durante 20 minutos. Retire com água fria.

Acne e cravinhos
Quem tem acne e cravinhos pode usar a máscara de argila para complementar o tratamento dermatológico. A argila tem diversas propriedades: é antioxidante, secativa, adstringente, reconstrutora, antisséptica e desintoxicante. Por isso, ela pode ser usada para tratamento de acne, após a limpeza de pele, para melhorar celulite (pois ativa a circulação sanguínea), flacidez tissular e seborreia, entre outros usos.

Receita

1 colher de sopa de argila
1 xícara de chá de manjericão
20 gotas de própolis
Modo de preparo

Dissolva a argila no chá de manjericão até engrossar. Depois, acrescente 20 gotas de própolis. Enxague com água fria.

Envelhecimento precoce
O açaí é considerado mundialmente um dos mais potentes alimentos antienvelhecimento. O frutinho de um roxo intenso é um arsenal de nutrientes, como vitaminas (A, E, D, K, B1, B2, C), minerais (cálcio, magnésio, potássio, ferro), aminoácidos, antioxidantes e óleos essenciais. É rico em polifenóis que agem diretamente na saúde dos vasos sanguíneos e detonam os radicais livres, aqueles responsáveis pelo envelhecimento e dano à pele.

Receita

1 colher (sopa) de soja em pó
1 Polpa de açaí
10 gotas de própolis
Modo de preparo

Junte a soja com a polpa de açaí até dar ponto de creme e acrescente 10 gotas de própolis. Aplique a máscara ainda gelada.

Queda de cabelo

Queda de cabelo

Alterações significativas na aparência dos cabelos podem impactar seriamente a auto-estima das pessoas. A queda de cabelos pode causar sérias conseqüências emocionais – tanto para homens como para mulheres.

Os cabelos não servem somente como um aliado estético, mas também funcionam como um isolante térmico, protegendo a cabeça das radiações solares.

O principal indicativo de cabelos saudáveis é quando a cutícula do cabelo tem um padrão regular. Isso faz com que as moléculas de água e de proteína mantenham-se no cabelo – mantendo-o maleável, com brilho, forte e macio.

Mas quando nosso cabelo começa a cair ou está com sua estrutura alterada, isso pode ser indício de doenças.

As causas para a queda de cabelo podem ser internas ou externas.

Causas Externas
As causas externas da queda de cabelo geralmente são provocadas por desgastes por produtos químicos, tais como:

Escova progressiva;
Tinturas de má qualidade;
Tração dos fios – como em sessões de alisamento – ou por pressão provocada por penteados que puxam o cabelo para traz;
Acúmulo de resíduos de cremes no couro cabeludo.
Mas a causa da queda não necessariamente é de origem química. Entre as causas comuns de origem não-química estão exposição excessiva aos raios ultravioleta, uso de secadores e escovação brusca.

Leia também: remédio para queda de cabelo

Em ambos os casos, ocorrem anomalias na disposição das cutículas e, conseqüentemente, na estrutura dos fios e do couro cabeludo, deixando-os danificados. Nesses casos – em que as escamas ficam abertas, provocando perda de brilho, umidade e resistência – faz-se necessário um tratamento profundo e intensivo. Esse tratamento deve ser à base de cremes específicos para a recuperação dos fios. Além disso, deve-se parar completamente com o uso dos produtos químicos nos cabelos, até que eles estejam novamente revitalizados.

Quando os cabelos estão caindo em grande quantidade ou quando tornam-se mais finos e escassos, não se deve dispensar a consulta a um dermatologista para descobrir com precisão a causa.

Os especialistas na área irão avaliar o problema do paciente, buscando informações sobre sua dieta, uso de medicamentos, vitaminas tomadas nos últimos seis meses, histórico familiar e doenças recentes. No caso de mulheres que apresentam esta queixa, o médico deve perguntar sobre o ciclo menstrual, gravidez e menopausa.

A próxima etapa é fazer um exame do couro cabeludo, analisando os fios de cabelo ao microscópio. Testes laboratoriais mais específicos também podem ser indicados, como por exemplo, a biópsia do couro cabeludo.

Causas Internas

Má Alimentação
Uma alimentação rica em vitaminas e proteínas é essencial para o fortalecimento dos fios. Por isso, para obter os nutrientes necessários, procure seguir uma dieta equilibrada que contenha:

Zinco, presente em alimentos como carne vermelha, frango e peixe; (saiba mais)
Aminoácidos lisina, cisteína e prolina, presentes em carnes;
Beta-caroteno, presente em vegetais alaranjados como cenoura e folhas de cor verde-escura;
Vitaminas do complexo B, presentes em grãos, nozes, legumes, cereais integrais.
O ferro é um dos componentes mais importantes para a saúde do cabelo. A reserva de ferro no organismo deve estar alta. Algumas pessoas não ingerem ou não absorvem bem o ferro. Mulheres com o período menstrual muito longo ou com grande volume perdem muito ferro e ficam anêmicas. Para saber mais detalhes sobre o que fazer, veja nosso artigo sobre ferritina.

Pós-parto
Geralmente após o parto, ocorrem casos de queda de cabelo em algumas mulheres. Porém, essa queda é perfeitamente normal, ocorrendo enquanto o organismo da mulher se recupera dos desequilíbrios hormonais da gravidez. Outro fator agravante é a amamentação — período em que a mãe dispõe de muitos nutrientes para o bebê através do leite.

A queda de cabelo normalmente inicia-se de 2 a 3 meses após o parto, normalizando-se naturalmente no prazo de 1 a 6 meses.

Durante este período, valem os conselhos habituais: evite banhos muito quentes, escovação exagerada e realize massagens no couro cabeludo com as pontas dos dedos. Não há restrições após o parto com relação ao uso de tinturas, tonalizantes e procedimentos químicos – como permanente e alisamento.

Micoses do couro cabeludo
Essa infecção é contagiosa e mais comum em crianças.

Inicialmente formam-se pequenas áreas de descamação que podem se estender e resultar em áreas de fios quebradiços, eritema (vermelhidão), edema (inchaço) e infiltração. O tratamento deve ser feito através de medicação oral.

Uso das pílulas anticoncepcionais
Mulheres que apresentam queda de cabelos ao utilizarem pílulas anticoncepcionais geralmente já apresentam uma tendência prévia a terem menor quantidade de cabelos. Se a queda efetivamente ocorrer, a usuária deverá consultar seu ginecologista na tentativa de substituir o anticoncepcional usado.

Quando a mulher interrompe o uso do anticoncepcional, ela poderá perceber que a queda do cabelo inicia-se de 2 a 3 meses após esta interrupção, podendo permanecer até 6 meses.

Saiba mais sobre Anticoncepcional
Distúrbios da glândula tireóide
Com relação à produção dos hormônios da tireóide, tanto a diminuição (hipotireoidismo) como o aumento (hipertireoidismo) podem ser causas de queda de cabelo. Estas alterações podem ser diagnosticadas através de exames laboratoriais. O tratamento correto das doenças da tireóide pode corrigir efetivamente a perda capilar.

Febre alta e infecções
Uma gripe forte pode levar a uma queda excessiva dos cabelos por algum tempo, cessando espontaneamente.

Tratamentos para câncer (quimioterapia e radioterapia)
Alguns tipos de tratamentos para câncer farão com que as células responsáveis pelo crescimento dos cabelos parem de se multiplicar. Os cabelos começam, então, a ficar finos e quebradiços. Isto ocorre cerca de 1 a 3 semanas após o início do tratamento. Pacientes podem chegar a perder mais de 90% dos seus cabelos. Depois de terminado o tratamento, o crescimento capilar reinicia-se normalmente.

Cirurgia e medicação intensa
Alguns medicamentos usados no tratamento de gota, artrite, depressão, problemas cardíacos, hipertensão arterial e anemia contribuem para o problema. O excesso de vitamina A também pode levar à queda.

Calvície hereditária
É a causa mais comum, sendo que esta tendência pode ser herdada tanto do lado materno quanto do lado paterno da família.

Saiba mais sobre Calvície
Alopecia Areata
É o tipo de queda de cabelo que leva a uma área pequena e arredondada totalmente sem cabelos (“pelada”).

QUAIS SÃO OS MELHORES REMÉDIOS PARA CÓLICA MENSTRUAL?

QUAIS SÃO OS MELHORES REMÉDIOS PARA CÓLICA MENSTRUAL?

Não importa a idade ou fase da vida, quando o período menstrual se aproxima, muitas mulheres já começam a procurar os melhores remédios para as dores provindas desse ciclo, pois sabem que esse incômodo sempre acompanha a menstruação. É por esse motivo que saber quais são os melhores tratamentos para esse problema é tão importante. Afinal, ninguém merece sofrer todo mês com as terríveis cólicas menstruais, não é mesmo?

Pensando nisso, desenvolvemos este post para mostrar quais são os melhores remédios que ajudam no combate às dores menstruais. Também traremos outras informações relevantes sobre o assunto, de modo que este material sirva como um verdadeiro guia completo. Ficou interessada? Então acompanhe os tópicos a seguir, pois esclarecemos as principais dúvidas que as mulheres têm sobre a cólica menstrual.

O que é a cólica menstrual e como ela acontece?
Também conhecida como dismenorreia, a cólica é um sintoma que acomete muitas mulheres que estão em seu ciclo de menstruação. É importante salientar que existem dois tipos desse desconforto, sendo que um deles é considerada normal e o outro pode ser provocado por doenças graves. Veja!

Cólica primária
A cólica primária não tem uma origem conhecida, e pode ocorrer desde a menarca — primeira menstruação da mulher — até o último ciclo, a chamada menopausa ou climatério.

Embora seja incômodo, a cólica é normal e pode acontecer em muitas mulheres. Nesse caso, o indicado é que sejam utilizados remédios específicos para a dor, com o objetivo de aliviar os sintomas e, assim, terminar com o desconforto.

Cólica secundária
Já a cólica secundária é mais grave que a primária, e ocorre em decorrência da manifestação de doenças no organismo — endometriose, miomas e inflamações pélvicas podem provocar esse tipo de desconforto.

É por isso que convém que as mulheres façam sempre um acompanhamento com um médico ginecologista. Afinal, apenas esse profissional poderá diagnosticar a causa da cólica secundária e, assim, recomendar o tratamento mais adequado para cada situação.

Quais são os tipos de absorvente que podem ser utilizados e qual a relação com a cólica?
Existem vários tipos de absorventes que podem ser utilizados quando ocorrer o ciclo menstrual. No entanto, é necessário ter alguns cuidados, uma vez que o uso incorreto desse artifício, poderá causar problemas que pioram a cólica menstrual.

Absorvente protetor diário
Apesar de ter esse nome, não se recomenda que o absorvente protetor diário seja utilizado todos os dias. Afinal, embora a região genital produza secreções todos os dias, é preciso que ela tenha liberdade para transpirar.

Quando a vagina é abafada pelo protetor diário, as secreções ficarão acumuladas no local, aumentando as chances de micro-organismos, como os fungos e bactérias, se desenvolverem. Isso pode causar problemas como a coceira e o mau cheiro, bem como as infecções que, como sintoma, desencadeiam a cólica menstrual.

Absorvente higiênico
O absorvente higiênico é o tipo mais comum do produto e é utilizado pela grande maioria das mulheres, podendo ser encontrados nas farmácias e supermercados nos mais diversos tipos e tamanhos.

Quando o fluxo ainda está fraco, utilizar os absorventes mais finos resolve o problema dos vazamentos. No entanto, quando ele aumenta, é importante utilizar um modelo mais grosso e com abas. Além disso, a troca precisa ser mais frequente.

É importante que a troca do absorvente higiênico seja feita pelo menos uma vez a cada quatro horas no período menstrual. Isso se justifica pela necessidade de o sangue acumulado não abafar a região genital e proporcionar o desenvolvimento de bactérias que podem gerar infecções e cólicas.

Absorvente interno
Há, ainda, o absorvente interno, que é visto pelos ginecologistas como uma boa opção para evitar a proliferação de fungos e bactérias na região íntima, uma vez que ele não entra em contato com a parte externa do corpo.

Além disso, por ser interno, ao utilizar esse tipo de absorvente é possível fazer atividades físicas, entrar no mar e na piscina, entre outras ações que são complicadas de serem executadas utilizando um absorvente comum.

Coletor menstrual
Também conhecido como copinho, o coletor menstrual é feito de um tipo de plástico especialmente desenvolvido para que seja maleável e higiênico. Assim, o produto deve ser introduzido na vagina, de modo que todo o sangue da menstruação fique armazenado dentro dele. A cada quatro horas, a mulher deve retirar o coletor, fazer o descarte do sangue e lavá-lo para ser inserido novamente na região genital.

Esse modelo, assim como o absorvente interno, é útil para que fungos e bactérias não se desenvolvam na região íntima, evitando o surgimento da cólica secundária.

Como você pode perceber, o tipo de absorvente usado quando se está menstruada afeta na saúde íntima e pode contribuir para que doenças se proliferem, cujo sintoma principal é a cólica secundária. Dessa forma, é preciso estar sempre atenta aos sinais que demonstram que há algo errado com a sua menstruação.

Quais são os sinais que demonstram que há algo errado com a menstruação?
As cólicas muito fortes são sinais de que algo está errado com a sua menstruação. Além desse sintoma, outros sinais também podem se manifestar. Sendo assim, continue com a leitura e confira, brevemente, sobre cada um deles.

Aumento repentino do fluxo
Quando o seu fluxo menstrual sofre um aumento repentino, é sinal que as alterações hormonais possam acontecer. Além disso, tal característica também pode indicar a presença de um mioma.

Diminuição repentina do fluxo
Assim como o aumento do fluxo indica algo errado com a menstruação, o mesmo ocorre quando ela diminui consideravelmente. Após descartar a possibilidade de gravidez ou o climatério, no caso de mulheres com idades acima dos 40 anos, é preciso analisar o que está causando essa diminuição.

A menstruação diminuída pode indicar problemas endocrinológicos, que precisam ser avaliados pelos médicos ginecologista e endocrinologista. Além disso, essa diminuição pode causar as temidas cólicas.

Ciclo irregular
O ciclo irregular pode acontecer por diversas causas que, geralmente, são relacionadas a questões hormonais. Assim, se uma mulher passa por uma situação de forte estresse emocional, por exemplo, pode ocorrer uma alteração nos hormônios e, consequentemente, ter o ciclo irregular — outra causa disso é o uso de pílulas do dia seguinte.

No caso de a menstruação ocorrer mais de uma vez por mês e vir acompanhada de fortes cólicas, pode ser o indício de lesões no colo do útero. Tais lesões, se não tratadas de imediato, podem desenvolver o câncer, sendo muito necessário a consulta com médico sempre que isso ocorrer.

Como a alimentação pode influenciar no alívio da cólica menstrual?
Um fator que pode influenciar na aparição dos sintomas da tensão pré-menstrual — a famosa TPM — é a alimentação da mulher. Existem alguns alimentos que podem ser incluídos na sua dieta para evitar que a cólica menstrual seja um sintoma frequente no seu cotidiano.

Os laticínios são ricos em cálcio, uma substância que age diretamente na musculatura lisa do útero. Sendo assim, o consumo de leite e seus derivados é muito importante para que a mulher evite sofrer as cólicas menstruais. Outro ótimo nutriente é o ácido graxo, que apresenta propriedades anti-inflamatórias que contribuem para o alívio das dores — ele é encontrado em alimentos como as nozes e castanhas, peixes, abacates etc.

Além disso, também é indicado o consumo de muitas frutas e hortaliças, que são compostas por líquidos e vitaminas que contribuem para o não surgimento de dores abdominais no período menstrual.

Quais são as alternativas naturais e alopáticas para a cólica?
Existem algumas alternativas alopáticas — a chamada medicina natural — que podem ser úteis para o alívio e prevenção das cólicas menstruais. Veja algumas delas, na sequência.

Chás
Beber chás que tenham ações analgésicas é uma atitude que pode contribuir muito para o combate às cólicas menstruais. Os mais indicados e que podem estimular a circulação periférica e amenizar as dores são os de ervas como a lavanda, a mangueira, o agnocasto, a alfavaca e a Artemísia.

Acupuntura
A acupuntura é uma técnica milenar que pode ser aplicada por profissionais como fisioterapeutas e farmacêuticos que tenham especialização na área.

De acordo com os especialistas da medicina tradicional chinesa, as cólicas menstruais ocorrem em decorrência do desequilíbrio entre órgãos, como o baço, o fígado e o pâncreas. Assim, as técnicas de acupuntura podem ser uma boa opção para evitar as temidas dores no período da menstruação.

Massagens
Alguns tipos de massagens também contribuem para que as cólicas menstruais amenizem. A técnica mais recomendada é a que utiliza pedras quentes, uma vez que o calor têm um efeito muito eficaz contra o inchaço, comum no período menstrual.

Exercícios físicos
A prática esportiva também deve ser vista como uma aliada das mulheres que sofrem com cólicas menstruais. Isso se justifica pelo fato de os exercícios aeróbicos provocarem uma sensação de euforia e prazer, de modo que o desconforto fique em segundo plano para o organismo.

Além disso, as atividades físicas dilatam os vasos do colo do útero, de modo que a passagem de sangue é facilitada e a menstruação ocorre mais facilmente.

O que é a endometriose e qual é a sua relação com a cólica menstrual?
É chamada de endometriose a doença que caracteriza a implantação do tecido do útero da mulher em outros órgãos do corpo, como os ovários, a bexiga ou o intestino. Esse deslocamento causa fortes dores abdominais e cólicas menstruais.

Apesar disso, pelo fato de muitas mulheres já apresentarem as cólicas primárias nos ciclos normais de menstruação, a endometriose é uma doença difícil de ser identificada sem que sejam feitos exames mais aprofundados.

Além das cólicas menstruais, a endometriose causa outros sintomas que precisam de uma maior atenção das mulheres, como:

cólicas fortes também fora do período menstrual;
dificuldades para engravidar;
sangramento com muita abundância no ciclo menstrual;
cansaço crônico;
dores durante as relações sexuais e masturbação;
sangramentos e dores ao urinar.
Se você apresentar um ou mais desses sintomas combinados com as cólicas menstruais, é imprescindível que procure um médico e solicite uma série de exames para saber se está com endometriose. Em caso positivo, o profissional da saúde poderá lhe prescrever o tratamento adequado.

Que exames podem ser feitos para detectar a causa da cólica menstrual?
Ao realizar uma consulta com um médico ginecologista e se queixar de cólica menstrual, ele poderá lhe solicitar uma bateria de exames. Falaremos um pouco sobre os principais deles a seguir.

Papanicolau
O papanicolau é um exame ginecológico cujo objetivo é detectar a presença de células cancerosas no colo do útero. Além disso, ele também pode ser útil para diagnosticar doenças sexualmente transmissíveis como a clamídia, a sífilis, o HPV, a gonorreia, entre outras

É recomendado que todas as mulheres com idades entre os 21 e os 65 anos façam o exame papanicolau pelo menos uma vez ao ano, principalmente se sentirem cólicas menstruais fortes.

Exames laboratoriais
Os exames laboratoriais, como a análise de sangue, urina e secreção vaginal são importantes para garantir a boa saúde íntima. Os resultados dessas análises, caso alterados, podem indicar que uma investigação mais minuciosa precisa ser feita para identificar possíveis problemas.

Ressonância magnética
Esse exame de imagem proporciona que o médico visualize as taxas de sensibilidade do colo do útero e outros órgãos da mulher. Assim, é possível verificar a presença de doenças, como a endometriose, por exemplo.

Ultrassonografia transvaginal
A ultrassonografia transvaginal tem objetivos similares aos da ressonância magnética, porém com um valor mais acessível e menos eficiente.

Por esse motivo, é comum que os médicos solicitem primeiro a ultrassonografia e, se os resultados apresentarem alguma alteração, uma ressonância magnética pode ser feita para garantir melhore informações sobre o problema detectado.

Leia também: Atroveran funciona

Exame ginecológico meticuloso
O exame ginecológico meticuloso é feito por meio do toque vaginal e, em alguns casos, também o retal. Essa análise tem o objetivo de identificar possíveis alterações no local que possam ser indícios da presença de doenças.

Laparoscopia diagnóstica
Também chamado de videolaparoscopia, esse exame consiste na introdução de um tubo fino na vagina, permitindo que os órgão reprodutores possam ser visualizados por meio de uma câmera. Dessa forma, é possível fazer a identificação com maior clareza da ocorrência de doenças que têm como sintoma a cólica menstrual, como é o caso da endometriose.

Além disso, esse exame também é muito utilizado para diagnosticar outros problemas relacionados à região íntima da mulher, como a infertilidade, as dores pélvicas etc.

Quais são os melhores remédios para cólica menstrual?
Agora que você já conhece os motivos dos desconfortos na região do útero, chegou o momento prometido em nosso título: os melhores remédios para cólica menstrual. Portanto, continue com a leitura e entenda em quais situações cada um deles é recomendado.

Anti-inflamatórios
Os anti-inflamatórios são os remédios mais indicados pelos médicos para o tratamento de cólicas menstruais, pois eles têm como princípio ativo componentes que amenizam as dores. No entanto, é recomendado o uso de anti-inflamatórios no formato de cápsula de gel ou líquido, pois eles têm um efeito mais imediato, por serem rapidamente absorvidos pelo organismo.

Os anti-inflamatórios em comprimido também são úteis, mas podem levar até duas horas para serem totalmente dissolvidos e fazerem efeito, sendo mais recomendados para tratamento em longo prazo — e não quando se deseja que as dores cessem no momento.

Analgésicos
Aqueles comprimidos que você sempre tem na bolsa, no kit de primeiros socorros ou em sua farmacinha caseira, para combater dores de cabeça e outros incômodos também podem ser úteis para aliviar as cólicas. Os analgésicos têm efeito de, aproximadamente, 20 minutos após serem ingeridos e sua ação no organismo dura de quatro a seis horas.

Antiespasmódicos
Alguns conhecidos como medicamentos antiespasmódicos também podem reduzir as dores causadas pelas contrações do útero, sendo muito indicados para o tratamento de cólicas menstruais. O ideal é que você utilize esses remédios quando já apresentar os primeiros sintomas da tensão pré-menstrual (TPM), agindo de maneira preventiva — ou seja, para que os desconfortos não cheguem a surgir.

Remédios caseiros
Sabe aquelas receitinhas práticas que nossas avós já usavam em sua época para se livrar de problemas como as cólicas menstruais? Elas ainda são muito úteis, principalmente quando você já estiver fazendo outro tratamento de saúde e não puder fazer a combinação de medicamentos.

Entre os remédios caseiros que se destacam está o chá de gengibre com canela, já que o primeiro insumo tem propriedades anti-inflamatórias e o segundo tem um efeito analgésico. Sendo assim, a combinação dos dois itens naturais resulta na diminuição das cólicas.

Para preparar o chá de canela com gengibre, basta ferver um litro de água e acrescentar um gengibre com aproximadamente cinco centímetros e um pau de canela. Após esse tempo de fervura, coe o chá e beba até três xícaras por dia.

Outro tratamento natural que pode ser realizado é o chá de angélica-chinesa, uma planta medicinal que tem efeito similar ao dos medicamentos antiespasmódicos.

Utilizando o remédio para cólica ideal para você, essas dores deixarão de ser um incômodo mês após mês. Vale ressaltar, no entanto, que o uso de medicamentos não deve ser feito por conta própria, de modo que consultar um médico e ter um aconselhamento profissional é sempre o mais indicado.

Também já citamos alguns outros tipos de terapias alternativas anteriormente, as quais também podem ser aplicadas e são consideradas remédios caseiros.

E então, gostou do nosso artigo sobre cólica menstrual? Agora você já está muito bem informada sobre o assunto e sabe como proceder caso também sofra com esse mal.

Para que suas amigas também se informem sobre os melhores remédios para cólica menstrual, que tal compartilhar este artigo em suas redes sociais? Assim você dissemina o conhecimento dessas questões importantes para a vida de todas as mulheres.

Wallababie: Para que serve? Onde comprar? Vale a pena mesmo? Veja nossa resenha!

Ultimamente o Beleza Feminina vem recebendo muitas mensagens de leitoras mamães e grávidas comentando sobre um produto novo no mercado, o Wallababie, que está fazendo maior sucesso. Nunca tínhamos ouvido falar, mas fomos procurar saber, coletar informações para ver do que se trata, ver suas funcionalidades, benefícios, enfim, tudo para informar da melhor maneira nossas leitoras que estão em dúvida.

Fizemos uma pesquisa completa, conversamos com algumas leitoras que já aprovaram, e trouxemos para vocês todas as informações que coletamos e nosso ponto de vida sobre o produto. Nesse texto você vai saber exatamente tudo sobre esse produto e porque ele pode mudar sua vida!

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS SOBRE O WALLABABIE!

Contents [hide]

1 Onde comprar o Wallababie pelo melhor preço?
2 Quanto vou pagar por esse produto? Qual é o preço?
3 O que é o Wallababie? Como ele pode me ajudar?
4 Mas afinal, o que seriam essas 10 aplicações?
5 Qual o site oficial do produto? Ele é seguro?
6 Porque o Wallababie é diferente dos outros?
7 Esse produto é para mim?
8 Ele serve para qualquer tamanho de bebê conforto e carrinho?
9 Prazo de entrega do produto
10 Posso comprar no Mercado Livre? É seguro?
11 Não gostei do produto, tenho direito a garantia?
12 Benefícios do Wallababie
13 Depoimentos de mamães que aprovaram
14 Afinal, Vale a pena mesmo? Devo confiar?
Onde comprar o Wallababie pelo melhor preço?
Você bem sabe que produtos para bebês e mamães de primeira viagem são bem caros. Sim, lojas especializadas colocam preços exorbitantes. A demanda é alta, todo dia tem uma gravida querendo fazer o enxoval do seu bebê. Mas pelo que constatamos com o Wallababie é diferente.

O produto chegou no mercado para facilitar a vida das mamães de primeira viagem, proporcionando qualidade, conforto, praticidade e economia.

O Wallababie é vendido unicamente online, portanto, você não o encontrará no

Para que você consiga comprar o seu Wallababie com os melhores preços e com total segurança basta você acessar o site oficial do produto, https://wallababie.com.br/.

Somente o site oficial te oferece o produto original e de qualidade, aquele que vai te proporcionar os benefícios e as vantagens esperadas, facilidades nas formas de pagamento, compra 100% segura, pagamento sigiloso, entrega rápida, descontos e promoções com preços que cabem no seu bolso, e tantos outros.

Então lembre-se sua compra precisa e deve ser através do site oficial. Mas não perca tempo pois as promoções e descontos são por tempo limitado.

Clique no botão abaixo e acesse mais rapidamente o site oficial.

ATENÇÃO, leitoras! Não somos os produtores do WALLABABIE, somos um site sobre o universo feminino e variedades. Para dúvidas ou mais informações,clique aqui e acesse o site oficial!
Quanto vou pagar por esse produto? Qual é o preço?
Como já mencionamos acima, o site oficial é o único lugar onde você irá encontrar o produto original pelos melhores preços. Pelo que percebemos e observamos, muitos lugares estão vendendo falsificações desse produto se aproveitando do sucesso que anda fazendo, mas pode custar a saúde do seu bebês.

Acessando a página oficial do Wallababie você encontra ofertas imperdíveis, com preços que cabem no seu bolso.

Quer economia? Então presta atenção que vamos detalhar a oferta para você, assim depois você poderá realizar seu pagamento com toda segurança.

Se você comprar agora o seu Wallababie você ganha 50% de desconto,ISSO MESMO! O produto que antes era R$414,00 vai sair apenas por 12 vezes de R$20,78. Incrível!

Ao optar por experimentar o produto, você será encaminhado para a página de pagamento, e lá poderá escolher a forma que deseja pagar. Você poderá dividir em até 12 vezes no cartão de crédito (Visa, Mastercard, American Express, Divers Club, Elo, Hipercard) ou pelo boleto bancário.

Porém, se você deseja uma entrega mais rápida, a recomendação é que você realize o pagamento via cartão de crédito, isso porque a validação do mesmo é feita em menos tempo comparado ao boleto bancário, fazendo com que o produto chegue logo em sua casa.

Clique na imagem abaixo e não perca tempo, adquira o seu!

O que é o Wallababie? Como ele pode me ajudar?
Pois bem, quando nos contaram sobre o Wallababie ficamos curiosas. Isso porque nossas leitoras mamães ou as grávidas não paravam de elogiar. Fomos atrás para ver o que era esse produto que tanto estávamos ouvindo falar sobre..

E vamos revelar em primeira mão para você.. Aqui está tudo que ficamos sabendo:

O Wallababie é um produto que chegou e está transformando o mercado infantil. Trata-se de um produto multifuncional, com 10 aplicações distintas, idealizado com uma única finalidade: Proteger seu bebê de superfícies contaminadas.

Isso mesmo, ele é um produto resistente, leve, sofisticado, de qualidade e durável. E veio para ajudar as mamães a cuidarem melhor do seus filhos.

Quer conforto, qualidade e proteção para o seu bebê? Então aproveite os benefícios do Wallababie!

Mas afinal, o que seriam essas 10 aplicações?
Calma..Sabíamos que você iria nos perguntar. O que são essas 10 aplicações? E aqui está, descobrimos que:

Ele serve de proteção para bebê conforto
Para usar na cadeirinha de alimentação
Para usar na cadeira de descanso
Proteção na cadeirinha de supermercado
Para amamentação
Charutinho para acalmar seu bebê
Como cobertor para seu bebê
Como proteção em carrinhos de bebê
Como trocador
Como echarpe para você!

Veja o vídeo abaixo para saber exatamente como você poderá usufruir desse produto e porque você REALMENTE precisa de um desse.

Qual o site oficial do produto? Ele é seguro?
Como já havíamos mencionado acima, esse produto é vendido apenas online, através da sua página oficial, https://wallababie.com.br/.

Só na página de vendas você encontra todas as vantagens, e produto original. Aquele que vai proporcionar os benefícios que você deseja,.

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR COM SEGURANÇA SEU WALLABABIE!

Porque o Wallababie é diferente dos outros?
Descobrimos que o Wallababie é diferenciado. Não há nenhum produto igual a esse no mercado. E vamos te contar porque… Bom primeiro ele tem a certificação ISO105, ou seja, a tecnologia MarsupiBag é certificada pela norma ISO 105.

Ele tem proteção solar fator 50+, oferecendo proteção contra os raios solares UVA e UVB. Bloqueia a ação dos micro-organismos, bactérias, germes e vírus. Possui um tecido respirável, que regula a temperatura corporal. E tem camadas que filtram as impurezas do ar para não chegar até seu bebê. Incrível, não é?

Por isso esse produto é tão especial, diferenciado e está fazendo maior sucesso.

Esse produto é para mim?
Quando a gente está grávida ou tem nosso bebê queremos comprar tudo, são muitas coisas para pensar, enxoval para fazer, muitas preocupações. No entanto é importante priorizar o que realmente você irá precisar, e claro, produtos de alta qualidade que vão proteger e proporcionar benefícios para ele.

Se você responder SIM para PELO MENOS uma das perguntas abaixo, esse produto É PARA VOCÊ!

Você é preocupada com seu bebê?
Quer que seu filho(a) fique sempre protegido(a)
Quer produtos de qualidade e que não afetem seu filho(a)
Quer sempre proteger seu bebê
Quer evitar que seu bebê tenha algum problema por causa de contaminação
Gosta de proporcionar conforto para seu bebê
Quer um produto fácil, prático e econômico
Clique aqui se o produto é para você e se você quer aproveitar todos os benefícios que ele oferece!

Ele serve para qualquer tamanho de bebê conforto e carrinho?
Quando estávamos pesquisando sobre esse produto, falamos com várias leitoras que eram mães, para buscar entender porque elas compraram o Wallababie. E elas nos disseram que eram super preocupadas com os seus filhos, e que queriam algo prático, diferenciado, e único.

Algo que pudesse resolver todos os problemas que elas teriam com seus filhos no dia a dia, mas não queriam algo absurdamente caro, foi ai que elas conheceram o Wallababie e amaram.

Uma das vantagens que elas mencionaram era justamente do produto ser compatível com todos os tamanhos de bebê conforto e carrinhos de bebê, o que facilita muito no dia a dia.

Prazo de entrega do produto
Pelo que constatamos o produto estará em suas mãos em um prazo de 3 à 10 dias úteis, podendo variar de acordo com onde você mora. Porém se a compra for realizada via cartão de crédito ele chegará ainda mais rápida em sua casa.

Posso comprar no Mercado Livre? É seguro?
Não é o mais indicado… Sabemos que esse produto está fazendo muito sucesso. Por conta disso, muitos sites como Mercado livre, OLX, Facebook, estão vendendo falsificações do mesmo. NÃO CAIA NESSA!

Só o site oficial oferece o produto original, com qualidade, e com todas as vantagens e benefícios. Não coloque a saúde do seu bebê em risco. Opte sempre pelo produto original, faça suas compras no site oficial.

Leia também: Wallababie preço

Não gostei do produto, tenho direito a garantia?
Olha que legal, quem comprar o Wallababie ainda tem direito de uma garantia MUITO ESPECIAL! Os produtores dele acreditam tanto nos benefícios dele que resolveram oferecer essa garantia, que consiste na devolução do produto caso ele não supra suas expectativas. Incrível né?

ISSO MESMO, O RISCO DE EXPERIMENTAR É ZERO!

Lembrando que a garantia é válida apenas para quem comprar pelo site oficial e dentro do prazo da garantia. Clique aqui e saiba mais sobre esse assunto.

“A garantia é de 6 meses, contados da data de recebimento do produto ou serviço, caso o produto precise de reparação ou substituição, se o produto tiver sido usado conforme indica no Manual de Uso.”

Benefícios do Wallababie
Coletamos inúmeros benefícios desse produto, são realmente muitas mamães falando bem dele.

Assim sendo, resolvemos fazer uma lista completa com todos eles, pois não podíamos deixar de compartilhar seus benefícios, não é mesmo? Confira!

Produto de qualidade
Prático e econômico
Super elástico
Adaptável
Confortável
Multifuncional
Tecnologia avançada
Proteção contra raios solares
Camada especial que filtra impurezas
Tecido respirável que regula temperatura corporal
Bloqueia ação dos micro-organismos, bactérias e vírus.
Seu bebê protegido 24 horas
CLIQUE AQUI e compre seu produto com DESCONTO e GARANTIA!

Depoimentos de mamães que aprovaram
Quando entrevistamos nossas leitoras descobrimos que são inúmeras mamães satisfeitas. De fato o produto é de qualidade e proporciona inúmeros benefícios e vantagens. Ainda mais nessa fase que tudo que a mãe não quer é mais um problema para cabeça, então praticidade, qualidade, conforto e economia são essenciais.

Separamos alguns depoimentos que vão te ajudar a ficar mais segura. Sei que sempre ficamos em dúvida antes de comprar algo, pensamos se ele realmente vale a pena, se realmente vamos precisar, mas pelo que vimos, te garantimos o produto vai te surpreender e transformar a sua vida e a do seu bebê.

A Raphaela Oliveira é uma leitora antiga que nos contou que sempre foi muito preocupada com filho e achou a ideia do produto incrível, olha o que ela nos relatou abaixo.

Top 5 – Sucos Detox

Sucos detox são tudo de bom. De maneira prática e rápida, fazem as toxinas que ingerimos serem eliminadas, promovendo uma limpeza interna que facilita o processo de emagrecimento. Confira as Top 5 receitas de Sucos Detox mais curtidas e comentadas no meu site e nas redes sociais.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Leia mais:
Suco zero – Suchá verde com hortelã e gengibre
Limonada com manjericão – Refrescante, gostoso e bom para a digestão

Superfáceis de fazer, estes sucos detox foram criados especialmente para ajudar você a zerar as toxinas do corpo e começar bem um programa para perder peso e manter a forma. Experimente e comente o que achou!

1 – Suco detox de melancia com gengibre
O detox funciona melhor se os ingredientes forem funcionais e complementares. Nesta receita, temos a combinação perfeita, juntando melancia, gengibre e linhaça. Confira a receita!

Leia também: Max Detox comprar

2 – Agente Laranja
Feito com limão, gojiberry, erva doce, cenoura, champignon e pimentão, o Agente Laranja é superfácil de fazer – e enriquecido com tudo de bom. Veja a receita!

3 – Suco verde
Fora do prato, parece outra pessoa. Quer dizer, outro alimento. A couve é a base desta receita de suco verde que, além de ajudar a detonar a gordura extra, refresca e faz bem à saúde. Veja a receita!

Leia também: Kifina funciona

4 – “Red Lu”, o suco detox da Lucilia
Esta fórmula ajuda a proteger o sistema imunológico, melhora o funcionamento do intestino e elimina a gordura em excesso. E, ainda por cima, é diferente dos outros: é vermelho. Veja a receita!

5 – Suco verde com água de coco
Pela primeira vez, vou compartilhar uma receita que leva água de coco. Além de dar um sabor especial às bebidas, ela é considerada um isotônico natural, por ser rica em sais minerais, como sódio e potássio. Veja a receita e aproveite!

Leia também: Phytophen funciona

Os benefícios do colágeno hidrolisado

O colágeno é um tipo de proteína e 30% de toda proteína do nosso corpo é colágeno. Uma de suas principais funções é formar fibras que propõem sustentação à pele e para os praticantes de atividades físicas, contribui e muito na formação dos músculos.

De acordo com pesquisas, a partir dos 30 anos, o corpo perde 1% dessa proteína ao ano. Essa perda resulta em redução da elasticidade e hidratação da pele, daí surgem rugas, celulite e flacidez. As unhas e cabelos também ficam quebradiços e sem brilho mas, os prejuízos maiores não são notados de imediato: tendões, ossos e cartilagens – estruturas de sustentação que dependem do colágeno – ficam fragilizadas.

Por isso, alguns nutricionistas, dermatologistas e médicos ortomoleculares consideram o consumo do suplemento importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50. Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno passa pelo processo de hidrólise – quebra das moléculas de proteína – para ser mais facilmente absorvido pelo organismo.

Funções do Colágeno Hidrolisado

O colágeno hidrolisado (um tipo especial de gelatina) contém os aminoácidos essenciais glicina e prolina em concentração 20 vezes maior do que outras proteínas. Ambos são componentes importantes do tecido conjuntivo e asseguram sua consistência e elasticidade. Ele também tem efeito regenerativo em ossos e articulações.

Para sentir na pele os efeitos do colágeno, classificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como novo alimento, você precisa consumí-lo todos os dias. Alguns profissionais preferem indicar a substância manipulada de acordo com a necessidade de cada paciente, mas também é vendida pronta, em cápsula ou em pó. A primeira opção é mais prática. Mas a segunda, diluída em água, tem a vantagem de proporcionar saciedade. Ou seja, de quebra, dá uma força no controle do peso. Você treina? melhor ainda! Nesse caso, o colágeno também ajuda na construção dos músculos.

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Retarda o envelhecimento e previne rugas;
Combate a flacidez da pele;
Fortalece unhas e cabelo;
Contribui para saúde dos ossos;
Combate celulite e estrias;
Auxilia no funcionamento do sistema linfático.
Aplicação Cosmética

O colágeno é uma proteína “mágica” para deixar a pele mais firme. Dermatologistas já provaram que, ao utilizar produtos de beleza que levam o composto em sua fórmula, a pele torna-se mais macia, firme e saudável. O colágeno também auxilia na manutenção do tônus muscular deixando a pele mais firme e menos flácida.

Leia também: Skin renov funciona

Qual a diferença entre colágeno e colágeno hidrolisado?

Colágeno é a proteína inteira; colágeno hidrolisado é a molécula já quebrada/digerida ou fracionada em aminoácidos.

Leia também: Fascia reclame aqui

Indicação do Colágeno Hidrolisado

É indicado para pessoas acima de 30 anos. Como suplemento nutricional é indicado para pessoas fisicamente ativas que desejam aumentar o consumo de proteínas, assim como para o fortalecimento de unhas e cabelos. Também é indicado em processos de cicatrização e recuperação de lesões e em processos de emagrecimento.

Deficiência

A deficiência de colágeno está também associada à redução da espessura do fio capilar e com a desidratação e perda de elasticidade da pele, culminando em flacidez e no aparecimento de rugas e estrias. Além disso, prejudica as articulações e enfraquece os ossos.

Onde é encontrado

O colágeno hidrolisado é reconhecido como um ingrediente alimentício pelo Ministério da Saúde e pelo FDA (órgão que regulamenta alimentos e bebidas nos EUA) e atualmente já é possível observar no mercado alguns alimentos enriquecidos com essa proteína. O colágeno é facilmente encontrado em lojas de produtos naturais, orgânicos ou farmácias.

Você pode usar tanto o colágeno em cápsulas quanto em pó. É encontrado em pequenas quantidades nos alimentos que contém proteína como a carne e leite e nas gelatinas.

Quais alimentos são ricos em colágeno?

As principais fontes de colágeno são os alimentos ricos em proteínas de origem animal (carne vermelha, frango, peixe). Mas, para o colágeno ser sintetizado pelo organismo, é importante você também consumir boas fontes de vitamina C (limão, melão cantalupo, caju, kiwi, acerola e goiaba) vitamina E, selênio e zinco (avelã, amêndoa e castanha-do-pará).

E a gelatina?

A gelatina consumimos como sobremesa tem só 10% de proteína e, por isso, não deve ser considerada como alternativa para firmar a pele ou deixar o corpo mais durinho. Mas é uma boa opção para enganar a fome ou matar a vontade de doce sem acrescentar muitas calorias. Já a gelatina em cápsula (ou farmacêutica) é o colágeno puro. Só que, por não ser hidrolisada, é menos eficiente. A explicação está no processo: A hidrólise quebra as moléculas da proteína presente no colágeno. Menores, elas são absorvidas pelo organismo com mais facilidade. Ou seja, você tem de consumir uma dose bem maior de gelatina em cápsula para ter o mesmo efeito do colágeno hidrolisado. Assim, o melhor é mesmo a sua versão em pó.

Modo de usar

Com apenas 10g de colágeno por dia, obtém-se o fornecimento ideal desse aminoácido tão importante. Dilua uma colher de sopa do Colágeno Hidrolisado em 200 ml a 250 ml de suco ou outro líquido de sua preferência e tomar 30 a 60 minutos antes do jantar.

Importante lembrar que o colágeno sozinho não resolve o problema de flacidez se você não mantiver uma rotina com hábitos saudáveis. A única maneira de combater a flacidez e celulite é a prática de atividades físicas aliada a uma dieta balanceada com proteínas, carboidratos e gorduras boas, asssociando-se vitaminas e mineirais – principalmente Vitamina C e o mineral silício. Aí sim, o colágeno hidrolisado como fonte de proteínas e aminoácidos que juntamente com as indicações acima, compõem um quadro extremamente eficaz no combate a celulite e flacidez.

O Mito do Colágeno

“Modismo” e saúde definitivamente não combinam
Muitas foram as modas de novas “poções” milagrosas, medicamentos mágicos e tratamentos maravilhosos para melhorar tudo que se pode imaginar. E a pergunta permanece: quantos destes realmente provaram realizar aquilo que prometiam? E esta “onda” não vai parar nunca, mas continuará a enganar milhares de pessoas ávidas por soluções práticas e fáceis para quase tudo!

Bom, mas como é papel do profissional de saúde ir atrás das informações reais a cerca daquilo que se promete, cá estou eu novamente buscando desvendar algo que já ouço há tempos e que cada vez mais atrai (e trai) as pessoas: os supostos benefícios do colágeno. Sua popularidade tem evoluído ao longo das últimas quatro décadas, começando com injeções na década de 1970, então cremes e loções, e pílulas, bebidas e alimentos na última década.

Entretanto, infelizmente tudo isso tem muito pouca, ou nenhuma consistência científica; não porque o colágeno não tem valor, mas porque a maioria dos produtos não podem replicá-lo.

Como funciona nosso sistema digestivo?
Vamos primeiramente iniciar por com uma aula básica, primária e prática de fisiologia do trato digestório e automaticamente você já será capaz de compreender esta questão, bem como uma série de outras.

É importante que vocês saibam, que quando ingerimos um alimento, ele inicia seu processo digestivo já na boca, através de enzimas, posteriormente este alimento desce em direção ao esôfago estômago e intestino. No estômago é que ocorre uma das fases primordiais deste mecanismo, pois os ácidos farão com que o alimento se torne absorvível.

As proteínas são um grupo de macronutrientes caracterizados por sua constituição bioquímica de um ou mais polipeptídeos. Para deixar bem simples e resumido de modo que você consiga entender, é fundamental que você compreenda uma coisa: toda proteína é formada, estruturalmente, por uma seqüência de Aminoácidos. Da mesma forma que toda feijoada é formada por feijão e complementos, ou seja, não há proteínas sem aminoácidos e não feijoada sem feijão.

Entretanto todo processo digestório trabalha no sentido de digerir, quebrar os alimentos em estruturas que possam ser absorvidas e, no caso das proteínas, ela precisa ser quebrada em aminoácidos, pois são estas estruturas que são reconhecidas e absorvidas pela parte do intestino responsável por esta seleção.

Você provavelmente já ouviu pessoas dizendo isso durante um bate papo: “Coma mais gelatina, pés de porco e pés de galinha, barbatanas de alguns peixes, pois são ricos em colágeno e vai fazer sua pele ficar melhor e mais jovem”. O problema é realmente gostar de comer estas “coisas”, não é mesmo? Aí entra a indústria alimentícia “dos sonhos”, que cria uma série de sucos, alimentos e suplementos oferecendo concentrações importantes do Colágeno de maneira simples, mágica, prática.

Mas antes de começar a esbanjar dinheiro em suplementos de colágeno caros ou, pior, colocar sua saúde em risco com uma maior ingestão de elementos químicos de todos os tipos contidos nestes suplementos, é importante compreender o que está por trás desta questão e saber se vale ou não a pena adquirir, o custo benefício.

O que é Colágeno?
O colágeno é a principal proteína estrutural encontrada nos tecidos conjuntivos de animais e está presente em locais tais como a pele, tendões e ossos. A pele em particular, acredita-se que atribui qualidades de elasticidade e força.
Derivado da palavra grega para cola, Kolla, que detém os tecidos conjuntivos em conjunto e é o principal componente da pele, dos tecidos conjuntivos, cartilagens, ligamentos, tendões e ossos. Essencial para manter o corpo saudável, o colágeno vem em 29 tipos diferentes e constitui de 20 a 30 por cento das proteínas no corpo. Ele também é necessário para criar o “andaime” no qual as células são colocadas, por isso é vital para o desenvolvimento de órgãos.

O colágeno é efetivamente composto por três cadeias, enroladas em conjunto de uma tripla hélice apertada. A sequência repetida de três aminoácidos formam esta estrutura resistente. Cada terceiro aminoácido é a glicina, um aminoácido pequeno que se encaixa perfeitamente no interior da hélice. Muitas das restantes posições da cadeia são preenchidas por dois aminoácidos inesperados: a prolina e uma versão modificada da prolina, hidroxiprolina. Não seria de esperar para ser prolina presente comum, porque forma uma dobra na cadeia de polipéptido que é difícil acomodarem proteínas globulares típicos.

Hidroxiprolina, que é crítica para a estabilidade do colágeno, é criada modificando aminoácidos prolina normais e após esta etapa, a cadeia de colágeno é construída. A reação requer a vitamina C para auxiliar na adição de oxigênio. Infelizmente, não podemos produzir a vitamina C dentro de nossos corpos, e se nós não recebermos o suficiente em nossa dieta, os resultados podem ser desastrosos. A deficiência de vitamina C diminui a produção de hidroxiprolina e para a construção de um novo colágeno, causando finalmente escorbuto.

Sendo assim, comer aquela carne de peixe com limão, é uma excelente forma de entregar todo substrato que seu corpo necessita para a formação de colágeno.

Envelhecimento e Desgaste
Colágeno tem desgaste ao longo do tempo tem de ser substituído. Este desgaste é acelerado por radicais livres – subprodutos tóxicos das células quebrando por causa da má alimentação, exposição ao sol em excesso, poluição, tabagismo, uso de álcool, estresse e envelhecimento com seu declínio hormonal próprio. A medida que envelhecemos, a capacidade da pele para substituir o colágeno danificado diminui, de modo que o colágeno se concentra com menor qualidade e qualidade ao longo do tempo.

A falta de aminoácidos, vitaminas, minerais e antioxidantes, todos absolutamente necessários para formar o colágeno, também afetam a sua produção por vezes ainda na juventude da pessoa.

Algumas condições genéticas podem causar produção seja insuficiente ou defeituoso, o que poderia levar ao coração, dos olhos e problemas do esqueleto. Estes incluem a Síndrome de Ehlers-Danlos, resultando em pele de papel fino, síndrome de Marfan, fazendo com que os pacientes tenham pernas longas e dedos, e osteogênese imperfeita ou doença dos ossos frágeis.

Suplementos Orais
É preciso ter uma alimentação adequada para os blocos de construção de proteínas. Caso contrário, não há matéria-prima para a pele para a fabricação de colágeno. Entretanto, comer colágeno não se traduz em mais colágeno na pele.

O colágeno diretamente isolado, ou adicionado a alimentos, bebidas e pílulas são digeridas em aminoácidos, absorvidos pelas células no intestino delgado e utilizados para produzir proteínas quaisquer conforme as necessidades do corpo. Estes aminoácidos são utilizados para criar diversos tipos de proteínas humanas, inclusive o colágeno, se assim for a necessidade e estímulo de seu próprio corpo, ou seja, o que vale é o estímulo de seu corpo, e não o que você deseja e imagina que acontecerá.

Leia também: Skin renov é bom

Gelatina
O colágeno derivado a partir de animais como gado é um ingrediente familiar para cozinhar, a famosa a gelatina. A maioria das proteínas, quando o colágeno é aquecido, perde toda a sua estrutura. Então, quando essa massa desnaturada de cadeias emaranhadas esfria, ele absorve toda a água circundante como uma esponja, formando gelatina.

Cremes e Produtos Cosméticos
Parece lógico que a aplicação de colágeno para a pele ajudaria a níveis de suplementos, mas isso mais do que sonho, chega a ser absurdo em termos de ciência médica. As moléculas de colágeno em produtos de cuidados da pele são simplesmente demasiadamente grandes para serem absorvidas pela pele. A maioria apenas são aplicadas sobre a pele, não conseguem ser absorvidas e não provocam absolutamente nada em termos de ajudar a reprodução do colágeno profundo no tecido corporal.

Leia também: Nutren Beauty

O que funciona de Fato?
Como escrevi anteriormente, o que você pode fazer é manter seus níveis hormonais equilibrados e otimizados, evitar toxinas como tabaco, álcool, refrigerantes, carboidratos de má qualidade, gorduras Trans, Glúten, Caseína, Lactose, acúcares e adoçantes como aspartame e sucralose, poluição e estresse. Fácil né? Bom, nem 8, nem 80, você tem que saber que parte destas tarefas são factíveis, outra nem tanto, portanto vivemos na era da suplementação. Já que temos hoje possibilidade de ter acesso à manipulação individual de antioxidantes, minerais, proteínas, vitaminas e hormônios bioidênticos, se você fizer a sua parte ao máximo que for possível e contar com suplementos manipulados individualmente conforme a sua necessidade, conseguirá a melhor produção de colágeno dentro de seus limites fisiológicos.

Hidratação
Outro ponto importante é a hidratação. Um corpo bem hidratado, tem células bem hidratadas, portanto tomar água de boa qualidade e com quantidades adequadas é essencial.

Resumindo, se você mantém uma dieta baseada fundamentalmente em proteínas de boa qualidade, equilibrando este macronutriente com carboidratos e gorduras, ambos em menor quantidade em relação às proteínas, certamente obterá todo substrato necessário para a produção de colágeno.

No corpo humano, a taxa de rotatividade para colágeno é bastante consistente. Assim, não importa o quanto um aumento da ingestão de proteína ou colágeno, a taxa de produção de colágeno ainda vai ser o mesmo. Este por sua vez, será produzido somente se seu próprio corpo “desejar”. E quem regula esta função no corpo humano é uma série de fatores endógenos, tais como a sua secreção de hormônios como Gh (hormônio do crescimento), testosterona, estrogênio, além do estímulo de seus fatores de crescimentos existentes no seu plasma sanguíneo.

Tratamentos como a injeção periódica de PRP (plasma rico em plaquetas e fatores de crescimento), peelings químicos e a laser, além de o uso crônico de aparelhos de alta frequência, em ordem de importância, são aqueles que também podem ajudar no estímulo à produção de colágeno.

Mas, se você quiser continuar acreditando em coelho da páscoa, continue comprando, acreditando que por ser super ultra hidrolisado e puro, este novo que irá sempre aparecer transcenderá a fisiologia humana, “rasgará” todos os livros médicos de fisiologia e bioquímica humana, e servirá para você. Neste momento, você estará enriquecendo a indústria mentirosa dos milagres.

Suplementação de colágeno para aumentar essa substância no corpo é o mesmo que imaginar que se tomarmos a proteína isolada do soro do leite, ela permanecerá como proteína, ou seja, não adianta nada usar suplementos de colágeno!

Tudo sobre cólicas e dores menstruais

Cólica menstrual pode ser dolorosa! Veja tudo o que você precisa saber para lidar com esse incômodo.
Recomendado 110 vezes Recomendar

As dores menstruais, ou cólicas, são incômodos que a maioria das mulheres enfrenta todos osmeses. Normalmente, as cólicas não são sinais de algo ruim. Elas são um sinal de que o seucorpo está iniciando outro ciclo menstrual saudável. Porém, é bom entender exatamente oque está acontecendo com o seu corpo. (Leia mais artigos sobre a menstruação)

Dores menstruais
As cólicas menstruais normalmente são leves. Porém, algumas vezes podem ser intensas. As dores podem variar de fortes pontadas na região abaixo do abdômen até dores que se espalham por toda a sua barriga e pela região lombar. Algumas mulheres também sentem tontura, náusea, têm diarreia ou vômito. A dor menstrual mais intensa é chamada de dismenorreia.

Dois tipos de cólicas menstruais
Há dois tipos de cólicas menstruais: primária e secundária.

Dismenorreia primária
Essa é uma palavra grande para as cólicas menstruais comuns causadas pelo seu ciclo menstrual e não é uma doença. Você pode sentir uma dor, mais forte ou mais fraca, na parte inferior do seu abdômen, costas e coxas. A dor começa antes da sua menstruação e normalmente dura entre 12 a 72 horas. Esse tipo de dismenorreia é mais comum em mulheres jovens e frequentemente fica menos intensa a partir dos 20 anos e após a gravidez.

Leia também: Cólica menstrual dicas caseiras

Dismenorreia secundária
Esse tipo de dismenorreia é normalmente causada por uma disfunção dos órgãos reprodutivos. Algumas dessas condições incluem a endometriose, a fibroide, os cistos ou uma infecção. Ela também pode ser causada pelo uso de dispositivo intrauterino (DIU), que é uma forma de contraceptivo. A dor normalmente começa no início do ciclo menstrual e dura mais tempo que a dismenorreia primária.

Quais são as causas das cólicas menstruais?
Os cientistas acreditam que as cólicas menstruais estão relacionadas à prostaglandina, umasubstância produzida pelo útero que provoca a contração dele. A sensação de cãibra é o seuútero se contraindo. No início da sua menstruação, os níveis de prostaglandina são altos eassim que começa a menstruar, os níveis diminuem.

Dor nas articulações: dor que afeta várias articulações

A dor que parece se originar nas articulações vem, às vezes, de estruturas extra-articulares, como ligamentos, tendões ou músculos. Exemplos desses distúrbios são bursite e tendinite.

A verdadeira dor nas articulações (artralgia) pode ou não ser acompanhada de inflamação da articulação (artrite). A dor é o sintoma mais frequente da inflamação articular. As articulações inchadas também podem estar quentes e inchadas e, com menos frequência, a pele que as cobre pode ficar vermelha. A artrite pode afetar apenas as articulações das extremidades ou também as articulações do esqueleto axial, como a coluna vertebral ou a pelve. A dor pode ocorrer apenas com o movimento articular ou também estar presente em repouso. Outros sintomas, como erupções cutâneas, febre, dor ocular ou feridas na boca, podem estar presentes dependendo da causa da dor articular.

Se você esta cansado de sofrer com essas dores conheça o produto Regenemax.

Distúrbios diferentes tendem a afetar diferentes números de articulações. Por causa disso, o médico diferencia entre várias causas quando há dor monoarticular ( dor nas articulações: dor em uma única articulação ) e dor poliarticular. Quando várias articulações são afetadas, alguns distúrbios afetam mais frequentemente a mesma articulação em ambos os lados do corpo (por exemplo, ambos os joelhos ou ambas as mãos) do que outros. Isso é chamado de artrite simétrica. Além disso, em alguns distúrbios, uma crise aguda de artrite permanece nas mesmas articulações durante toda a duração do surto. Em outros casos, a artrite se move de uma articulação para outra (artrite migratória).

Causas

Na maioria dos casos, a causa da dor poliarticular é a artrite. Os distúrbios que causam artrite podem diferir uns dos outros em certas características, tais como:

  • Quantas e quais juntas estão geralmente envolvidas?
  • Se isso afeta o esqueleto axial, como a coluna vertebral ou pélvis
  • Se a artrite é súbita (aguda) ou duradoura (crônica)

artrite aguda que afectam várias articulações ocorre mais frequentemente porque

  • Infecções virais
  • Início de um distúrbio articular ou de um surto de doença articular crônica pré-existente (como artrite reumatóide ou artrite psoriática)

causas menos frequentes de poliarticular artrite aguda incluem a doença de Lyme (que também pode afectar uma única articulação), gonorreia e infecções bacterianas por estreptococos, artrite reactiva (artrite que se desenvolve após uma infecção do tracto digestivo ou trato urinário) e gota.

artrite crónica que afecta várias articulações ocorre mais frequentemente porque

  • Distúrbios inflamatórios, como artrite reumatoide, artrite psoriásica ou lúpus eritematoso sistêmico (em adultos)
  • Osteoartrite (em adultos)
  • Artrite idiopática juvenil (em crianças)

Outras causas de artrite poliarticular crónica são doenças auto-imunes que afectam as articulações, por exemplo, lúpus eritematoso sistémico, artrite psoriática, espondilite anquilosante e vasculite.

Algumas doenças inflamatórias crônicas podem afetar a coluna vertebral, bem como as articulações dos membros (chamadas articulações periféricas). Alguns mais freqüentemente afetam certas partes da coluna. Por exemplo, espondilite anquilosante mais frequentemente afecta a parte inferior da coluna (coluna lombar), enquanto que os ataques de artrite reumatóide, caracteristicamente, para o topo da coluna (coluna cervical), do pescoço.

Os distúrbios mais comuns fora das articulações que causam dor nas articulações são

  • Fibromialgia
  • Polimialgia reumática
  • Bursite ou tendinite

Bursite e tendinite geralmente são o resultado de um trauma e geralmente envolvem apenas uma articulação. No entanto, algumas doenças podem causar bursite ou tendinite em várias articulações.

Avaliação

Na avaliação da dor articular, o médico primeiro tenta decidir se a dor é causada por um distúrbio exclusivamente articular ou se é uma doença grave que afeta todo o corpo (sistêmica). Distúrbios sistêmicos graves podem exigir tratamento específico e imediato. As informações a seguir podem ajudá-lo a decidir se a avaliação de um médico é necessária e o que esperar durante a avaliação.

Babosa: dicas para plantar, cuidar e 60 fotos de decoração

Quando se fala em tratamento natural para pele e cabelo no que você logo pensa? Provavelmente na babosa ou aloe vera, como a planta também é conhecida. Mas sabia que além de deixar você mais bonita, a babosa ainda pode contribuir com a decoração da sua casa?

Sim, se você nunca pensou em usar a planta de modo decorativo está na hora de repensar os seus conceitos. As folhas alongadas, carnudas e espinhentas da babosa trazem para o ambiente aquele toque verde cheio de rusticidade.

E você sabia também que a babosa floresce? Na fase adulta a planta chega a produzir até 30 folhas novas por ano e do seu centro cresce um longo pedúnculo que se encerra com lindas e delicadas flores amarelas.

Mais um motivo para inserir a planta na decoração e, cá entre nós, além de decorar a casa você terá sempre à disposição uma folhinha suculenta para aquele tratamento express de beleza, o que acha?

Está convencida de que vale – muito – a pena cultivar um pezinho dessa maravilha em casa? Então vem ver como plantar a babosa e cuidar dela direitinho:

Como plantar babosa (aloe vera)

A babosa é uma planta fácil de plantar, já que não exige grandes cuidados com a preparação do solo. Você pode optar por plantá-la em um canteiro ou em um vaso, a planta se adapta muito bem em qualquer um dos dois.

A babosa pode ser plantada por uma única folha ou por meio de brotos. Caso prefira fazer a muda da babosa a partir da folha é preciso se atentar para alguns detalhes, mas já fique sabendo que nem sempre esse é o melhor caminho para ter um pé de babosa. Isso porque a folha da planta é muito úmida e ela pode apodrecer antes mesmo de criar as raízes. Contudo, fique com o passo a passo de como plantar babosa a partir de uma folha:

Pegue uma folha de babosa com no mínimo oito centímetros e faça um corte próximo a base da planta. Use uma faca limpa para não contaminar a folha;
Após cortá-la do pé, deixe a folha em um local quente e ventilado até perceber que foi criada uma proteção no local do corte, como um filme. Mas tenha paciência esse processo pode levar até duas semanas;
Passado esse tempo, prepare um vaso com um bom sistema de drenagem e uma terra de boa qualidade. Enfie a folha no vaso com o corte na terra. A folha deve ficar cerca de um terço fincada na terra;
Deixe o vaso com a folha em um local ensolarado e regue diariamente durante as quatro primeiras semanas;
Durante esse processo a folha pode murchar, encolher e até mesmo secar, mas isso não representa a morte da folha ela só não pode apodrecer;
Ao final das quatro semanas, a folha já deve estar criando raízes, portanto, a partir daí regue-a apenas quando o solo estiver seco.

Leia também: vantagens da Babosa

A outra forma de fazer uma muda de babosa é a partir dos brotos que surgem da planta principal. Esse modo é muito mais simples e garantido. Confira o passo a passo:

Encontre uma babosa que possua brotos. Eles geralmente são pequenos e ficam sob a planta mãe. Prefira aqueles que já estão maiores e com pelo menos quatro folhas;
Retire-o com cuidado para não interferir nas raízes da planta principal e dos brotos próximos. O broto tem seu próprio conjunto de raízes;
Depois de separar o broto, prepare o vaso. Lembre-se que ele deve ter um bom sistema de drenagem e uma terra de boa qualidade;
Faça um buraquinho na terra e plante o broto. Faça uma leve pressão ao redor da planta para que ela se fixe no vaso.
Regue a planta, mas sem encharcá-la demais. A babosa apodrece se ficar muito úmida.
Deixe o vaso em um local ensolarado e regue-a uma vez por semana ou quando perceber que o solo está seco.
Como cuidar da babosa
Depois de plantar é preciso aprender a cuidar da babosa. Essa é uma planta relativamente simples de cultivar, já que não exige grandes cuidados, sendo muito indicada para quem não tem muito tempo para jardinagem. Tome nota das dicas a seguir e veja como cuidar da sua babosa corretamente:

Não regue demais a babosa, a planta não aprecia umidade em excesso e pode sofrer com o apodrecimento das folhas caso seja regada sem necessidade. Uma dica é observar o solo antes de regar, para isso coloque o dedo na terra e se senti-la seca é sinal de que precisa de água, caso contrário aguarde mais alguns dias;
A adubação da babosa deve ser feita uma vez por ano durante a primavera, apenas. O excesso de adubo também pode comprometer a saúde da planta;
A babosa gosta de sol e luz. Por isso escolha um local iluminado e que receba luz solar direta ao menos oito horas por dia. A falta de sol pode deixar as folhas da babosa enroladas e finas. Dentro de casa, a babosa pode ficar perto de uma janela ou porta;
Durante o inverno as regas devem ser ainda mais espaçadas do que no verão;
Após o plantio, aguarde algumas semanas para usar as folhas até que a babosa esteja bem pegada;
As folhas da babosa são um indicativo da saúde da planta. Elas devem ser verdinhas, carnudas e retas, caso note que estão ficando amareladas, enroladas na ponta ou perdendo o aspecto viçoso reveja os cuidados. Geralmente esses sinais indicam que a planta está sendo regada em excesso e está tomando menos sol do que deveria;
Outro fator que pode impactar no desenvolvimento da babosa é o tamanho do vaso, que pode estar limitando o seu crescimento. Experimente, nesse caso, mudá-la para um vaso maior;
Como inserir a babosa na decoração
Você pode usar a babosa em qualquer cômodo da casa, desde que ele tenha as condições de luz adequadas para o crescimento da planta. De acordo com o Feng Shui, técnica milenar chinesa de harmonização de ambientes, a babosa é uma ótima planta para purificar e harmonizar as energias do ambiente, além de trazer proteção.

A babosa também se encaixa em diferentes propostas de decoração, basta adaptar o tipo de vaso ou cachepot para que ela fique ainda mais com a cara do ambiente.

Terapêutica, decorativa e energética. A babosa é uma planta completa que pode e deve ter um lugar especial dentro de casa. Por isso selecionamos 60 sugestões de ambientes decorados com babosa para você se inspirar e levar essa plantinha espinhuda e suculenta para sua casa também.

Dieta low carb é alternativa para manter o peso depois de emagrecer

Segundo estudo, adotar uma alimentação com uma quantidade reduzida de carboidratos é uma boa opção para não ser vítima do efeito sanfona
Emagrecer nem sempre é uma tarefa simples, mas se manter no peso conquistado pode ser uma missão ainda mais árdua. É muito comum sofrer com o efeito sanfona e ficar naquele perde peso e logo engorda de novo. Segundo um novo estudo, apostar em uma dieta low carb pode ser a solução para esse dilema.

Leia também: comprar E-book 101 Receitas Low Carb

shutterstock
Seguir uma dieta low carb, ou seja, com quantidade reduzida de carboidrato, ajuda a prevenir o efeito sanfona, diz estudo

O estudo foi feito por cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e publicado no jornal científico BMJ. Segundo dados da pesquisa, quem adotou uma dieta low carb depois de perder peso passou a queimar mais calorias e também teve redução do nível de grelina, hormônio relacionado à fome.

Leia também: Tire suas dúvidas sobre a dieta low carb e veja cardápio para uma semana

Dieta low carb x se manter no peso

shutterstock
De acordo com estudo, quem segue uma dieta low carb tem um gasto calórico maior e, por isso, se matém no peso
No estudo da universidade norte-americana, 234 pessoas tinham o objetivo de reduzir de 10% a 14% do peso ao seguir um programa de emagrecimento de 10 semanas. Depois, os que conseguiram alcançar a meta, 164, foram divididos em três grupos e cada um recebeu uma quantidade diferente de carboidrato na dieta.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Nessa segunda etapa, todos ingeriram carboidratos considerados de boa qualidade, como as versões integrais dos alimentos, e tiveram o consumo de calorias ajustado para que conseguissem manter o peso , evitando o efeito sanfona . O primeiro grupo tinha 20% de carboidratos das calorias do dia, o segundo grupo, 40%, e o terceiro, 60%.

Essas pessoas foram acompanhadas por mais 20 dias. Ao final desse tempo, notou-se que o grupo que consumiu menos carboidratos gastou mais calorias . Aqueles que estavam com a dieta com 20% de carboidratos queimaram 91 calorias a mais por dia que o grupo intermediário e 209 calorias a mais se comparado com o terceiro grupo.

Leia também: Kifina funciona

Além disso, o primeiro grupo também teve diminuição na produção de grelina, hormônio relacionado sensação de ter fome.

De acordo com Cara Ebbeling, principal autora do estudo, e esse maior gasto calórico por aqueles que seguiram uma dieta com menos carboidratos persistir por três anos, é possível chegar a uma perda de peso de 9 kg sem reduzir a ingestão de calorias diárias.

Além disso, o estudo mostra que as escolha dos macronutrientes – carboidratos, gorduras, proteínas – pode, sim, influenciar no emagrecimento e em evitar o efeito sanfona. Como ressalta David Ludwig, endocrinologista que também participa da pesquisa, os carboidratos refinados ajudam e elevar o nível de insulina no sangue, o que faz com que as células armazenem energia. “Com menos energia disponível no organismo para o resto do corpo, a fome aumenta e o metabolismo diminui – receita para alguém engordar”, explica.

Leia também: Phytophen funciona

Ou seja, seguir uma dieta low carb e escolher bem os carboidratos, como foi feito com os participantes do estudo, ajuda a fugir desse cenário citado acima.

Jejum intermitente: saiba o que é e como afeta a saúde

Já ouviu falar em jejum intermitente? E se tudo o que você já ouviu até hoje, sobre comer de três em três horas fosse mentira? E se o mesmo valesse para a importância do café da manhã? De repente, você descobre que nada disso é verdade.

Leia também: Jejum Intermitente emagrece

Bem, pelo menos é isso que afirmam os praticantes do “jejum intermitente”, prática que consiste em deixar de se alimentar durante muitas horas, controlando-se os alimentos ingeridos nos horários permitidos. Trata-se de uma forma diferente de ver os benefícios de manter intervalos diferenciados entre as refeições.

Leia também: Kifina reclame aqui

No post de hoje você vai entender melhor como funciona pra quem quer emagrecer e conhecer a opinião profissional da nutricionista clínica Deise Santiago sobre o assunto. Vamos lá?

O que é o jejum intermitente
Jejum intermitente é uma prática que consiste em ficar de 12 a 14 horas (em média) sem comer e depois alimentar-se, sempre de forma saudável e equilibrada, durante uma janela de tempo determinada.

Leia também: Phytophen reclame aqui

Essas são as regras gerais, mas há variações quanto ao tempo de jejum e aquilo que é permitido comer. Continue a leitura para entender melhor.

Os tipos de jejum intermitente
Existem diversas maneiras de se praticar o jejum intermitente, os chamados protocolos. Todos eles, porém, incluem refeições saudáveis durante a janela de alimentação e hidratação constante, mesmo quando não se está comendo.

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

Você vai conhecer alguns agora, nenhum deles é melhor que o outro. Eles apenas serão mais ou menos adaptáveis às suas necessidades. Por isso, conversar com um profissional é imprescindível.

Você poderá escolher, por exemplo, uma das seguintes opções:

Jejum de 16 horas/LeanGains
Tido por muitos como a forma mais de praticar o jejum intermitente, esse tipo permite comer em uma janela de 8 horas por dia para homens e 9 ou 10 horas para mulheres. Você escolhe o melhor momento para criar sua janela de alimentação e pode fazer 2, 3 ou até mais refeições.

Dieta 5:2
Existem algumas versões para este protocolo. Uma bastante aceita baseia-se na ingestão de pouquíssimas calorias durante 2 dias na semana e alimentação normal nos demais.

Nos dias do jejum, recomenda-se que as mulheres comam 500 calorias e os homens, 600 calorias. Podem ser ingeridas duas pequenas refeições de 250 a 300 calorias.

Chá, água e café são permitidos durante o jejum

Coma – Pare – Coma
Nesse sistema (cujo nome em inglês é: eat-stop-eat) escolhem-se um ou dois dias da semana para ficar completamente sem comer. Em outras palavras, realiza-se uma refeição e a seguinte, só no mesmo horário no dia seguinte.

Este método costuma ter uma adaptação mais difícil e é importante fazer refeições ricas em fibras antes do jejum.

Água, café e outras bebidas não calóricas são permitidos durante o jejum, mas nenhum alimento sólido.

Dieta do Guerreiro
Esta dieta consiste em comer durante o dia vegetais e frutas e, à noite fazer uma refeição normal. Nessa dieta tudo que se come deve ser natural, o mínimo industrializado possível.

Esse protocolo preconiza uma janela de alimentação de apenas 4 horas por dia e do final da tarde até de noite.

Jejum de 12 horas
Neste caso, passa-se metade do dia sem comer (incluindo as oito horas recomendadas de sono). Nele é indicado que você faça três refeições ao longo do dia, ficando, por exemplo, das 20h da noite até às 8h da manhã sem se alimentar.

Jejum intermitente funciona para todos?
De acordo com a nutricionista Deise Santiago, o jejum intermitente pode, sim, levar ao emagrecimento e, inclusive, ser uma boa alternativa para quem quer sair do platô (quando o organismo estaciona num determinado peso):

“Se a pessoa aprender a realizar o almoço e o jantar de forma balanceada, acredito que o jejum intermitente seja um ótimo começo para uma reeducação alimentar e para voltar a emagrecer.”

Mas, há outros lados a serem considerados e Deise alerta que “baixa ingestão calórica emagrece, mas não serve para qualquer pessoa.” Ela cita, por exemplo que jejum por tempo muito longo “pode levar à hipoglicemia, pressão baixa e gerar desconfortos como vertigem, enjoo e até vômitos e desmaios”.

De toda forma, “há pessoas que nunca conseguiram comer todas as refeições e ficam bem apenas com o almoço e jantar, essas pessoas sempre fizeram o jejum intermitente sem saber”, ela pondera.

Leia também: protocolo Jejum Intermitente

O que faço se quiser aderir ao jejum intermitente?
Assim como outras mudanças na alimentação, aderir ao jejum intermitente é uma decisão que não deve ser tomada sem orientação profissional.

Deise lembra bem: “Muitas vezes, porque funcionou com um conhecido, achamos que vai ser igual com a gente, mas pode não ser.”

O ideal para que sua saúde não seja afetada, é fazer um check up e conversar com um nutricionista para juntos avaliarem se este é o método mais indicado. Considere, por exemplo o seguinte:

Você tem diabetes, pressão alta ou colesterol alterado?
É vegetariano ou vegano?
Já fez low carb e não teve resultado?
Fez cirurgia bariátrica?
Está grávida?
Tem depressão?
São muitas as variantes que envolvem um emagrecimento saudável e Deise garante: “para cada uma dessas perguntas tem um método diferente de tratamento para emagrecimento”.

Massagens redutoras: Maneira rápida e Simples de perder medidas!

Perder peso e o sonho de muitas pessoas. Algumas acabam optando por ir para academias, ficar horas e horas malhando, enquanto outras preferem optar por fazer dietas ou até mesmo tomar remédio para isso. Mas para que tanto sofrimento? Se você deseja perder peso de maneira rápida e simples, você deve conhecer as massagens redutoras.

Leia também: massagem redutora celulite

Ainda não sabe o que é isso? Então continue lendo esse artigo e veja a seguir tudo que você precisa saber antes de começar a realizar sua massagem redutora.

Leia também: Farinha seca barriga é bom

Contents [hide]

1 O que são Massagens redutoras?
2 Como funciona essas massagens?
3 As massagens são doloridas?
4 Quanto custa as Massagens redutoras?
5 Quantas vezes tem que fazer a massagem?
6 Quanto tempo dura cada seção?
O que são Massagens redutoras?
Para quem ainda não conhece, as massagens redutoras são uma nova forma de emagrecer que vem fazendo grande sucesso entre pessoas de todas as idades. Com essas poderosas massagens é possível perder peso sem nenhum tipo de sacrifício.

Então, se você está em busca de alcançar o corpo perfeito sem precisar 600-199 de academias ou tomar remédios para isso, você deve conhecer as massagens redutoras, pois com elas você consegue modelar seu corpo, combater a retenção de líquido, eliminar a gordura localizada, e ainda acabar com as terríveis celulites.


Leia também: Phytophen é bom
Como funciona essas massagens?
A massagem redutora é um tipo de massagem focalizada em reduzir as medidas do cliente, sendo assim ela é feita especificamente na região em que o cliente deseja reduzir suas medidas. Esse tipo de massagem é feita por um esteticista qualificado, assim o procedimento é rápido e proporciona resultados maravilhosos.

Leia também: Kifina é bom

Para a realização do procedimento o esteticista deve passar na região desejada um creme redutor de medidas que possui propriedades drenantes, para que assim suas mãos possam deslizar melhor pelo corpo do cliente. Então são realizados alguns movimentos intensos que atingem camadas mais profundas dos músculos para que possa eliminar a gordura localizada.

Os resultados já são visíveis desde as primeiras seções, e ao final do procedimento completo é possível notar grande diferença no corpo.
As massagens são doloridas?
A massagem redutora é um tipo de massagem focalizada em retirar gordura localizada, e por isso com ela é necessário fazer movimentos fortes e intensos a fim de mobilizar os músculos, então ela é um pouco dolorida sim, porém é uma dor suportável e que pouco tempo após o tratamento desaparece.

No entanto, se você é muito sensível a dor, optar por outro método para emagrecer pode ser uma boa opção.

Vale lembrar que por mais que esse procedimento seja um pouco “agressivo” a pele e deixe-a com algumas marcas roxas e vermelhas após o tratamento, essas marcas não serão permanentes e sairão dentro de alguns dias. Por isso é tão importante escolher um profissional competente e de sua confiança para o tratamento.

Quanto custa as Massagens redutoras?
Não é possível dizer um valor exato para o custo da massagem redutora, pois esse valor pode se alterar conforme cada região do corpo e conforme a clínica que você escolheu para realizar esse tratamento. Por isso é necessário pesquisar antes qual preço é o melhor.

Mas vale lembrar que nem sempre a mais barata é a melhor, escolha um profissional qualificado e de sua confiança para realizar esse tratamento.

Em geral é possível dizer que o valor de cada seção das massagens redutoras custa em torno de 100 a 150 reais.

Quantas vezes tem que fazer a massagem?
A quantidade de seções da massagem redutora varia de pessoa para pessoa conforme o tanto que ela precisa perder e conforme a região do corpo que ela deseja realizar a massagem, por isso não é possível dizer uma quantidade única de seções que devem ser feitas.

No entanto é possível dizer que para começar a sentir os efeitos da massagem redutora é necessário de no mínimo 8 a 10 seções, conforme a reação do seu corpo.

Quanto tempo dura cada seção?
Cada região do corpo possui um tempo de duração de cada seção da massagem redutora, porém é possível dizer que em média cada seção dura cerca de 40 minutos. E esse tempo não pode ser “partido” para que você consiga alcançar todos os resultados esperados.

Leia também: massagem redutora celulite

Quem possui muita sensibilidade não é indicado que realize 400-351 esse tipo de tratamento, nos aconselhamos que procure outro método que também seja eficiente, mas que não traga nenhum tipo de dor ao cliente.

Se você é uma mulher que gosta de massagens, vai adorar saber um pouco mais sobre outro tipo de massagem que também ajuda a reduzir medidas, a drenagem linfática.

O que é Kombucha e seus benefícios

O Kombucha é uma bebida fermentada feita a partir do chá preto adoçado que é fermentado por leveduras e bactérias que fazem bem à saúde, sendo por isso uma bebida que fortalece o sistema imunológico e melhora o funcionamento intestinal. Sua forma de preparo é parecida com a do iogurte caseiro e do Kefir, mas usa-se o chá preto ao invés do leite como ingrediente fundamental.

O chá preto com açúcar branco são os ingredientes mais usados para fazer kombucha, mas também pode-se usar outras ervas e ingredientes adicionais, como chá verde, chá de hibisco, chá mate, suco de frutas e gengibre, para chegar a um sabor mais agradável ao paladar.

Como fazer Kombuchá em casa
Para preparar a base do kombucha, também chamada de primeira fermentação, deve-se fazer os seguintes passos:

Ingredientes para a Primeira Fermentação:

3 L de água mineral
panela de aço inoxidável, vidro ou cerâmica
1 xícara de açúcar refinado (açúcar branco)
5 sachês de chá preto
1 cogumelo de kombucha, também chamado Scoby
1 recipiente de vidro escaldado com água quente
300 ml de kombucha pronto, equivalente a 10% do volume total de kombucha a ser produzido (opcional)
Modo de preparo:

Lavar bem as mãos e os utensílios, passando água quente e vinagre para ajudar a eliminar qualquer contaminação por micro-organismos. Colocar a água na panela e levar para aquecer. Quando a água ferver, adicionar o açúcar e misturar bem. Em seguida, desligar o fogo e adicionar os saquinhos de chá, deixando a mistura descansar por 10 a 15 minutos.

Colocar o chá no frasco de vidro e esperar esfriar até ficar em temperatura ambiente. Em seguida, adicionar o cogumelo de kombucha e os 300 ml de kombucha pronto, tampando o frasco de vidro com um pano e um elástico, o que irá permitir a circulação de ar sem deixar a mistura exposta. Guardar o frasco em um local arejado e sem muita luz por cerca de 6 a 10 dias, tempo em que a bebida final estará pronta, com o aroma de vinagre e sem sabor doce. No final do processo, uma nova colônia de kombucha é formada em cima da primeira, a qual pode ser guardada na geladeira ou doada para outra pessoa.

cogumelo de kombucha, também chamado Scoby
15 Principais benefícios do Kombucha
O Kombucha tem origem na China e tem sabor sabor parecido com uma cidra espumante de maçã, e seu consumo traz os seguintes benefícios para a saúde:

Contribuir para emagrecer porque regula o apetite e diminui a obesidade;
Combater a gastrite, por atuar eliminando a bactéria H. pylori, umas das grandes causas de gastrite;
Prevenir infecções intestinais, por combater outras bactérias e fungos que causam doenças no intestino;
Atuar como desintoxicante, por se ligar a moléculas tóxicas no organismo e estimular sua eliminação pela urina e pelas fezes;
Aliviar e prevenir problemas como gota, reumatismo, artrite e pedras no rins, por desintoxicar o organismo;
Melhorar o funcionamento do intestino, por equilibrar a flora intestinal ter ação laxante;
Equilibrar o pH do sangue o que deixa o corpo naturalmente mais forte para prevenir e curar doenças;
Reduzir o estresse e combater a insônia, sendo uma boa opção para períodos de maior stress ou provas;
Reduzir a dor de cabeça e a tendência às enxaquecas;
Melhorar o funcionamento do fígado, sendo uma boa opção para depois de tomar antibióticos;
Fortalecer o sistema imunológico, por ser rico em antioxidantes e atuar no intestino;
Prevenir doenças como diabetes e câncer porque melhora o funcionamento de todo corpo;
Normalizar a pressão arterial;
Diminuir os sintomas da menopausa;
Prevenir infecções urinárias porque é uma boa fonte de líquidos, que irá produzir mais urina.
Os benefícios do kombucha são maiores do que quando os chás preto ou verde são tomados na sua forma tradicional, e por isso essa bebida vem sendo utilizada como um poderoso auxílio para a saúde. Veja os benefícios do chá preto.

Como fazer o Kombucha mais gostoso
Também chamado de kombucha de segunda fermentação, o kombucha pode ser saborizado com ingredientes como gengibre, pera, uva, morango, limão, abacaxi, laranja e outras frutas, trazendo um novo sabor para a bebida e acrescentando os benefícios das frutas. As frutas e outros ingredientes devem ser adicionados no kombucha base já pronto, e nesta fermentação a bebida ficará gaseificada, lembrando um refrigerante.

Leia também: Kifina

Kombucha de Limão e Gengibre
Ingredientes:

1,5 litro de kombucha
3-5 rodelas de gengibre
suco de meio limão
garrafa pet de 1,5L de capacidade
Modo de Preparo:

Colocas as rodelas de gengibre e o suco de limão em uma garrafa PET limpa. Adicionar o kombucha na garrafa, enchendo bem até ficar totalmente completa, para que não fique ar na garrafa. Tampar e deixar descansar por 3 a 7 dias, tempo necessário para haver uma nova fermentação, mas em geral a bebida saborizada estará pronta após 5 dias de fermentação. No entanto, a bebida cria gás rapidamente e alguns consumidores já gostam do sabor após apenas 24 horas da segunda fermentação.

Leia também: chá de Kombucha

Para fazer o kombucha com outros sabores, pasta bater a fruta no liquidificador, coar e adicionar na garrafa juntamente com o kombucha base, esperando depois os 5 dias para a nova fermentação que dará sabor à bebida.

Onde comprar
O kombucha pronto pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e de nutrição, estando à venda tanto no sabor tradicional quanto com sabores variados de frutas e especiarias.

Leia também: Phytophen funciona

Já o Skoby, que é o cogumelo ou bolacha de kombucha com os fungos e bactérias responsáveis pela fermentação da bebida, pode ser encontrados em sites ou fóruns na internet que oferecem o skoby de graça, assim como acontece com o Kefir. Como a cada fermentação um novo skoby é formado, os consumidores de kombucha costumam doar seus skobys para outras pessoas que desejam fazer a bebida em casa.

Atividades físicas recomendadas para cada faixa etária

OMS tem diferentes recomendações para crianças, adultos e idosos

Atividades físicos são indicadas em todos os estágios da vida
Todos sabem da importância dos atividades físicas para manter uma boa saúde, mas nem todo mundo sabe qual o tipo de exercícios e frequência indicada para cada idade. A Organização Mundial da Saúde estabeleceu parâmetros ideais de atividades de acordo com as faixas etárias, indicando tempo de duração, frequência e tipo de exercício.

As recomendações apresentadas dizem respeito a três grupos etários: 5 a 17 anos de idade; 18 a 64 anos de idade; e 65 anos ou mais. A OMS sinaliza que, independente da idade, manter-se ativo melhora a aptidão cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea e funcional e reduz o risco de doenças não transmissíveis.

Confira abaixo:

Dos 5 aos 17 anos:

Crianças e jovens nessa faixa etária devem acumular pelo menos 60 minutos de atividade física de intensidade moderada a vigorosa diariamente.

Quantidades de atividade física superiores a 60 minutos proporcionam benefícios adicionais à saúde.

A maior parte da atividade física diária deve ser aeróbica. Atividades de intensidade vigorosa devem ser incorporadas, incluindo aquelas que fortalecem músculos e ossos, pelo menos 3 vezes por semana.

De acordo com OMS, essas atividades melhoram a aptidão cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea e os biomarcadores cardiovasculares e metabólicos da saúde.

Dos 18 aos 64 anos:

Manter-se ativo nessa faixa etária melhora a aptidão cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea, reduz o risco de doenças não transmissíveis e depressão.

Crédito: Igor Alecsander/istock
Atividade aeróbica melhora, entre outras coisas, a capacidade respiratória
A OMS recomenda pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada durante a semana ou pelo menos 75 minutos de atividade física aeróbica intensa durante a semana ou uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

A atividade aeróbica deve ser realizada em períodos de pelo menos 10 minutos de duração.

Para benefícios adicionais à saúde, os adultos devem aumentar sua atividade física aeróbica de intensidade moderada para 300 minutos por semana, ou praticar 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade vigorosa por semana, ou uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

Leia também: Exercícios para queimar calorias rápido

As atividades de fortalecimento muscular devem ser realizadas envolvendo os principais grupos musculares em dois ou mais dias por semana.

A partir dos 65 anos:

Pessoas acima dos 65 anos, quando mantêm uma vida ativa, melhoram a aptidão cardiorrespiratória e muscular, a saúde óssea e funcional, reduz o risco de depressão e declínio cognitivo.

Leia também: comprar Kifina

Leia também: Phytophen é bom

A recomendação da OMS para pessoas nessa faixa etária é fazer pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbia de intensidade moderada durante a semana ou pelo menos 75 minutos de atividade física aeróbica intensa durante a semana ou uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

Crédito: FatCamera/istock
Exercícios na terceira idade melhora o equilíbrio
A atividade aeróbica deve ser realizada em períodos de pelo menos 10 minutos de duração.

Para benefícios adicionais à saúde, os idosos devem aumentar sua atividade física aeróbia de intensidade moderada para 300 minutos por semana, ou praticar 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade vigorosa por semana, ou uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

Os idosos, com pouca mobilidade, devem realizar atividades físicas para melhorar o equilíbrio e evitar quedas em três ou mais dias por semana.

As atividades de fortalecimento muscular, envolvendo grandes grupos musculares, devem ser realizadas em duas ou mais dias por semana.

De acordo com a OMS, quando adultos mais velhos não podem fazer as quantidades recomendadas de atividade física por conta das condições de saúde, eles devem ser tão ativos quanto suas habilidades e condições permitirem.

Eu não bato mais: as causas da impotência e as soluções disponíveis

Uma das piores coisas que pode acontecer a um homem é perguntar a si mesmo a seguinte pergunta: Por que eu não faço uma gangue? Se durante a sua vida sexual, você tem dificuldade em obter uma ereção, vê-la você não pode dobrar, pode prejudicar o seu relacionamento. Mas também faz você perder toda a confiança em você. Isso é exatamente o que aconteceu no meu relacionamento …

Os distúrbios eréteis afetam muito mais homens do que você pensa. Especialmente depois de certa idade. E há muitas causas que podem explicar esse problema transitório. Mas também várias soluções que oferecerão para você remediar isso.

Nós destacamos este artigo para ajudá-lo a enxergar com mais clareza. E encontre uma vida sexual gratificante.

Conheça o estimulante sexual chamado Tauron.

Eu não bato mais: quais são as possíveis causas?

Se você perceber “eu não estou mais batendo”, sua primeira reação pode ser entrar em pânico. No entanto, a melhor coisa a fazer é entender o motivo. A fim de encontrar o tratamento que será mais adequado.

Causas psicológicas

Você não pode mais se curvar por razões psicológicas . De fato, fatores como estresse, depressão ou problemas dentro do casal podem criar um bloqueio. Que irá mecanicamente resultar em impotência .

Isto é devido à produção de dopamina pelo seu cérebro, que diminuirá significativamente se você sofre de depressão. Fora deste material é necessário para bandagem.

Em geral, o estresse que você pode trazer para casa do trabalho terá um impacto direto em sua vida sexual. Para ter uma ereção, você precisa estar relaxado.

Tenha o cuidado de sair o mais rápido possível para evitar entrar em um círculo vicioso.

Um problema hormonal

O problema também pode ser físico e provir de um desequilíbrio no seu sistema hormonal. A resposta à sua pergunta “Por que eu não bato mais”, portanto, será devido a níveis muito baixos de testosterona. Este hormônio irá influenciar seu desejo sexual e, portanto, sua capacidade de ter uma ereção ou mesmo ejacular.

Uma diminuição nos seus níveis de testosterona pode ser explicada de forma muito simples. De fato, diminuirá gradualmente à medida que você envelhece. No entanto, outras causas podem entrar em jogo se você ainda estiver no auge da vida. Como a falta de atividade física regular. Mas também algumas doenças ou tomando esteróides.

Neste caso, você pode começar a retomar o esporte (como o fisiculturismo). Mas também coma mais alimentos que contenham zinco. Alguns suplementos alimentares também ajudarão você a aumentar seus níveis de testosterona.

Esteja ciente de que também existem impulsionadores muito eficazes, como o Testo Ultra, que podem aumentar rapidamente seu nível de testosterona.

Um estilo de vida pouco saudável

Um estilo de vida pouco saudável também pode forçá-lo a perceber: ” Eu não bato mais “.

Entre os fatores que podem causar impotência, há de fato o fato de estar acima do peso. Seus quilos extras podem impedir que você tenha uma ereção. Mais uma vez, a recuperação do esporte e as mudanças na sua dieta geralmente serão necessárias para que tudo volte ao normal.

Especificamente, faça exercícios cardiovasculares e musculação . É uma boa maneira de aumentar seus níveis de testosterona. E mantê-los altos a longo prazo.

Mas outros maus hábitos podem estar certos para o seu desempenho sexual. Como beber muito álcool. Ou fumar regularmente. Ambas estas substâncias são prejudiciais à sua ereção. Além disso, o tabagismo está envolvido em quase um quarto dos casos de disfunção erétil. Um bom motivo para motivar-se a parar de fumar.

Um bom hábito que pode ajudá-lo a consertar é surpreendentemente beber café. Um estudo recente destacou a relação entre beber dois a três cafés por dia e diminuir a disfunção erétil. De fato, o café relaxa suas artérias e músculos do seu sexo. Assim, o sangue fluirá mais facilmente para o seu pênis. E você não terá nenhum problema de ereção.

Transtorno fisiológico ou tratamento

Algumas doenças e os tratamentos associados também podem explicar por que você não pode se curvar. Este é o caso, por exemplo, do diabetes. Ao interromper seu sistema endócrino, o diabetes pode aumentar o risco de impotência. Neste caso, a melhor solução será conversar diretamente com seu médico, para que ele possa aconselhá-lo sobre outros tratamentos.

A deficiência de vitamina D também pode explicar por que você diz: eu não bato mais. Um estudo recente mostrou que a falta de vitamina D tende a diminuir a duração da sua ereção . Veja para evitar que você tenha um. Para se encher de vitamina D, a melhor solução é aproveitar dias ensolarados. E consumir mais regularmente ovos, sucos de frutas naturais. Ou peixe gordo.

Alguns tratamentos também têm o efeito colateral de causar disfunção erétil. Este é o caso dos tratamentos contra a depressão (que perturbam a circulação sanguínea). Nestas situações, não tome a iniciativa de interromper o seu tratamento. Isso apresenta sérios riscos à sua saúde. Converse com seu médico, que pode sugerir alternativas.

As 10 Farinhas que Ajudam a Emagrecer

As farinhas que ajudam a emagrecer são basicamente ricas em fibras é ajudam a desintoxicar as células do corpo, ajudando a eliminar as toxinas e aumentando a sensação de saciedade e ainda equilibram o metabolismo, reduzindo assim a absorção de açúcar e gordura pelo organismo. Regulam o apetite, atrasando o esvaziamento gástrico: ou seja, a fome demora mais a aparecer e ainda de quebra, as farinhas fazem uma verdadeira “limpeza” no organismo, eliminando toxinas e ainda aliviar no tratando a prisão de ventre.

As fibras contidas nas farinhas aumentam a absorção das vitaminas e dos minerais, melhorando o funcionamento do organismo como um todo, favorecendo a perda de peso sem comprometer a saúde do organismo. Mas o resultado só aparece se você consumir de forma continuada. É também importante beber bastante água para facilitar a ação das fibras.

LEIA TAMBÉM↓↓:
Homens duram MAIS de 2,5 Horas na Cama usando isso Diariamente…
Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar…
Como ter Ereções 3X Mais POTENTES sem Medicações,100% Natural…
Composto que “Seca Barriga” e Tira Inchaço Vira Febre em São Paulo!
Quer Eliminar de Vez as CELULITES? Isso foi feito para VOCÊ…
A facilidade de polvilhar as farinhas em praticamente todos os tipos de alimentos garantiu que cereais, frutas e legumes em pó se transformassem em um verdadeiro sucesso no mundo das dietas, uma vez que consumir ingredientes nutritivos – às vezes não muito apreciados, ficou mais fácil e gostoso! Então, confira as 10 farinhas que ajudam a emagrecer.

1 – Farinha de Berinjela: A Berinjela é rica em Vitamina A, Vitamina C e Vitaminas do complexo B, que colaboram para melhorar visão e as defesas do corpo. Além disso, é um legume rico em água, que apresenta pouca gordura. Na casca da berinjela estão substâncias que ajudam a prevenir o câncer.

A farinha de berinjela tem até dez vezes mais fibras que a berinjela in natura, por isso ajuda a tirar a fome. Pode ser misturada a caldos, sopas, sucos, vitaminas e iogurtes. Combinada com uma dieta balanceada, duas colheres da farinha de berinjela todos os dias ajudam a secar a barriga.

2 – Farinha de Banana Verde: Essa é uma das principais farinhas que ajudam a emagrecer. Pois, Os benefícios da Banana Verde podem ser melhor aproveitados se ela for consumida enquanto ainda está verde. Durante o processo de maturação, a fruta é rica de um tipo de amido resistente que não sofre digestão nem absorção e se comporta como se fosse uma fibra solúvel no organismo, inclusive produzindo substâncias que são benéficas.

Como a Banana Verde não é lá muito agradável de ser ingerida, uma alternativa para consumir a fruta é em forma de farinha. Como tem sabor neutro, a farinha de banana verde pode ser utilizada em diversas preparações, inclusive substituindo a farinha de trigo. Dá para misturar com água ou adicionar diretamente aos sucos, iogurtes e frutas em pedaços. A quantidade de consumo recomendada é de cerca de duas colheres de sopa por dia.

3 – Farinha de Feijão Branco: O Feijão branco é rico em Faseolamina A, uma proteína que inibe a digestão dos carboidratos e que diminui a absorção de açúcares pelo nosso organismo. Sendo assim, torna-se uma grande aliada no emagrecimento.

O consumo da farinha de feijão branco reduz em até 20% o índice de carboidratos absorvidos durante as refeições. Na prática, é como se você tivesse consumido uma porção menor. Sua grande quantidade de fibra faz aumentar a velocidade do trânsito intestinal e acelerando o metabolismo e auxiliando o processo de emagrecimento.
Quantidade diária: 3 colheres (sopa).

4 – Farinha de Linhaça: Os benefícios da Farinha de Linhaça, além de ajudar a emagrecer e a combater a Prisão de Ventre pela sua riqueza em fibras que ajudam a diminuir o apetite e a regular o intestino, diminui o colesterol, controla a glicemia, garante bom funcionamento intestinal e saciedade por mais tempo, controlar as inflamações do organismo porque tem ômega 3, que é uma substância anti-inflamatória, além de colaborar na prevenção de doenças cardiovasculares. Além disso, Para ter todos os benefícios da farinha de Linhaça pode-se comer uma colher de sopa de linhaça por dia, que são cerca de 10 gramas dessa farinha.

5 – Farinha de Maracujá: Normalmente, fibras são boas para saciedade, mas a fibra na farinha de Maracujá, a pectina, é do tipo insolúvel. A propriedade principal é em absorver líquido com transformação em gel, para retenção em maior tempo de bolo alimentar no estômago e intestino, com absorção lenta dos nutrientes; daí a saciedade é prolongada. Além disso, a Farinha de Maracujá ajuda a elimina gordura, controla a glicemia, regula o funcionamento do intestino, combate doenças cardiovasculares e previne o câncer. Leia Também: Como Emagrecer de uma Forma Rápida e Saudável, SEM SOFRIMENTO e sem Suar em academias…

Leia também: Phytophen Anvisa

6 – Farinha de Soja Preta: A Farinha de Soja preta é uma outra excelente alternativa de farinhas que ajudam a emagrecer. Pois, A farinha feita com a versão turbinada da soja tradicional é rica em isoflavonas e antocianinas, substâncias importantes para combater o colesterol alto e até câncer. Além disso, a farinha de soja preta tira a fome, dá mais disposição e faz as células absorverem 50% menos gordura. Além disso, Sem contar suas propriedades que agem contra os radicais livres, retardam o processo de envelhecimento e previnem as Rugas. Incluir a farinha de soja preta também pode ser uma ótima maneira de amenizar os sintomas da TPM e da menopausa.

7 – Farinha de Uva: Estudos já comprovaram também que a farinha de Uva diminui o nível do colesterol ruim, o LDL, e o aparecimento de varizes, porque ativa a circulação e ainda ajuda a retardar o envelhecimento. Além de ser rica em resveratrol, ajuda a evitar o câncer.

Leia também: Farinha seca barriga reclamações

8 – Farinha de Gengibre: Essa é uma das principais farinhas que ajudam a emagrecer. Pois, a farinha de Gengibre ajuda a diminui as taxas de colesterol, elimina gordura, atua como antioxidante, anticoagulante, anti-inflamatório e bactericida, além de beneficiar o sistema digestivo.

9 – Farinha de Açaí: Os atletas podem usar a farinha do Açaí, que tem todos os benefícios revigorastes da fruta, com uma vantagem: tem a metade das calorias da polpa. O açaí é uma fruta calórica devido aos seus lipídios, e a farinha não tem lipídios. Além disso, Veja isso se você quer PERDER GORDURA ABDOMINAL de forma bem Simples e Naturalmente…

Problemas sexuais que algumas pessoas passam

Meu parceiro está desamparado: “Ele não pode vir, é frustrante”

O depoimento de Paula, 38 anos, um casal há 9 anos.

“Hoje, temo os nossos momentos de intimidade, até os repovoo, é horrível … mas tornou-se doloroso fazer amor com ele, mas tivemos um verdadeiro amor à primeira vista. quando nos conhecemos, e mesmo se nunca fomos sexo louco, eu gostei, mas por quatro anos, ele não pode ejacular, e assim o relacionamento durou muito tempo. Uma hora e meia, às vezes, sem chegar a nada, adoro, mas é cansativo, frustrante para nós dois, e acaba me machucando …

Nos raros momentos em que ainda fazemos amor, às vezes me divirto, mas quando para mim já passa muito tempo e só quero estar perto dele, ele fica tenso e concentrado em sua tarefa , para tentar chegar lá também. Deve estar rindo, mas é um pesadelo. Às vezes há três quartos de diferença de uma hora entre nós. Depois, às vezes me sinto como um objeto sexual com o qual ele se masturbou. Isso me faz querer chorar …

Tentei coisas diferentes: diminuir tanto quanto possível o aumento da minha excitação, não ficar muito à frente dele, ou simular muito demonstrativamente um prazer que ainda não tenho, para excitá-lo mais. As palavras cruas também, eu tentei, sem sucesso. Quanto a se obrigar a se conter ou a fazer a comédia, impede de deixar ir e, no final do dia, eu não quero mais. No começo, me senti culpado: achei que não estava fazendo a coisa certa durante o ato, já que ele estava batendo, então tentei ser empreendedor. Naquela época, eu tinha acabado de mudar de emprego, com uma promoção muito legal, o sonho da minha vida … eu ganhei muito mais dinheiro do que ele. Eu pensei que o ego dele tinha sido atingido e ele estava com raiva de mim. Seis meses depois, foi o mesmo. Nós consultamos para verificar se não estava relacionado a uma doença. Quando o médico falou um psiquiatra, ele se virou e não quis voltar.

Hoje, vivemos no não dito ou quase. Uma vez, nós cheiramos a noite toda por uma estupidez, eu estava furioso; Eu não queria fazer amor, mas aceitei e não me diverti. Quando ele terminou, me virei na cama e me acariciei ao lado dele. Ele fingiu dormir, mas eu sei que ele viu. Eu tive muitos problemas naquela noite, vergonha também. Eu não queria me vingar, apenas para perceber que ele não era o único a sofrer com esta situação.

Subsequentemente, senti a necessidade de me tranquilizar, de ver que um homem podia desfrutar normalmente de mim, por isso tive aventuras e, durante algum tempo, vi o mesmo homem. Uma vida dupla? Para mim, não: é o meu jeito de impedir meu casal de mergulhar. Porque apesar de tudo, eu amo meu companheiro, e nem por um segundo visualizo minha vida sem ele.

Conheça o produto que esta ajudando todos os homens com problemas sexuais, seu nome é Big Size.

Meu parceiro é impotente: “Eu também queria saber se ele não era homo ou pervertido”

O testemunho de Gabrielle, 49

“No começo, eu achava que ele gostava de amor cortês, muito do século XIII, porque passávamos todo o nosso tempo livre juntos, pensando que ficávamos felizes por nos conhecermos. meses se passaram, e foi deixado para o flerte de pré-adolescente, mais de 40 anos! 
Era verão, passeios e jantares nos terraços serviu de pretexto para você nunca se encontrar sozinho, nem em casa, Pareceu-me ainda mais estranho porque me disse que gostava dele e, em pouco tempo, joguei-lhe alguns bastões, de sutis a quase pesados, sem nunca reagir a ele. Não peguei nenhum deles voluntariamente e comecei a duvidar de mim mesmo.

Disse a mim mesmo que não sabia que era feia, estúpida, indesejável, que tinha que interpretar mal suas doces palavras; Eu também me perguntei se ele não era homossexual ou pervertido. Eu senti um sentimento muito ruim. Sua “cortesia” e sua maneira de me colocar em um pedestal, me achando ótima para quase tudo, se tornaram agressões. Eu tinha chegado a questionar estupidamente meus amigos do sexo masculino: “Se você fosse obrigado a dormir comigo, pareceria intransponível para você?”

Eu não tenho certeza de chegar lá, eu tenho um pequeno problema

Eu estava apaixonada, tinha desejo por ele, queria tocá-lo, tê-lo contra a minha pele e fazer amor com ele, por que não ele? Felizmente, o outono podre chegou. Uma chance! E ele finalmente chegou em minha casa, depois de quatro meses de caminhadas! O champanhe me ajudou, eu me joguei nele, e lá ele finalmente soltou: “Eu não tenho certeza de chegar lá, eu tenho um pequeno problema”.

Ele me disse que ele me queria, mas que “a mecânica estava um pouco quebrada”. Paradoxalmente, fiquei aliviado, finalmente tive uma explicação. Ele queria me acariciar, eu recusei: “Vamos fazer amor juntos, não estamos com pressa, vamos levar o tempo que levará.” Ele nunca havia consultado; Eu me ofereci para acompanhá-lo: sem resposta. Eu não estava preocupado, eu tinha a ingenuidade ou a pretensão de acreditar que comigo seria diferente.

Nós continuamos a viver como pré-adolescentes, até que uma noite, seis meses depois do nosso encontro, eu finalmente cesso às suas carícias. Depois, senti um desconforto profundo, como se tivesse me dado um show em um filme pornô. Eu me permiti intimamente, mas de um jeito. Eu tive um orgasmo na frente de um homem cujas emoções sexuais eu não conhecia, nunca havíamos feito amor, não éramos íntimos e me senti como voyeur.

Expliquei-lhe meu desconforto, esperando que ele consultasse. Ele me disse que sim, mas duvido disso ainda. Eu sabia que havia montanhas de medo em sua cabeça, e eu queria dar-lhe tempo. Muito depois, ele me disse que a última vez que fizera amor era com prostitutas. No momento, perdi o equilíbrio, mas tentamos algumas coisas. Parei no limite da degradação e nem melhorei as coisas. Havia um lado humilhante em suas palavras e gestos, e me senti escorregando em um perigoso declive. No entanto, foi ele quem me deixou, da noite para o dia, sem explicação. Nós estivemos juntos por quase um ano. Eu saí dessa história em frangalhos: seu desamparo me levou a fazer muitas projeções negativas sobre mim.

Desde então, com o meu psiquiatra, entendi que ele preferia viver assim, sem sexo, negando seu desejo, em vez de enfrentar a angústia. O que me dói hoje é dizer que se ele realmente me amasse, ele poderia ter aceitado cuidar de si mesmo. “

Colapsos sexuais: o verdadeiro papel das mulheres

O colapso sexual é freqüentemente experimentado pelo homem como um desastre. Mas quais são as conseqüências de tal falha em seu parceiro? Vítima ou castradora: qual o papel dele? Como ela pode ajudar? … Acabando com anos de tabu, Doctissimo finalmente revela a face oculta da disfunção erétil.

As causas da disfunção erétil são muitas: do estresse simples à fadiga, passando por distúrbios orgânicos, como diabetes ou causas neurológicas. Diante desse momento crítico vivenciado pelo homem como um questionamento de sua masculinidade, qual é o verdadeiro papel de seu parceiro?

Nenhum retrato típico!

De acordo com uma pesquisa da Louis Harris 1 , uma em cada quatro mulheres apresentou disfunção erétil durante a vida sexual. Mas qual é a sua influência na ocorrência ou manutenção desses distúrbios no homem? Ela é apenas uma espectadora dessa explosão ou seu papel é mais complexo?

Estranhamente, este tem sido até agora pouco estudada pesar pelo XV º Congresso Mundial de Sexologia 2 , Dr. Mireille Bonierbale, psiquiatra sexóloga em Sainte Marguerite, em Marselha. No máximo, algumas pesquisas 3,4,5,6 sugerem, timidamente, possíveis características: maior frequência de disfunção sexual, alta demanda sexual com conseqüências inibitórias em humanos ou, pelo contrário, uma alteração do desejo, mesmo que seja Nesse caso, é difícil saber se isso é uma causa ou consequência de distúrbios masculinos. Mas o pequeno número de mulheres que participam deste trabalho não permite ver mais claramente.

E hoje, para muitos especialistas, desenhar um retrato típico dessas mulheres é uma heresia! “Não há características específicas do parceiro de um homem que sofre de disfunção erétil. Esta descrição assumiria uma parte da responsabilidade feminina na ocorrência dessas falhas. Mas na grande maioria dos casos, eles são apenas as vítimas “, diz o Dr. Antoine Lemaire, presidente da Associação para o Desenvolvimento da Informação e Pesquisa sobre Sexualidade ( ADIRS ). Vários estudos confirmam esta visão particular de uma redução da qualidade de vida dessas mulheres 7,8 .

Isso significa que é possível isolar o tratamento da disfunção erétil de qualquer ambiente emocional? Não, é claro, porque é uma perturbação da harmonia do casal envolvida.

Não isole a desordem do casal

O ambiente emocional do casal é importante para conhecer os fatores desencadeantes dos colapsos e sua durabilidade: por que esses distúrbios aparecem? Quando? Por que esses colapsos ocasionais tendem a voltar? Qual é o ponto de partida para esse medo do fracasso e esse círculo vicioso tão angustiante  ? … A consideração dessas interações dentro do casal são todos indicadores para otimizar o tratamento.

Assim, de acordo com Dr. Mireille Bonierbale, o resultado do tratamento pode ser facilitada por determinados fatores (vai encontrar uma boa harmonia sexual no casamento, a permanência da atração erótica de parceiros, as expectativas mútuas, onipresença do diálogo …) ou desativada por outros (conflito, relações extraconjugais concomitantes, falta de motivação ou desejo de um dos parceiros …).

Assim, se a mulher não consegue induzir o colapso sexual, pode, no entanto, revelar um problema subjacente em um sujeito já frágil. “A acusação não ditas por causa de mal-entendido ou falta de comunicação, ressentimento, uma atitude agressiva … pode levar a manutenção. Apenas bons problemas de comunicação entre o casal vai superar esta provação sem sair do parceiro na pia a ansiedade do próximo fracasso … “testemunha o Dr. Antoine Lemaire.

Menos freqüentemente, os transtornos psiquiátricos também podem ter um impacto na sexualidade do casal. Assim, as conseqüências do estresse e da depressão são bem conhecidas.

Conheça o estimulante sexual masculino chamado Gandrox XL.

Como escolher o melhor creme contra Rugas

Como escolher o melhor creme contra Rugas

Para comprar um bom creme antirrugas deve-se ler o rótulo do produto procurando por ingredientes como os Fatores de Crescimento, Ácido hialurônico, Vitamina C e Retinol porque estes são fundamentais para manter a pele firme, sem rugas, hidratada e combater as manchas que surgem devido a exposição solar.

Os cremes antirrugas quando usados diariamente, a partir dos 30 anos de idade, tem excelentes resultados na firmeza e beleza da pele desde que eles tenham os ingredientes que facilitam a formação de novas células, novos vasos sanguíneos e novas fibras de colágeno e elastina, que dão firmeza e sustentação à pele.

Assim, para comprar um bom creme antirrugas deve-se ler o rótulo do produto e saber exatamente do que a sua pele está precisando. Veja:

Que ingredientes procurar no rótulo
Para ter certeza que está fazendo uma boa compra deve ler o rótulo do produto e buscar os seguintes ingredientes:

Fator de crescimento Epidermal (EGF): Renova as células, cria novas fibras de colágeno e elastina, reduzindo e prevenindo a formação de rugas
Fator de crescimento Insulínico (IGF): Promove a criação de novas fibras de colágeno e elastina, diminui as rugas e aumenta a firmeza da pele
Fator de crescimento Fibrobástico (a FGF ou b FGF): Promove a criação de novas fibras de fibroblasto, excelente na cicatrização da pele depois do peeling, por exemplo
Fator de Crescimento Vascular Endotelial (VEGF): Promove a formação de novos vasos sanguíneos, essencial para nutrir as novas células, regenerando e firmando a pele
Fator de crescimento de Transformação: Estimula a produção da matriz celular, prevenindo a fibrose
Ácido hialurônico: Hidrata profundamente a pele, atraindo moléculas de água para a pele
Vitamina C: Estimula a síntese de colágeno, é antioxidante, protege a pele do sol, ajuda a cicatrizar e clareia olheiras e manchas escuras
Retinol: Estimula a formação de colágeno, proporcionando uma pele mais firme e melhorando a irrigação sanguínea facial, ao mesmo tempo que suaviza as rugas
DMAE (dimethylaminoethanol lactate): Promove a renovação das células, aumentando os níveis de ceramidas, e tem efeito clareador
Vitamina E: Ajuda na cicatrização, reduz o danos provocados pelo sol e pela diminuição da elastina
Matryxil Sinthe 6: Ideal para preencher as rugas, uniformiza a pele e estimula a síntese de colágeno
Proteção solar: Para proteger a pele dos efeitos dos raios UV que favorecem a formação das rugas
O dermatologista ou fisioterapeuta especialista em estética poderão indicar pessoalmente qual o melhor produto para cada pessoa, depois de observar algumas características como idade, presença de rugas ou linhas de expressão, tipos de rugas, hábito de usar creme diariamente ou não, tom da pele e presença de manchas ou olheiras, por exemplo.

Os cremes para rugas que contém neurotoxinas como o Ageless, contém Argireline, não são recomendados como único tratamento contra rugas porque tem ação paralisante, impedindo a correta contração muscular, o que inicialmente pode parecer que melhora as rugas, num efeito Cinderela, na verdade deixa a pele ainda mais flácida e frágil à longo prazo. Além disso, seu efeito vai diminuindo e dura no máximo 6 horas, sendo necessário reaplicar o produto várias vezes ao dia.

Como aplicar o creme antirrugas corretamente

Aplicar o creme antirrugas corretamente é fundamental para que tenha o efeito esperado. Para isso, é recomendado seguir estes passos:

Lavar o rosto com água e sabonete hidratante, ou limpar a pele com um produto de limpeza hidratante e um pedacinho de algodão
Aplicar um creme hidratante facial com proteção solar em todo rosto, pescoço e colo;
Aplicar o creme de cotorno dos olhos, começando pelo canto interno do olho indo em direção ao final de cada sobrancelha. Depois com movimentos em espiral insistir na regiãos dos ‘pés de galinha’
Aplicar o creme diretamente nas rugas ou linhas de expressão, com movimentos circulares por toda ruga, de baixo para cima e depois com movimento de ‘abertura’, como se estivesse tentando fazer a ruga desaparecer;
Aplicar o creme clareador nas áreas mais escuras como sardas, pintas e olheiras.
A quantidade do creme que se deve colocar em cada região é pequena, com cerca de 1 gotinha do tamanho de 1 ervilha em cada área.

Se desejar passar maquiagem esta deve ser aplicada por cima de todos estes cremes.

Porque usar cremes em diferentes áreas do rosto
É necessário usar diferentes cremes, usando um somente para a área dos olhos, outro somente em cima das rugas e e um creme geral para as outras áreas como testa, queixo e bochechas porque cada uma destas partes do rosto precisa de um tratamento diferente.

Usar o creme para os olhos em todo rosto pode ser um desperdício de produto, mas usar um creme hidratante para o corpo em todo rosto, pode não ter nenhum efeito no combate as rugas e linhas de expressão. Saiba o que cada área realmente precisa:

Ao redor dos olhos

Ao redor dos olhos a pele é mais fina e tende a ficar com os famosos ‘pés de galinha’ porque é comum a contração destes músculos para tentar proteger os olhos do sol ou para forçar a vista para ver melhor. Assim esta é uma das primeiras regiões a ficar com a pele flácida e com rugas.

Usar: Cremes com filtro solar, mas específicos para os olhos que tenham fator de crescimento que garantem a formação de células que conferem firmeza e elasticidade à pele.
Nas linhas de expressão:

Estas surgem ao redor do sorriso depois de uma boa gargalhada e podem ser mais facilmente vistas ao acordar depois de uma noite de pouco descanso. Também é comum seu surgimento entre as sobrancelhas, depois de tentar proteger os olhos do sol, sem óculos de sol, mas desaparecem ao esticar a pele.

Usar: Creme com filtro solar, ácido hialurônico e DMAE

Nas rugas vincadas:

As rugas mais profundas, que não desaparecem ao tentar esticar a pele, geralmente surgem após os 45 anos, mas pode surgir antes em pessoas que não usam cremes hidratantes e que se expõe no sol de forma frequente, sem proteção solar.

Leia também: Skin renov bula

Usar: Cremes antiidade com fatores de crescimento que possam preencher as rugas, tornando a pele mais firme e uniforme.
Nas olheiras, áreas mais escuras, manchas ou sardas:

Estas áreas precisam de clareamento e proteção solar para evitar que fiquem ainda mais escuras.

Leia também: Creme para rugas preco

Usar: Creme com filtro solar e produtos com ação clareadora da pele como vitamina C ou DMAE.
Um outro cuidado importante é observar se o creme é para usar de dia ou a noite, porque o tempo de ação dos produtos noturnos são maiores e podem atuar durante todo o sono, quando não há tanta contração dos músculos da face. Os cremes para usar durante o dia geralmente possuem proteção solar.

Outros tratamentos antirrugas
Na fisioterapia estética existem diversas técnicas que podem ser usadas com massagens específicas, tracionamento, mobilização da fáscia e liberação miofascial além de equipamentos como laser e a radiofrequencia que tem excelentes resultados no combate as rugas, com efeito lifting, adiando a necessidade de uso de botox ou cirurgia plástica.

As sessões duram cerca de meia hora e podem ser realizadas 1 vez por semana e os resultados são cumulativos, mas os efeitos podem ser vistos logo no final da primeira sessão.

 

Remédio para emagrecer: vale a pena?

Remédio para emagrecer: vale a pena?

Aderir a medicamentos para perda de peso deve ser uma alternativa apenas quando for apresentada por um médico

A maioria das pessoas já sabe que, para emagrecer de forma saudável, o melhor caminho é unir uma alimentação balanceada à prática de atividades físicas. Mas, não há como negar: muita gente gostaria de poder contar com a ajuda de uma “fórmula mágica”, que fizesse com que a perda de peso ocorresse de forma mais rápida e sem grandes sofrimentos!

E é, geralmente, pensando nisso que algumas pessoas acabam recorrendo aos remédios para emagrecer. Mas será que, de fato, eles proporcionam um emagrecimento seguro? Quais são os riscos de contar com a ajuda desse tipo de medicamento? Enfim, será que vale a pena apostar neles?

Abaixo você confere as principais informações sobre os remédios para emagrecer e a opinião de um endocrinologista sobre o assunto.

Quais são os medicamentos que propiciam o emagrecimento?
Ao falar sobre remédios para emagrecer, a sibutramina é, provavelmente, o primeiro nome que vem à mente das pessoas. Durante um período, sua venda ficou proibida, mas, agora ela pode, novamente, ser comprada em farmácias, desde que com prescrição médica.

Fernando Moreno Sebastianes, médico endocrinologista e metabologista, com PhD pela USP-São Paulo, explica que, além da sibutramina, existe apenas o orlistat (mais conhecido como Xenical) aprovado para perda de peso no Brasil.

O endocrinologista destaca que algumas medicações, muito utilizadas no passado, como femproporex, anfepramona e mazindol, foram suspensas do mercado há alguns anos e não são mais vendidas no Brasil.

Ainda de acordo Sebastianes, há também muitos fitoterápicos que prometem ajudar na perda de peso, embora, na grande maioria das vezes, não tenham sido submetidos a estudos adequados para confirmar suposto benefício.

“Em outros países, existem mais duas opções para tratamento da obesidade: a lorcaserina e também uma associação em um mesmo comprimido de topiramato e fentermina. Porém, esses medicamentos ainda não são liberados para venda no Brasil”, acrescenta Fernando Sebastianes.

Como agem os remédios para emagrecer?
Fernando Sebastianes explica que a sibutramina é um medicamento com ação no sistema nervoso central, agindo principalmente no controle da saciedade. “A maioria dos medicamentos age dessa forma, embora em pontos diferentes das complexas vias que regulam a fome e a saciedade”, diz.

O endocrinologista acrescenta que a maioria dos medicamentos tem efeito mínimo de “acelerar o metabolismo”, não sendo esse o mecanismo principal pelo qual atuam.

“O orlistat tem um modo de ação um pouco diferente, onde cerca de 30% das gorduras ingeridas são eliminadas nas fezes. Esse medicamento não aumenta a saciedade (‘não reduz o apetite’)”, explica o profissional.

Medicamentos que têm o emagrecimento como efeito colateral

FOTO: THINKSTOCK

Vale destacar que existem medicamentos que podem ter como efeito colateral o emagrecimento. “Porém, eles não são aprovados exclusivamente para perda de peso, mas, sim, para tratamento de outras condições”, diz Sebastianes, que cita alguns exemplos:

Quem sofre de enxaqueca com crises frequentes e tem excesso de peso pode se beneficiar do tratamento com topiramato, uma vez que ele ajuda na prevenção das crises de enxaqueca e pode auxiliar na perda de peso.
Quem é muito ansioso ou depressivo e tem excesso de peso pode se beneficiar, por exemplo, da bupropiona.
Quem tem diabetes mellitus e dificuldades para emagrecer pode se beneficiar da metformina, liraglutida, ou mesmo de um novo medicamento chamado dapaglifozina.
O endocrinologista ressalta que uma eventual prescrição de qualquer uma dessas drogas para tratamento apenas de obesidade caracteriza o uso off-label da medicação (prática da prescrição de medicamentos registrados para uma indicação não incluída na bula do produto), permitido pelo CFM, mas que deve ser bem explicado ao paciente pelo médico.

“Essas são apenas algumas opções que dispomos. Mas vale destacar que é fundamental sempre consultar um médico endocrinologista antes de iniciar o uso de qualquer medicação com finalidade de perda de peso”, acrescenta Sebastianes.

Efeitos colaterais dos remédios para emagrecer
De acordo com Sebastianes, a maioria dos medicamentos é relativamente segura desde que prescrita após uma boa avaliação médica. “Porém, como qualquer medicamento, efeitos colaterais podem ocorrer”, diz. Ele cita alguns exemplos abaixo:

Cefaleia
Alteração do hábito intestinal (constipação ou diarreia)
Palpitações
Aumento da pressão arterial
Insônia
Boca seca
Irritabilidade
Alteração de humor
Depressão
Ansiedade
Formigamentos
Manchas na pele
Alteração de memória
O endocrinologista acrescenta que, em raríssimos casos, até convulsões são efeitos colaterais possíveis de ocorrer com um ou mais desses medicamentos. “Por isso, é importante a avaliação médica antes de usá-los”, destaca.

Como é possível comprar os remédios para emagrecer

FOTO: THINKSTOCK

A maioria dos remédios para emagrecer tem sua venda controlada, ou seja, eles só são vendidos com receitas médicas. É o caso da sibutramina e o do orlistat.

Já os fitoterápicos não requerem receita médica. “Porém, sabemos que eles também podem gerar efeitos colaterais. Por exemplo, quem tem arritmias deve evitar chá verde, uma vez que o mesmo pode agravar o quadro. Por isso, não incentivo o uso de nenhum desses medicamentos sem antes consultar um médico”, destaca o endocrinologista Sebastianes.

Em quais casos os remédios para emagrecer são indicados?
Fernando Sebastianes explica, de forma geral, em quais casos os medicamentos para emagrecer são indicados.

Obesidade: esta é uma doença, assim como o diabetes mellitus, cujo tratamento é baseado na elaboração de um plano alimentar, atividade física e, em alguns casos, medicamentos e até mesmo a cirurgia bariátrica.

IMC (índice de massa corpórea) > 30 kg/m2: o endocriologista explica que, habitualmente, os medicamentos são indicados em casos de pacientes com IMC (índice de massa corpórea) > 30 kg/m2, com dificuldade de perda de peso, apenas com melhora na alimentação e exercício físico.

Leia também: comprar Phytophen

Doenças associadas à obesidade: a presença de doenças associadas à obesidade (diabetes, hipertensão, apneia do sono etc.) pode fazer com que o tratamento medicamentoso seja indicado em pacientes com IMC até menor do que 30.

Leia também: Kifina 

Enfim, vale a pena aderir aos remédios para emagrecer?
Muitas pessoas comentam que têm dificuldades para emagrecer, por isso, querem logo aderir aos remédios que prometem uma perda de peso mais rápida. Mas será que este é mesmo o caminho?

Ao menos que a pessoa se enquadre em um dos casos citados acima (seja obesa, esteja com IMC superior a 30kg/m2, sofra com alguma doença associada à obesidade), a recomendação, geralmente, é seguir uma alimentação equilibrada e praticar atividades físicas para emagrecer. Isso é, sem contar com a ajuda de medicamentos, mas, sim, com a orientação de um nutricionista e, de preferência, de um educador físico.

FOTO: THINKSTOCK

Muitas vezes, o desejo de emagrecer se deve apenas a uma questão estética. Ou seja, a pessoa quer perder alguns (poucos) quilos porque não está se sentindo bem com o seu corpo. Porém, nesses casos, dificilmente os medicamentos são recomendados. O melhor caminho, sem dúvidas, é procurar um nutricionista e passar a seguir hábitos de vida saudáveis.

Vale ressaltar ainda que nem sempre os remédios para emagrecer oferecem resultados duradouros, principalmente quando a pessoa não entende que – paralelamente ao uso do medicamento – precisa mudar seus hábitos alimentares para alcançar bons resultados.

Não são poucos os relatos de pessoas que tomaram determinado remédio com essa finalidade por certo tempo e, logo depois, recuperaram o peso ou até ganharam mais quilos do que haviam perdido durante o regime.

Por isso, vale ressaltar, uma pessoa nunca deve aderir a um medicamento para emagrecer sem consultar um médico antes. Esta deve ser uma alternativa apenas quando for apresentada por um profissional.

Leia também: comprimido para emagrecer

“Meu conselho às pessoas que têm dificuldades para emagrecer, e pensam em aderir aos remédios, é que procurem um médico endocrinologista que poderá avaliar melhor caso a caso”, orienta Sebastianes.

O endocrinologista acrescenta que atualmente existem, inclusive, meios mais precisos de se analisar quanto de peso uma determinada pessoa precisa emagrecer. “Através, por exemplo, do exame de bioimpedância é possível aferir a quantidade de gordura, água e musculatura corporal. Atingir um bom peso significa atingir uma boa composição corporal, com níveis adequados de gordura e de músculo. Dessa forma, é possível realizar um tratamento mais personalizado para a necessidade de cada paciente e, conforme a história médica atual, medicamentos podem ou não ser indicados”, finaliza Fernando Sebastianes.

DISFUNÇÃO ERÉTIL É MAIS COMUM DO QUE SE IMAGINA

DISFUNÇÃO ERÉTIL É MAIS COMUM DO QUE SE IMAGINA

A disfunção erétil é um problema que causa muita ansiedade nos homens. Ela se caracteriza pela dificuldade de ter e manter a ereção.

O problema atinge principalmente homens mais maduros, sendo bem raro nos mais jovens. Nestes, em 90% dos casos, a causa mais comum é a ansiedade.

Como explica o urologista Diogo Mendes, a disfunção erétil vai acontecer um dia, inevitavelmente, com qualquer homem, por isso, ele não deve se preocupar com ela, caso aconteça. A partir dos 40 anos e, sobretudo, a partir dos 60, é que a disfunção erétil se torna mais comum no homem. A hipertensão, a obesidade, enfermidades e medicação são algumas causas da disfunção erétil.

Segundo o urologista, o jovem não deve se preocupar com a disfunção erétil porque é muito comum que ela ocorra. Ele alerta que os jovens não devem fazer uso de medicamentos, mesmo recreativamente, que mantêm a ereção.

Existe tratamento medicamentoso para combater a disfunção erétil, mas o médico prescreve que as atividades aeróbicas – como caminhada, andar de bicicleta -, ter uma alimentação saudável e evitar o fumo e o álcool são os melhores preventivos da disfunção erétil. Segundo o especialista, quem cuida do coração, cuida da ereção.

Por isso que maus hábitos de vida são os maiores causadores da disfunção erétil. O homem deve entender que comer bem e manter hábitos saudáveis são cuidados para o seu coração, evitando problemas de ereção.

Viagra? Nem por brincadeira! Álcool? Pode piorar!
Os jovens devem evitar o uso de medicamentos que estimulam a ereção, porque biologicamente eles não são necessários, o álcool em excesso e os anabolizantes, conhecidos como “bombas”, pois danificam o seu organismo e a sua sexualidade. A sexualidade humana não é instantânea. O ser humano precisa de tempo para conhecer o seu corpo e o de seu parceiro.

Leia também: comprar remédios para ereção

Outro ponto levantado pelo urologista é em relação ao uso de álcool como estimulante para liberar a libido. O álcool, os medicamentos para a ereção e as bombas são danosos para a saúde do homem, principalmente a partir dos 30 anos. A mistura desses elementos é ainda mais perigosa.

Fica o alerta para os homens não buscarem refúgio em medicamentos e em drogas para tentar solucionar problemas com a ereção. Além de comum na vida sexual de qualquer homem, caso haja qualquer problema mais sério, o ideal é procurar a ajuda de um especialista.

Os 7 mandamentos para perder peso naturalmente sem dieta

Perder peso não é uma tarefa fácil e você precisa de muita motivação. No entanto, a motivação não é o único elemento que você precisa levar em conta. Existem muitas dicas que você pode seguir para perder peso naturalmente. Neste artigo, sugerimos que você descubra os 10 mandamentos para perder peso naturalmente.

1- Adeus gordura

Como você bem sabe, a gordura está presente em todos os nossos pratos. No entanto, recomendamos que você remova o máximo de gordura animal possível, seja manteiga, molhos, creme, etc. Substitua essa gordura por azeite, mas apenas uma colher de sopa por refeição. Sempre favorecer a “boa gordura” rica em ácidos graxos poli-insaturados. Você pode ver que essa falta de gordura na sua dieta já vai fazer você perder alguns quilos.

2- Não fique com fome

É importante perder peso naturalmente porque vai ajudá-lo a não estar com fome. Muitas dietas fazem todo o possível para que você perca peso rapidamente, mas descobrirá que está sempre com fome. Este não é o objetivo. Você não deve estar com fome no final de uma refeição, mas você não deve comer à mesa. Aumentar a quantidade de sua comida, se você achar que está com fome. Não compense a sua fome com um mimo, pão ou queijo. Se você não atingiu a sensação de plenitude, você sempre será tentado a mordiscar e esta mordiscada promoverá o ganho de peso. Coma devagar para que a sensação de saciedade seja alcançada sem sentir que está comendo demais.

3- Beber água

Para perder peso naturalmente, você deve parar de beber algo diferente da água. Na verdade, você pode esquecer imediatamente o álcool, bem como refrigerantes. Pelo contrário, recomenda-se beber apenas água, até 1,5 litros por dia ou cerca de 6 copos de água. O último pode ser carbonatado ou plano, dependendo das suas preferências. Isso irá reduzir seu apetite, drenar seu corpo e eliminar todas as toxinas.

4- Correr para perder peso naturalmente

Quando você quer perder peso naturalmente, muitas vezes é recomendado praticar esportes. Se você quiser uma barriga lisa, você terá que gastar tempo em exercícios de musculação para fazer abs concreto!

Mas esta não é a única alternativa. para você refinar, nós recomendamos que você pratique a corrida porque é excelente perder seus quilos naturalmente. Você não só perderá peso, mas a corrida também permitirá que você músculo todas as partes do seu corpo. Sem perceber, você ajustará seu tamanho.

5- A caminhada rápida

Se você não é um seguidor da raça, então você pode adotar a caminhada rápida. Mais e mais na moda, este esporte pode rapidamente perder seus quilos extras. Esteja ciente de que a caminhada rápida é mais intensa do que você imagina. A perda de gordura será muito rápida com sessões longas. A queima de gordura presente em seu corpo vai acontecer e você terá muito menos vontade de comer depois de sua rápida caminhada.

6- Natação

Você deve saber que, se você quer perder peso muito suavemente e praticar, obviamente, uma atividade esportiva, recomendamos que você opte pela prática de natação. Suas calorias serão queimadas nadando em um ritmo moderado. De fato, é totalmente inútil querer nadar rapidamente, porque suas calorias desaparecerão da mesma maneira. Saiba que em uma hora de natação moderada, você pode perder o equivalente a 400 calorias.

Para encontrar um clube de natação perto de você, dê uma olhada no site da  federação francesa de natação

7- Esporte e aplicações de TV

Se você não é uma pessoa de esportes na base, pode parecer difícil voltar para o esporte e isso, independentemente da sua idade. Para isso, existem vários programas de esportes que permitem que você se beneficie de um treinador esportivo virtual completamente gratuito, que mostrará os exercícios a serem executados, a música e, assim, a motivação para a sua sessão esportiva diária. Da mesma forma, muitas aplicações gratuitas propõem guiá-lo para uma aptidão diária em 7 minutos por dia. De fato, é melhor praticar esportes de alta intensidade em um curto período todos os dias do que uma grande sessão esportiva uma vez por semana. Você vai queimar mais gordura e mais regularmente.

E se mesmo assim você ainda tiver dificuldades para emagrecer temos um produto que pode te ajudar bastante, o nome dele é Kifina. Clique no link para saber mais.

 

Ejaculação Precoce,O Que é

Ejaculação Precoce, O Que é

É uma disfunção sexual masculina que acelera o processo de ejaculação durante o ato sexual. Ela ocorre com grande frequência e é caracterizada pela insatisfação do tempo de penetração até a ejaculação.

Os resultados são graves, com abalo psicológico e afastamento na intimidade sexual. Além disso, pode gerar preconceito, por parte do próprio paciente, o que o leva à falta de diagnóstico e tratamento.

Diagnóstico
É feito através de exames clínicos com base no depoimento do paciente. Com relatos sobre a ocorrência e frequência dos eventos, o especialista pode pedir exames complementares, como de dosagem hormonal.

A ejaculação precoce pode ser identificada em três níveis: primária – acomete o paciente desde a primeira relação sexual; secundária – quando apresenta espaços de tempo sem ejaculação precoce; e ocasional ou situacional – tem uma frequência menor e com algumas pessoas.

Fatores de risco
Os fatores que influenciam a ejaculação precoce são muito variados e se caracterizam por motivos psicológicos e orgânicos.

A ansiedade é responsável por grande parte dos casos, mas doenças como prostatite, alterações que envolvam o hormônio serotonina e problemas na tireoide também são apontados como causadores.

O grupo de risco entre faixa etária também é muito grande, já que os fatores são passíveis de ocorrer em qualquer idade a partir da adolescência ou início da vida sexual.

Prevenção
A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Ela pode estar relacionada com a preocupação em satisfazer o outro durante o ato sexual e até mesmo com preocupações do dia a dia.

A tensão provoca a ansiedade, mas pode ser aliviada com atividades que relaxem o corpo e a mente. Exercícios físicos são uma ótima saída para descontrair a cabeça e manter o corpo ativo, além de liberar endorfina.

Sintomas
A ejaculação precoce não é considerada uma doença, mas sim um sintoma que pode aparecer por problemas orgânicos ou psicológicos. Cerca de 30% dos homens adultos relatam a ocorrência de episódios de ejaculação precoce. Por isso, ao aparecer o sintoma é necessária a investigação para saber qual a causa raiz.

Tratamento
O tratamento para ejaculação precoce é baseado em psicoterapia sexual e farmacoterapia. Antidepressivos e analgésicos também são opções bastante usadas. Já os inibidores de fosfodiesterase do tipo-5 são mais aplicados em situações que envolvam disfunção erétil-impotência. Muitos especialistas indicam a combinação das duas opções para um melhor resultado.

Outra maneira de se sentir mais tranquilo com a situação é conversar com a sua parceira (o) sobre o assunto. Caso o problema seja de origem psicológica, uma terapeuta sexual pode ajudar a descobrir a causa e até a cura.

Algumas técnicas são utilizadas como paliativos para ajudar no controle do momento do coito. Uma terapeuta sexual pode orientar e explicar como cada técnica pode ser aplicada pelos casais.

Perguntas frequentes
Existe um tempo mínimo para ejacular?

Não. O ato sexual se difere para cada pessoa e o tempo até a ejaculação envolve outros aspectos como excitação e ansiedade.

Como descobrir se tenho ejaculação precoce?

É considerada ejaculação precoce quando o evento se repete sempre ou quase sempre em um período muito curto, causando insatisfação sexual. A consulta com um urologista é a melhor forma de se obter um diagnóstico correto.

Apenas adolescentes têm ejaculação precoce?

Não. Apesar dos jovens terem menos experiência e confiança durante o sexo, qualquer um com vida sexual ativa pode ter ejaculação precoce. Os motivos são muito variados e pode ocorrer por ansiedade ou por doenças como a prostatite. O recomendado é procurar um urologista para identificar a causa e os possíveis tratamentos.

Leia também: o que é Aumento peniano

Existe diferença entre ejaculação precoce e disfunção erétil?

Sim. A ejaculação precoce é um sintoma relacionado a questões emocionais e doenças e não permite um longo tempo de ereção. Já na disfunção erétil, que pode ser desencadeada pela ejaculação precoce, não é possível ter ereção em nenhum momento. Ambos levam o casal à insatisfação sexual.

Posso ter orgasmos mesmo com ejaculação precoce?

Sim. O orgasmo representa o ápice do prazer no ato sexual e não precisa estar ligado à ejaculação. Ele pode vir antes ou depois e até mesmo junto. Porém, como a ejaculação precoce ocorre em um período muito curto de penetração ou na falta dela, gera um desconforto que acaba por impedir o desenvolvimento da ação e interfere no aproveitamento do sexo, prejudicando o alcance do orgasmo.

 

Orgasmo feminino é muito importante

Um levantamento de mulheres e pesquisas médicas recentes podem identificar melhor os segredos do prazer feminino, por muito tempo desacreditados ou desconfiados …

Ao publicar seus relatórios explosivos sobre a sexualidade dos seres humanos (em 1948, para os homens, 1953 para as mulheres), o Dr. Kinsey perdeu sua legitimidade científica e foi privado de todo o financiamento para sua pesquisa. Outros precursores pagaram de suas carreiras por querer entender a sexualidade, especialmente a das mulheres. Se é um assunto difícil de abordar, mesmo desde a revolução dos costumes dos anos 1970, é o orgasmo feminino. Durante muito tempo reprimida, ainda hoje permanece um fenômeno obscuro, pouco abordado e manchado por todos os estratos de idéias recebidas que se acumularam ao longo do tempo.

É por isso que o segredo das mulheres. Viagem ao coração do prazer e prazer , publicado por Odile Jacob em setembro de 2010, é um livro de referência.

Se você esta querendo ter mais prazeres na hora do sexo conheça o produto Tá Tarada.

Élisa Brune, uma jornalista científica, e Yves Ferroul, uma terapeuta sexual, não apenas refazem a história atormentada do orgasmo feminino. O livro também reúne os mais recentes conhecimentos científicos sobre o assunto e, em uma segunda parte, oferece uma vasta pesquisa, realizada via Internet (mídia permitindo uma nova liberdade de expressão) sobre “o que as mulheres dizem” … E eles diga muito (caixa abaixo)  !

Um pequeno lembrete histórico primeiro. Por muito tempo pensou-se que o orgasmo feminino era uma função útil na evolução biológica: incitamento das mulheres em relação ao sexo e, portanto, produzir descendentes, selecção de homens e torque de estabilização, o esperma de sucção pelas contrações da vagina promovendo design … Apesar das injunções religiosas que condenam os prazeres da carne, o orgasmo feminino, assim, permaneceu encorajados pelos médicos.

Histeria e frigidez

Agora tudo isso é agora invalidado por análises científicas. Se ele estimula os centros de prazer no cérebro (que mostra imagens do cérebro) que produzem oxitocina, um hormônio que é actualmente continua a explorar o potencial, o orgasmo feminino seria “else propósito do que ele mesmo .

No século XIX, quando a ciência deixou claro que a ovulação era um processo sistemático desconectado de toda atividade sexual, o gozo feminino era despojado de toda necessidade. Neste século imbuído puritanismo burguês, as mulheres respeitáveis em seu interesse para reprimir qualquer manifestação de desejo ou erotismo, se eles não querem ser tributados histérica! Além disso, aprendemos neste livro que a “massagem dos genitais” (em outras palavras, a masturbação) era praticada por muitos médicos desde a antiguidade para curar distúrbios fisiológicos femininos. Sigmund Freud, entretanto, é certo para colocar a histeria no coração de sua teoria psicanalítica, atribuindo seu trauma de infância, uma idéia que ainda está em voga … A “verdadeira OPA”Sobre a sexualidade feminina, dizem os autores: enquanto os colapsos sexuais masculinos encontraram desfiles técnicos eficazes (como o Viagra), “o orgasmo feminino sempre requer quinze anos de psicanálise” …

Outra patologia vem dificultar o prazer feminino na década de 1950. Sobre a histeria, a frigidez envolveria 80 a 90% das mulheres, dizem os médicos americanos. É porque, por trás dessas suposições, esconde-se um segredo, cuidadosamente fechado por sociedades androcêntricas, segundo as quais o prazer das mulheres só poderia vir do dos homens. Na década de 1970, o relatório de um sexólogo americano, Shere Hite, é escandaloso, dizendo que o orgasmo feminino provém principalmente da excitação do clitóris.

Orgasmo vaginal, orgasmo clitoriano, esta distinção , se ainda persiste em representações, é – muito recentemente – tornada cientificamente obsoleta. Desde a década de 2000, CT ou achados ultrassonográficos mostram que o clitóris é um órgão tão importante quanto um pênis, a maioria dos quais está localizada dentro do corpo e envolve a vagina. O pequeno botão que algumas empresas decidem extirpar é apenas a ponta – cheia de ramificações nervosas – de um iceberg que preferiria ser um vulcão!

Um dos problemas sexuais mais comuns segundo os sexologistas

Se você nunca foi vergonha de você olhar um pouco demasiado perto a vida sexual dos outros, você pode ser aliviado ao saber que o ditado “a curiosidade matou o gato” não se aplica em todas as circunstâncias. O que motiva as pessoas, a partir de Freud aos editores de ele , é divertido para falar sobre o que acontece no nosso quarto (ou em qualquer outro lugar). Estas histórias também têm o mérito de nos fazer sentir um pouco menos sozinha no mundo.

Decidimos para alimentar o voraz apetite do público para este tipo de assunto, perguntando terapeutas e sexólogos nos dizer sobre os problemas mais comuns que os pacientes encontrados na sua sexualidade. Nossas suspeitas foram verificadas: a sexualidade é um fenômeno complexo, em diferentes níveis, influenciada por uma série de fatores que variam de um casal para outro, mas que a maioria daqueles que são sexualmente ativos são confrontados uma vez ou outra .

A boa notícia é que esses problemas podem ser resolvidos a maior parte do tempo consultando um especialista ou dizendo coisas. Abaixo, você encontrará os nove problemas com os quais os sexólogos trabalham com mais frequência. Prometemos não julgar se você está curioso para saber o que é!

1. Diferenças na libido

“A diferença de desejo no casal é o maior problema encontrado por pessoas que vêm me ver. Para meus pacientes, quatro fatores principais provavelmente explicam esse fenômeno. Primeiro, uma preocupação de origem física, como relatos dolorosos. Em segundo lugar, fadiga crônica ou estresse, por exemplo em relação a crianças ou problemas financeiros, em ambos os casos as soluções resultam de uma mudança no estilo de vida, e aprender a se comunicar bem também pode ser útil. Mas as duas principais razões que observei estão enraizadas nos antecedentes sexuais e psicológicos de cada um, ou até mesmo do próprio casal: a libido é muitas vezes um bom indicador de compreensão no casal. ”

“De acordo com minhas observações, o principal problema relacionado à sexualidade é a falta de desejo, especialmente em casais em que um dos parceiros tem uma libido muito mais exigente do que o outro. As soluções dependem de vários fatores. Primeiro, eu quero entender quanto tempo durou e como as coisas começaram, muitas vezes o problema é devido a preocupações de comunicação – sentimentos de raiva, amargura, traição, etc. – que devem ser resolvido antes de focar na própria sexualidade Às vezes eu ajudo um casal a encontrar uma maneira de expressar suas necessidades, ou ouvir o ponto de vista do outro sem ficar excitado Uma vez que a comunicação tenha sido restaurada, as dificuldades na intimidade muitas vezes desaparecem sozinhas “.

Dr. Michael Aaron

“Um dos problemas mais comuns do casal está relacionado a uma diferença na libido.” As pessoas muitas vezes começam um relacionamento com tanto desejo quanto um ao outro, mas, depois de um tempo, pelo menos um dos O trabalho de investigação começa quando eu encontro os dois parceiros, juntos e separadamente. Às vezes eu ouço que eles não gostam do jeito de fazer o outro, ou cheiram Uma atitude Às vezes eles sentem ressentimento, o que é importante ouvir antes de concordarem em se entregar.

Nós gerenciamos a falta de comunicação através de técnicas de comunicação. Nós falamos sobre o que eles gostam e não gostam, suas necessidades e desejos, partes do corpo e como eles gostam de ser tocados. Nós nos concentramos em sentir, ou acariciar, com exercícios e tentamos definir o que dá prazer. Às vezes, administramos velhas feridas emocionais que impedem que a situação evolua. Cada casal é diferente, o que é um desafio, mas o objetivo é aprender a conhecer e apreciar seus próprios desejos e os de seus parceiros. É um processo de evolução fascinante “.

Kassi Corley, socióloga, psicóloga clínica

aquele que tem mais desejo sente que o outro não leva em conta suas necessidades. Eu lembro que ter pouco desejo também não é muito divertido. As pessoas, neste caso, às vezes se sentem culpadas ou inadequadas porque não conseguem atender às necessidades sexuais de seus parceiros “.

Stephanie Buehler, psicóloga

Se você quiser ajuda de algum estimulante sexual masculino nós te indicamos o Forteviron

Clareamento dental: Como funciona, enfraquece os dentes, tipos, preço

Clareamento dental: Como funciona, enfraquece os dentes, tipos, preço

Um sorriso bonito é uma das portas principais para os relacionamentos entre as pessoas. Além disso, eleva a nossa autoestima e, consequentemente, ajuda na qualidade de vida. Mas, infelizmente, a rotina do dia a dia desgasta nossos dentes facilmente, afetando principalmente a cor branca dos dentes, deixando-os amarelados. Com isso, a busca por tratamentos estéticos odontológicos de clareamento dental vem aumentando cada vez mais. Quer aprender mais sobre clareamento dental? Vem com a gente!

Como funciona o clareamento dental?
O dente possui pequenos poros na sua estrutura. Nesses poros podem se acumular pigmentos nos tecidos mais superficiais e também nos mais profundos. Isso pode ser agravado através de alimentações ricas em corantes, como refrigerantes e café, por exemplo, como também má higienização diária. Sendo assim, a função do clareador dental é penetrar nessa estrutura e agir contra esses pigmentos.

Quando o produto usado no clareamento entra em contato com essas pequenas moléculas de pigmentos, ele as quebra em moléculas ainda menores e aquela área agora “limpa” vai passar a refletir a luz de forma diferente, expressando novamente a cor branca e também mais brilhosa. Essa é a diferença visual entre dentes amarelados e dentes mais brancos. Esse processo de despigmentação pode ser feito com uso de produtos químicos ou diretamente com laser em algumas sessões.

Clareamento dental enfraquece os dentes?
Durante as sessões e rotina do tratamento, pode ocorrer uma sensibilidade dos dentes, principalmente com relação a mudanças de temperatura. Para isso, o profissional pode indicar ao paciente produtos específicos para controlar melhor essa hipersensibilidade. Isso ocorre devido uma desmineralização superficial pela qual o dente passa, o que será reposto pela própria saliva em pouco tempo.

A tendência é que logo após o fim do tratamento, essa sensibilidade desapareça. Sendo assim, clareamento dental não enfraquece a estrutura do dente, pois não afeta o esmalte nem a dentina do dente; nem também deixa os dentes mais suscetíveis a cáries; apenas deixa mais sensível durante o tempo do tratamento.

Formas de clareamento dental
Clareamento dental caseiro com moldeira
Esta é a técnica mais cômoda e indicada pelos dentistas por ser mais segura, no ritmo do paciente e também por oferecer resultados mais duradouros. É um processo caseiro, que demanda tempo, e necessita com certeza de acompanhamento profissional.

Nesse clareamento dental é utilizado uma moldeira para os dentes, feita na medida exata para sua boca. Nessa moldeira, é colocado o gel clareador indicado pelo seu dentista. Normalmente, o dentista recomenda que o paciente coloque a moldeira durante a noite. E então, o gel quando em contato com o dente, é absorvido e age quimicamente com propriedades clareadoras. Geralmente, o gel indicado possui o princípio ativo de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida.

O tratamento caseiro dura em média 15 dias. Durante esse período é recomendado não consumir nenhum tipo de alimento ou bebida com pigmentos fortes, principalmente industrializados.

Clareamento dental a laser
É o tipo mais rápido de clareamento dental. Utiliza os mesmos produtos e géis clareadores que os outros tipos de tratamento, porém com uma concentração bem maior, devendo ser manuseado apenas por profissionais. Por ser um tratamento mais rápido, costuma custar mais caro, pois também traz os resultados de clareamento mais rápido, não é?

Nesse processo, é usado um tipo de laser (ou luzes halógenas ou LED também) sobre os dentes que estimula e acelera o processo de despigmentação. O número de sessões varia de acordo com cada caso, mas já na primeira sessão dá pra notar um branqueamento no sorriso. Em contrapartida, os resultados duram menos tempo quando comparado ao tratamento caseiro; sendo assim o ideal é fazer clareamento conjugado, que inicia no consultório com o laser e prolonga em casa com manutenção do clareamento caseiro.

Clareamento dental adesivo
Neste tratamento, são coladas fitas adesivas com efeito clareador sobre os dentes. Pode ser feito em casa mesmo também, mas com supervisão e acompanhamento do seu dentista. O resultado de branqueamento é comprovado também, mas quando comparado com os efeitos do clareamento a laser, possui resultados inferiores e com menos durabilidade.

Para quem tem dentes sensíveis e deseja fazer clareamento dental, essa pode ser uma ótima opção, pois é bem menos agressiva que o laser, por exemplo. Também é bom para quem quer efeitos rápidos para momentos específicos, como um sorriso mais branco para uma festa ou casamento, por exemplo. Porém, o uso contínuo sem limite pode causar desgaste do esmalte dos dentes e causar sensibilidade. Portanto, os adesivos clareadores não devem ser usados com tanta frequência.

Leia também: WhiteDent comprar

 

Problemas de ereção. O problema do homem moderno

Problemas de ereção

 

O QUE É: Os problemas de ereção devem necessariamente ser definidos no plural, porque diferentes formas do distúrbio podem existir sob este rótulo, todos ligados à dificuldade de alcançar ou manter uma ereção por um tempo suficiente para uma relação sexual completa:

    • O homem não pode conseguir a ereção em nenhum contexto, sem parceiro, mesmo na atividade autoerótica (Impotentia erigendi);
    • O homem consegue ficar excitado e conseguir uma ereção durante as preliminares, mas perde no momento da penetração (Impotentia coeundi);
    • O homem consegue alcançar uma ereção satisfatória e também iniciar um relacionamento sexual, mas durante a penetração – depois do primeiro impulso – ele a perde – de repente ou gradualmente – deixando assim de atingir o orgasmo ou de fazê-lo alcançar o parceiro.
    • Finalmente, há os problemas de ereção estritamente relacionados aos relacionamentos com um parceiro específico: o homem relata que sempre conseguiu ter relacionamentos satisfatórios, mas algo na relação atual não funciona e com o parceiro do momento em que não consegue.

Como todos os problemas sexuais, a disfunção erétil também pode ter causas fisiológicas. os mais importantes estão relacionados a problemas vasculares, neurológicos e endócrinos, ambos de origem traumática e devido a uma patologia. Em primeiro lugar, portanto, é importante que a pessoa, sob a orientação de um andrologista ou urologista, seja submetida a todos os testes clínicos necessários para verificar a presença dessas causas. 
Então existem fatores ambientais que podem influenciar a capacidade erétil mais ou menos severamente. Entre estes, os mais importantes são o estresse, o tabagismo, o uso de drogas (drogas psicotrópicas, terapias hormonais, anti-hipertensivos, alguns diuréticos). 

Conheça o melhor blog de problemas sexuais. O blog da cis.

Consulte o andrologista ou o urologista também é a melhor maneira de conhecer as causas do problema.
Você ainda pode ter certeza de que não há problemas orgânicos se conseguir alcançar a ereção durante a atividade autoerótica ou espontaneamente durante o sono e ao despertar. A este respeito, é útil fazer um teste NPT com Rigiscan, um dispositivo projetado especificamente para registrar a presença e o número de ereções espontâneas durante o sono. 

Assim, quando causas orgânicas e fatores ambientais foram excluídos, os problemas de ereção devem ser abordados do ponto de vista psicológico e sexológico. 
Os distúrbios de ereção são muito comuns; Fala-se de cerca de 10% de difusão na população em geral, que pode subir até mais de 50% com o aumento da idade (cerca de 70 anos e mais). 

SINTOMAS: Aqueles que sofrem de problemas de ereção refere-se a aproximar-se do parceiro e do contato íntimo com a ansiedade e o forte estresse, exatamente o oposto do prazer e do sentir-se à vontade que, ao contrário, são essenciais para um relacionamento sexual satisfatório. 
O homem que tem uma disfunção erétil, muitas vezes faz uma “unha fixa”, pensa durante todo o dia, chegando às vezes até a não dormir à noite. 
Como todos os problemas sexuais, até mesmo a disfunção erétil acaba se tornando um problema não só da pessoa, mas do casal; que muitas vezes experimenta momentos de tensão, argumenta por razões fúteis, ou evita cuidadosamente abordar discursos que remotamente se referem à esfera sexual. 

SENSAÇÕES: Devido a problemas de ereçãoo homem sente uma sensação de vergonha, medo, humilhação e inadequação. A consciência de não ser capaz de alcançar e manter uma excitação sexual por tempo suficiente para estimular a excitação do parceiro faz com que ele perca seu senso de virilidade e masculinidade. 
Além disso, como frequentemente acontece com problemas sexuais, o homem tende a se concentrar em seu próprio desempenho, com o resultado de desviar completamente sua atenção do corpo de seu parceiro, das reações e do desempenho de sua excitação.
Portanto, há conseqüências dolorosas para todas as pessoas envolvidas. De fato, a relação sexual não é mais vista como uma atividade compartilhada, nem é considerada uma fonte de prazer e enriquecimento mútuos, mas torna-se uma provação para suportar: mesmo pensando que o momento da intimidade está se aproximando, aumenta os níveis de estresse e ansiedade geral. 

CONSEQUÊNCIAS: As dificuldades de ereção freqüentemente levam à ansiedade sexual, medo do fracasso, preocupações com o desempenho sexual e uma sensação subjetiva reduzida de excitação e prazer.
Como todos os problemas sexuais, a impotência e a disfunção erétil muitas vezes acabam comprometendo as relações conjugais ou sexuais em andamento, às vezes até falhando em falhar. Isso ocorre porque o casal, especialmente o outro membro, tenta superar o problema primeiro com a compreensão e minimização. Então, no entanto, com o passar do tempo e a não evolução da perturbação, a intimidade e, conseqüentemente, a cumplicidade, começam a desaparecer, a ponto de não permitirem mais que a própria relação viva serenamente. 

COMO SAIR: A Terapia Estratégica Breve desenvolveu e desenvolveu um protocolo específico para cada uma das formas de disfunção erétil. O primeiro passo é interromper as soluções que a pessoa tentou colocar em prática e isso só piorou o problema. Portanto, começamos liberando o momento do ato sexual de todas as tentativas de controlá-lo e controlá-lo, das práticas e pensamentos que o tornaram apenas um momento de intenso estresse. 
Posteriormente, utilizando técnicas baseadas na contradição, você orienta a pessoa a entender que “no campo sexual, o que se busca mais é encontrado menos”.
A única maneira de re-experimentar o prazer do ato sexual, como visto em sua totalidade e não apenas penetração, e, assim, as ereções vão voltar de uma forma natural, seguindo o que tem que acontecer naturalmente, sem a mente, devemos agir. 

PERCENTAGE TRATAMENTO DE SUCESSO: Graças a este protocolo, resultados positivos são obtidos em mais de 94% dos casos, e quando a terapia não funciona, é porque os problemas são orgânicos.

 

Problemas sexuais? Como resolvê-los? O primeiro passo é entendê-los

Costumamos nos referir às nossas dificuldades no quarto, definindo problemas sexuais. Tecnicamente, os distúrbios sexuais são divididos em disfunção sexual, parafilias e disforia de gênero .

Nós tentamos entender juntos em maior detalhe o que eles são , como você pode intervir e quem entrar em contato em caso de necessidade. O primeiro passo, na verdade, é entendê-los!

Aqui nos limitaremos a investigar as disfunções sexuais , reservando para examinar com mais detalhes a disforia de gênero e as parafilias em um artigo futuro do nosso blog.

Antes de começar, no entanto, é bom dizer que não é incomum experimentar qualquer dificuldade na esfera sexual no curso da vida. Levante sua mão, de fato, para aqueles que não aconteceram pelo menos uma vez na vida de não conseguirem atingir o orgasmo? E qual homem não lutou para manter uma ereção pelo menos uma vez na vida? Ou, pelo contrário, não poderia conter a intensa excitação , ejaculando mais cedo do que o desejado? Aqueles que nunca experimentaram desconforto ou mesmo dor durante a relação sexual ou a perda de excitação? … Se você for honesto / as mãos levantadas serão muito poucas … por outro lado nós somos humanos, não robôs, felizmente!

Por outro lado, existem as fases ou as condições de vida, mais facilmente do que outros, pode fazer-nos chegar a um acordo com alguns problemas sexuais:  a adolescência , por exemplo, ele nos vê lutando com a descoberta da sexualidade e algumas dificuldades são o mínimo que podemos esperar de nós mesmos e do nosso parceiro.

gravidez e pós-parto são mais momentos em que a sexualidade pode encontrar obstáculos, seja por fatores orgânicos, obviamente, querem crenças sobre sexo, quer adicionar às mudanças inevitáveis ao relacionamento do casal.

menopausa e a andropausa , então, mudar o tempo e o modo de resposta sexual: conhecer as mudanças corporais típicas destas fases Ele permite que você encontrar maneiras novas e alternativas para alcançar a satisfação sexual. Mas a lidar com algumas das principais doenças e dos certas drogas podem ter efeitos adversos sobre a dimensão da sexualidade, bem como condições de deficiência podem interferir significativamente limitar ou mesmo o prazer sexual, de uma forma mais ou menos temporária. O mesmo se aplica a períodos intensos de estresse, ou momentos particularmente críticos da vida, nos quais o humor e o desejo podem ser desviados.

Leia se o estimulante Max Gel realmente funciona.

Disfunção sexual

Para identificar um problema de intimidade como uma disfunção sexual, dois elementos são absolutamente essenciais: 1) sofrimento subjetivo e 2) a duração mínima de pelo menos 6 meses de uma determinada condição experimentada pelo sujeito como indesejável. Portanto clinicamente não consideramos problemas significativos que ocorram esporadicamente e sem continuidade ao longo do tempo , nem inconvenientes não vivenciados pelo sujeito ou pelo casal como problemáticos.

As principais disfunções sexuais

Até a edição anterior do manual internacional de diagnóstico de referência ( DSM IV ), as disfunções sexuais eram classificadas de acordo com a fase específica da resposta sexual e, portanto, eram:

  • Distúrbios do desejo sexual
  • Distúrbios da excitação sexual
  • Desordens orgásmicas
  • Disfunção sexual devido a uma condição médica geral ou induzida por substâncias.

Atualmente, entretanto, a disfunção sexual, específica para homens e mulheres, não é mais dividida de acordo com as fases da resposta sexual , tendo identificado um continuum entre desejo, excitação e orgasmo, dificilmente separáveis uns dos outros e intrinsecamente conectados. O que une as diferentes disfunções é uma anomalia no processo fisiológico de resposta sexual , vivenciada pelo sujeito com um desconforto que compromete a qualidade de sua sexualidade.

18 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde

18 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde

Equipe Treino Mestre 3 de setembro de 2018

Nesse artigo você irá conhecer 18 remédios naturais que ajudam emagrecer se tomados de forma correta e aliados a uma dieta equilibrada.

Perder peso e aquelas gorduras localizadas é o que muita gente quer e passa um longo tempo correndo atrás.

Ter uma dieta balanceada, ou seja, que você coma a quantidade necessária de comidas saudáveis, e fazer exercícios físicos de maneira regular são essenciais para ver os números da balança reduzindo.

Além do mais, você melhora a sua saúde de maneira global já que uma boa alimentação e exercícios diários interferem positivamente em todos os sistemas do corpo.

Índice – Principais informações sobre remédios para emagrecer nesse artigo:

Conteúdo deste artigo [Mostrar]

Remédios naturais para emagrecer ou termogênicos?
Na corrida contra a balança é muito comum ver pessoas recorrendo aos famosos suplementos termogênicos.

Eles são amplamente conhecidos por aumentar a temperatura do organismo, acelerar o metabolismo e ter efeitos rápidos na perda de gordura e emagrecimento.

O problema com esses termogênicos feitos em laboratório, é que costumam causar muitos efeitos colaterais adversos como:

taquicardia,
irritação,
tontura, tremores,
suor excessivo,
insonia,
mal estar;
náuseas, entre outros.
Por esses motivos, muitas pessoas estão dando preferência ao remédio para emagrecer que seja natural, sem comprometer a saúde e ainda alcançar a tão desejada perda de peso.

Eles oferecem menos riscos para a saúde, são fáceis de serem encontrados e o melhor de tudo, são muito mais baratos.

Veja agora quais são os mais procurados no mercado e como eles agem no nosso corpo.

Você conhece os melhores suplementos para definição muscular? Não? Então veja: Os 17 melhores suplementos para definição muscular

Leia também: Phytophen emagrece

18 remédios naturais para emagrecer rápido
1 – Café verde

Certamente o café verde é o remédio natural mais eficaz para o emagrecer. E com pouca ou nenhuma reação adversa ou efeitos colaterais quando se consumido com responsabilidade.

Extraído do grão de café verde, hoje em dia esse produto é vendido em cápsulas que facilitam ainda mais a sua ingestão.

Muito à frente dos próximos emagrecedores dessa lista quanto a eficiência e resultados, já que existem vários estudos científicos que comprovaram que além de queimar gordura e diminuir o peso, o café verde ajuda a combater a celulite e proporcionar o efeito barriga chapada.

Seu preço em relação a custo x benefício acaba compensando no final.

Veja informações mais detalhadas e onde você pode comprar o produto pelo melhor preço, clique aqui.

2 – Pholia Magra

Essa erva ajuda a reduzir a fome e ainda auxilia na queima de calorias. Ela é indicada especialmente para aquelas pessoas que não gostam de praticar exercícios físicos.

Apesar de não ser mais famosa na Europa e nos Estados Unidos, a Pholia Magra é uma planta nativa.

Os seus efeitos para a perda de gordura são tão eficazes que ganhou o apelido de “erva antibarriga”.

Um dos principais compostos da planta é a cafeína, que pode ser um dos seus segredos para acelerar o metabolismo e conseguir excelentes resultados.

Ela pode ser encontrada em cápsula e é vendida em grandes lojas e farmácias de manipulação.

Para ter mais informações e onde comprar a Pholia Magra com preço promocional clique aqui.

Leia também: Kifina Anvisa

3 – Pholia Negra

Esta planta consegue ser um potente emagrecedor inibindo a fome do indivíduo.

Ele faz com que a digestão se torne mais lenta e assim o estômago ficará cheio por mais tempo.

É ideal para aquelas pessoas que possuem o péssimo hábito de comer em grande quantidade, repetindo a refeição.

A recomendação é tomar dois comprimidos de 100 mg duas vezes ao dia, pelo menos 15 minutos antes das refeições principais.

Para ter mais informações e onde comprar a Pholia Negra com preço promocional clique aqui.

4 – Spirulina

A Spirulina tem se destacado nós últimos anos e é considerada também um remédio para emagrecer 100% natural.

Além de auxiliar na perde de peso, ela ajuda a reduzir o colesterol, tem ação anti-inflamatório, combate a anemia porque é rica em ferro e também em proteínas, ideal para quem deseja ganhar massa muscular.

Nesse artigo você pode tirar maiores dúvidas de onde comprar, todos os benefícios e como tomar a spirulina corretamente.

Para ter mais informações e onde comprar a Spirulina com preço promocional clique aqui.

5 – Pommeprote
Funciona aumentando a saciedade e consegue reduzir a ingestão de alimento em até 44%. Esse remédio natural é indicado para pessoas que sofrem com a compulsão por comida. Um bom exemplo são os ataques à geladeira de madrugada.

Você encontrará o pommeprote em forma de gomas como jujubas em vários sabores.

O ideal é mastigar uma 30 minutos antes das refeições ou no momento em que você sentir muita fome.

6 – Casiolamin

Também chamada de Cassiolamina, essa substância vem de uma leguminosa de região tropical, mais encontrada na África e na Ásia.

Ela age diretamente no metabolismo das gorduras, reduzindo a ação da lipase e impedindo que a gordura dos alimentos seja quebrada e armazenada no tecido adiposo.

Ela consegue inibir que até 30% da gordura não seja absorvida pelo organismo.

7 – Piruvato de cálcio

Indicado para quem pratica exercícios físicos, especialmente a musculação, o piruvato de cálcio consegue coletar grande quantidade de açúcar que está circulando na corrente sanguínea e encaminhá-la para os músculos.

Esse mecanismo acontece um pouco antes da prática dos exercícios e isso aumenta a resistência, melhorando o seu desempenho.

Ele também aumenta o metabolismo fazendo com que o corpo gaste mais energia do que o normal.

8 – Chá verde

Já bastante conhecido, o chá verde tem como substância base a cafeína, que acelera o metabolismo e o gasto calórico.

Além de auxiliar na perda de peso, ela é rica em antioxidantes e dessa forma consegue eliminar os radicais livres do corpo.

Você deve consumir no máximo 600 ml de chá verde ou 5 xícaras por dia.

Você deve fazer uma infusão com duas colheres de sopa das folhas em 600 ml de água. Armazene uma garrafa térmica e beba durante o dia.

9 – Advantra Z

É termogênico extraído de uma fruta conhecida como Laranja Amarga.

A advantra Z consegue fazer tudo o que um termogênico fabricado em laboratório faz sem os efeitos colaterais indesejados como a alteração dos batimentos cardíacos ou elevação da pressão arterial.

É ótima para os praticantes de musculação porque reduz a ação do catabolismo nos músculos. Por isso, também é indicada para quem quer definição muscular.

Leia também:
+ Os principais remédios para emagrecer e cuidados importantes

10 – Faseolamina

A faseolamina é uma glicoproteína encontrada no feijão branco e que tem como principal mecanismo de ação a inibição da enzima alfa-amilase.

Esta, tem como função principal a transformação do amido em glicose (carboidratos), que posteriormente, será transformado em gordura e armazenado no tecido adiposo.

Você pode consumir a substância diretamente pelo feijão cozinho, em farinha ou em cápsula, pelo menos meia hora antes das refeições principais.

Uma colher de chá da farinha misturada com um pouco de água já é o bastante para ver os seus efeitos.

11 – Caralluma

Quer perder 3 kg por semana? A caralluma possui o seu princípio ativo extraído do cacto, tem a promessa de oferecer sensação de saciedade rapidamente, inibindo a fome.

Também promove maior disposição e inibe a absorção dos carboidratos contidos nos alimentos.

Os exercícios em conjunto com uma dieta balanceada com a caralluma consegue eliminar até 3 kg em uma semana.

Uma cápsula de 300 mg uma hora antes das refeições principais já é o suficiente.

12 – Koubo

Feito a partir de extrato de cacto, ele consegue oferecer um efeito emagrecedor significativo.

Ele aumenta a sensação de saciedade, possui efeito diurético e antioxidante.

Como se pode ver é um excelente remédio natural para limpar o corpo de toxinas.

O grande diferencial do koubo é que ele se encaixa perfeitamente para aquelas pessoas que não aguentam passar um dia sem comer um doce.

Ele tem ação antioxidante e aumenta a liberação de glucagon, um hormônio responsável por usar as nossas reservas energéticas, principalmente no tecido adiposo.

13 – Diuréticos

Possuem como principal função eliminar líquido do organismo e com ele, as toxinas que ingerimos nos alimentos.

Muitas pessoas retém líquido por causa do consumo excessivo de sódio encontrado em alimentos como os embutidos (presunto, mortadela) e enlatados (azeitonas, palmito, atum, sardinha).

Os diuréticos de alça são os mais indicados, pois inibem o organismo de reabsorver o sódio que está prestes a ser eliminado.

Não se esqueça de beber muita água e outros líquidos para não sofrer com a desidratação. Um bom exemplo natural de diuréticos é o suco de abacaxi.

Leia também: Kifina Anvisa

Diuréticos – O que são, para que servem, indicações e tipos

14 – Suco e farinha de berinjela

A berinjela consegue oferecer inúmeros benefícios para o organismo além da perda de peso. Ela ajuda a queimar calorias e ainda reduz o apetite.

Você pode encontrar em lojas de produtos naturais a farinha em saquinhos ou então em cápsula.

Os valores são em conta e variam entre 15 e 30 reais dependendo do tipo que você prefere.

Uma colher de sopa de farinha deve ser usada duas vezes por dia, nas principais refeições acompanhando um alimento.

Leia também:
+ Receitas de suco e farinha de berinjela para emagrecer

15 – Affinato
É um remédio natural extraído da quitosana, uma substância produzida a partir do exoesqueleto de crustáceos.

Essa substância impede a absorção da gordura dos alimentos e assim, auxilia na perda de peso.

Mas atenção! Pessoas que são alérgicas a frutos do mar não devem consumir o affinato, ainda que ele seja um produto natural.

A recomendação é tomar 1 cápsula 2 horas antes do almoço com água.

16 – Água gelada

É isso mesmo que você leu. A água pode te ajudar a perder alguns quilos evitando que você coma mais.

Além de ser vital para o bom funcionamento dos sistemas do corpo. Tomar um copo de água antes das principais refeições e antes dos lanches é uma forma de comer menos.

Como o estômago já está parcialmente cheio de água, a sensação de saciedade não demorará a chegar e a tendência é comer menor do que o habitual.

Ao ingerirmos água gelada, o corpo entre num processo chamado de termogênese para poder aumentar a temperatura, esse processo demanda energia, o que ajuda a queimar calorias, com isso, podemos afirmar que tomar água gelada contribui para o emagrecimento!

Leia também:
+ Os melhores suplementos para queimar gordura e emagrecer

17 Vinagre de maçã

Apesar de não ter pesquisas e estudos que confirmem os benefícios do vinagre de maçã, os seus benefícios são passados de uma pessoa para outra e rapidamente o seu consumo tomou grandes proporções.

Ele ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue e ajuda a inibir o apetite.

Existem duas formas comuns de consumo: acrescentar duas colheres de sopa na salada ou diluir em um copo de água.

18 – Smoothie verde

Na verdade, esse remédio natural é um mix batido no liquidificador com verduras e hortaliças.

Com 500 ml de água, você irá colocar para bater:

couve;
espinafre;
salsa;
maçã verde;
banana;
lasca de gengibre;
hortelã
morango.
Rende até 3 copos e pode ser tomado ao longo do dia.

Leia também: Comprar Kifina

Eles ajudam na verdade de peso, pois a quantidade significativa de fibras encontradas ajuda a trazer maior saciedade.

Além do mais, esses alimentos possui vitaminas importantes para o bom funcionamento do organismo.

Remédio para emagrecer rápido, quais os resultados?
Tomou algum desses remédios para emagrecer ou outro que não está nessa lista e quer contar sua experiência?

Deixe abaixo em nossa área de comentários, seu relato sobre os resultados e como foi o antes e depois de tomar. Teve algum efeito colateral? Conte para nós!

Esse artigo sobre os remédios naturais para emagrecer foi útil para você? Ajude a divulga-lo e mantenha seus amigos também informados, compartilhe!

Terapias Para Impotência Sexual

Terapias Para Impotência Sexual

Terapia de auto-injeção
Para os homens impotentes que não têm permissão para, ou querem usar, as pílulas eréteis podem comprar power blue que é um estimulante 100% natural, mas também há outra solução: a terapia de auto-injeção (também chamada de terapia de auto-injeção). Nesta terapia, o paciente injeta um líquido no próprio pênis, após o que ocorre uma ereção em pouco tempo. Por causa da terapia de injeção, alguém com disfunção erétil ainda pode ter relações sexuais.

Disfunção erétil e terapia de injeção

Com disfunção erétil, o pênis não fica rígido, ou o pênis vibra rápido demais. A causa de um problema de ereção pode estar relacionada aos vasos sanguíneos. Estes permitem que muito pouco sangue flua para o pênis, ou eles permitem que o sangue flua de volta imediatamente. Em um tratamento de disfunção erétil baseado na terapia de auto-injeção, um medicamento é usado para aumentar temporariamente os vasos sanguíneos. Como resultado, mais sangue pode fluir para os tecidos eréteis do pênis, resultando em uma ereção normal.

Para quem a terapia de autoinjeção é adequada?
A terapia de auto-injeção como um tratamento para a disfunção erétil é adequada, entre outras coisas, para homens que têm um distúrbio nervoso, por exemplo, como resultado de Esclerose Múltipla ou diabetes . Este método não requer um estímulo sexual do cérebro para obter uma ereção. Este é o caso com o uso de pílulas eréteis, e em homens com uma desordem nervosa estes estímulos não podem ser passados ​​(ou não bastante bem). Também para pessoas que são hipersensíveis às substâncias nas pílulas eréteis ou que sofrem dos efeitos colaterais, a terapia com injeção pode ser uma boa alternativa.

Como a terapia de auto-injeção funciona para a impotência?
O líquido usado na terapia de injeção é injetado no pênis com uma agulha fina. O medicamento destina-se a ser injetado diretamente nos corpos inchaço. São tecidos esponjosos no pênis em que o sangue se acumula, de modo que o pênis fica rígido. O líquido contém um vasodilatador, por exemplo, papaverina, papaverina em combinação com fentolamina ou prostaglandina. A droga faz com que os músculos dos corpos inchados relaxem e os vasos sanguíneos nessa área se dilatem. Como resultado, mais sangue flui para os corpos inchados e o pênis pode erigir. O fluido funciona muito rapidamente: depois de quinze minutos há uma ereção completa com duração de 20 a 60 minutos.

Injete-se: como você faz isso?
Muitos homens se opõem à terapia de auto injeção e, especialmente, contra a injeção do líquido. No entanto, a maioria dos usuários acha a ação pior depois. Por trabalhar com uma agulha muito fina, a injeção não é muito dolorosa. É importante, no entanto, que a agulha seja inserida no pênis no lugar certo e no caminho certo. A terapia de auto-injeção para disfunção erétil é a seguinte:

Encha a agulha de injeção com a quantidade prescrita de líquido da ampola;
Agarre o pênis perto da parede abdominal entre o polegar e o indicador;
Coloque a agulha de injeção perto da parede abdominal, em um ângulo oblíquo no pênis (entre a parte superior e lateral) e pressione a agulha através da pele no corpo inchaço. Agora pulverize o líquido lentamente no pênis e remova a agulha.
Desinfecte a pele com álcool antes e depois da punção.
No folheto informativo da medicação para a auto injeção, você encontrará exatamente como deve injetar o medicamento. Além disso, um médico ou enfermeiro pode fornecer mais informações sobre essa ação, se desejar.

Leia também: Big Size preço

Efeitos colaterais da terapia de auto injeção

Como outros tratamentos de disfunção erétil, a terapia de injeção pode levar a efeitos colaterais. As reclamações que às vezes ocorrem com este método são por exemplo:

Sensação de queimadura durante a injeção do líquido (isso é normal);
Derramamento de sangue;
Irritação da pele no local da injeção;
Dormência no pênis;
Tontura após injetar o líquido (não participe do trânsito se sofrer com isso);
Cicatrizes Para evitar isso, é bom alternar os locais de injeção e não usar o medicamento mais de duas vezes por semana.
A maioria dos efeitos colaterais não é grave. O que pode ser perigoso é uma ereção que dura muito tempo. Isso pode causar danos permanentes aos corpos inchados. Consulte um médico se a ereção não desapareceu depois de cinco horas.

Alternativa para terapia de injeção
Se você preferir não usar agulhas de injeção, também existem tratamentos de disfunção erétil que usam um tubo de inserção. Isso é aplicado na uretra do pênis. O líquido contém um fármaco vasodilatador. A droga é absorvida pelo pênis através da uretra. Assim como na terapia de auto-injeção, uma ereção resulta quase que instantaneamente, o que persiste por até uma hora. É uma boa alternativa para homens que não estão autorizados a usar pílulas de ereção e que preferem não trabalhar com uma agulha hipodérmica.

Posted in Tratamentos Para Impotência | Tagged Auto injeção peniana

SEPTEMBER 3, 2018
Tratamentos Naturais Para Impotência Sexual
Se você é um homem com diabetes, temos boas e más notícias sobre sua vida sexual.

A má notícia: homens com diabetes são três vezes mais propensos a relatar problemas com sexo do que homens não diabéticos. O problema sexual mais comum é a disfunção erétil, às vezes chamada de impotência. Ainda pior, porque ED é uma questão tão particular, muitos homens sentem vergonha de discutir o problema com seu médico, ou até mesmo com seu parceiro, então o problema nunca é abordado.

A boa notícia: Disfunção Erétil é uma das complicações mais tratáveis ​​do diabetes. De fato, mais de 95% dos casos podem ser tratados com o estimulante sexual sexual power blue que é um dos melhores no momento. Com tratamentos comprovados disponíveis, homens diabéticos com disfunção erétil têm opções. Não é algo com que você ou seu parceiro deveria viver.

O que é Disfunção Erétil – e o que não é
ED significa a incapacidade repetida de alcançar ou sustentar uma ereção suficiente para a relação sexual. Embora o vigor sexual geralmente diminua com a idade, um homem que é saudável, física e emocionalmente, deve ser capaz de produzir ereções e ter relações sexuais, independentemente de sua idade. ED não é uma parte inevitável do processo de envelhecimento.

Disfunção Erétil não significa:
• Uma falha ocasional em conseguir uma ereção. O ditado é verdadeiro: realmente acontece com todos. Todos os homens experimentam dificuldades ocasionais com ereção, geralmente relacionados à fadiga, doença, uso de álcool ou drogas ou estresse. Não é divertido, mas é totalmente normal.

• Diminuição do interesse pelo sexo. ED ocorre quando um homem está interessado em sexo, mas ainda não consegue alcançar ou manter uma ereção. Muitos homens com diabetes também experimentam uma diminuição do desejo sexual, muitas vezes como resultado de desequilíbrios hormonais ou depressão. O desejo sexual diminuído é bastante tratável, mas é tratado de maneira diferente da DE.

Problemas com a ejaculação Tais problemas geralmente indicam um problema estrutural com o pênis. O tratamento mais comum é cirúrgico.

Como a diabetes causa a disfunção erétil
A resposta sexual humana requer várias funções corporais diferentes para funcionar adequadamente e em conjunto: nervos, vasos sangüíneos, hormônios e psique. Infelizmente, o diabetes – e até mesmo o tratamento para diabetes – pode afetar muitas dessas funções.

• Nervos: uma das complicações mais comuns do diabetes é a neuropatia, ou lesão do nervo. A ereção é uma função do sistema nervoso parassimpático, mas o orgasmo e a ejaculação são controlados pelo sistema simpático. Neuropatia para qualquer sistema pode causar ED.

• Vasos sanguíneos: o diabetes danifica os vasos sanguíneos, especialmente os vasos sanguíneos mais pequenos, como os do pénis. Diabetes também pode causar doenças cardíacas e outros problemas circulatórios. Fluxo sanguíneo adequado é absolutamente crucial para alcançar a ereção. “A ereção é um fenômeno hidráulico que ocorre involuntariamente”, diz Arturo Rolla, MD, da Escola de Medicina da Universidade de Harvard. “Ninguém pode ter uma ereção!” Qualquer coisa que limita ou prejudica o fluxo sanguíneo pode interferir com a capacidade de conseguir uma ereção, não importa quão forte seja o desejo sexual.

• Hormônios: O diabetes freqüentemente causa doença renal, e a doença renal, por sua vez, pode causar alterações químicas no tipo e quantidade de hormônios que o corpo segrega, incluindo os hormônios envolvidos na resposta sexual.

• Psique: questões psicológicas podem causar um desejo sexual diminuído, mas elas também podem levar a disfunção erétil, mesmo quando o desejo sexual é bom. ED pode acompanhar grandes mudanças na vida, eventos estressantes, dificuldades de relacionamento, ou até mesmo o medo de ED em si. As mudanças fisiológicas associadas ao medo podem, elas próprias, causar disfunção erétil.

• Medicamentos: Cerca de 25% dos casos de DE são causados ​​por medicamentos. Muitos medicamentos, incluindo medicamentos comuns prescritos para diabetes e suas complicações, podem causar disfunção erétil. Os ofensores mais comuns são medicamentos para pressão sangüínea, anti-histamínicos, antidepressivos, tranquilizantes, supressores de apetite e cimetidina (um remédio para úlcera). Além disso, medicamentos de venda livre, incluindo certos colírios e gotas nasais, foram associados à disfunção erétil. Isso não significa que você deva parar de tomar esses medicamentos! Em vez disso, você deve discuti-las com seu médico para determinar se uma dosagem diferente, um medicamento alternativo ou tratamentos adicionais resolverão o DE.

Os tratamentos para Disfunção Erétil
ED são tratados com facilidade e sucesso! Se o seu desejo sexual não for afetado, mas você tiver problemas para atingir ou manter a ereção por um período de quatro a cinco semanas, você pode ter DE. Fale com o seu médico imediatamente. Não demore – a disfunção erétil não “simplesmente desaparece!” Além disso, a DE pode ser um sinal de uma complicação séria, até mesmo fatal, como insuficiência cardíaca congestiva ou doença renal. Ignorar seu ED porque é embaraçoso pode comprometer sua saúde.

A maioria dos homens procura tratamento do seu médico de família, que pode ou não estar familiarizado com o leque de opções de tratamento. Um especialista pode ser uma escolha melhor. Especialistas incluem urologistas e médicos que atuam em centros de tratamento de disfunção erétil.

Um exame físico minucioso e histórico médico, juntamente com certos exames laboratoriais, podem ajudar seu médico a determinar o que está causando o DE, e depois escolher um tratamento apropriado. Os tratamentos mais comuns para disfunção erétil dividem-se em quatro categorias: medicamentos, dispositivos mecânicos externos, aconselhamento e cirurgia.

Medicamentos: Medicamentos
Orais: Os medicamentos ED mais conhecidos são os Três Grandes: Viagra (citrato de sildenafil, fabricado pela Pfizer, Inc.), Levitra (vardenafil HCl, fabricado pela Bayer e GlaxoSmithKline) e Cialis (tadalafil, fabricado pela Eli Lilly) .

Os três são quimicamente muito semelhantes e todos se mostraram muito eficazes. Porque eles são eficazes, convenientes e relativamente baratos (cerca de nove dólares por comprimido), estes medicamentos tornaram-se o tratamento de escolha para a maioria dos homens que sofrem de DE.

A principal diferença entre os três é em quanto tempo eles duram. O Viagra deve funcionar entre 30 minutos e quatro horas; Levitra por 30 minutos a duas horas, e Cialis por até 36 horas. Além disso, o Viagra é um pouco menos eficaz se tomado com alimentos; O Viagra também pode causar anomalias temporárias da visão das cores.

Em alguns casos, no entanto, esses medicamentos podem ser inadequados para pacientes com doença cardíaca. Se você está considerando uma dessas drogas e tem doença cardíaca, como muitos diabéticos, não se esqueça de informar o seu médico. Em casos raros, as pílulas podem criar “priapismo”, uma ereção prolongada e dolorosa com duração de seis horas ou mais (embora reversível com atenção médica imediata).

Medicamentos tópicos: Quando o problema é fluxo sanguíneo insuficiente, vasodilatadores (como o power blue long que é um gel onde você passará em seu pênis e conseguirá a retardar a ejaculação e o power blue expand que é outro gel que além de aumentar o tamanho de seu pênis, ele também melhora sua ereção) podem ser aplicados ao pênis para aumentar o fluxo sanguíneo peniano e melhorar as ereções. O principal efeito colateral da pomada de nitroglicerina é que ela pode causar dor de cabeça ao parceiro. Para evitar isso, o homem deve usar preservativo.

Medicação Peniana Injeção: Isto é exatamente o que parece. Injetado em casa diretamente no pênis, o medicamento alprostadil produz ereção, relaxando certos músculos, aumentando o fluxo sanguíneo no pênis e restringindo o fluxo. Embora algumas fontes relatem uma taxa de sucesso de 80%, a terapia tem desvantagens, como risco de infecção, dor e cicatrizes – fibrose – no pênis, e também pode causar priapismo. Uma versão popular deste medicamento é o Caverject da Upjohn Corporation. O Sistema MUSE, por VIVUS, envolve o mesmo medicamento (um pellet de alprostadil) aplicado com um aplicador semelhante a um conta-gotas, diretamente na uretra.

Dispositivos Mecânicos Externos:
Esta categoria de tratamentos inclui terapias de vácuo externas: dispositivos que circundam o pênis e produzem ereções ao aumentar o fluxo de sangue ao mesmo tempo em que restringem o fluxo. Tais dispositivos imitam uma ereção natural e não interferem no orgasmo. Os mecanismos externos de terapia a vácuo são aproximadamente 95% bem-sucedidos em causar e sustentar uma ereção. Todos são portáteis e os custos variam entre US $ 200 e US $ 500, cobertos pela maioria dos planos de seguro e pelo Medicare Parte B.

O dispositivo de constrição de vácuo consiste em um cilindro de vácuo, vários tamanhos de anéis de tensão e uma bomba de vácuo, manual ou elétrica. O pênis é colocado em um cilindro ao qual um anel de tensão está preso. O ar é evacuado do cilindro por meio da bomba, criando um vácuo, que produz a ereção. O cilindro é removido, deixando o anel de tensão na base do pênis para manter a ereção.

Dispositivos de terapia a vácuo têm algumas desvantagens. É preciso interromper as preliminares para usá-las. Você deve usar o anel de tensão de tamanho correto e removê-lo, para evitar contusões penianas, após sustentar a ereção por 30 minutos. O uso inicial pode produzir alguma dor. Esses dispositivos podem ser inadequados para homens com certos distúrbios hemorrágicos. Em geral, os dispositivos de constrição de vácuo são bem sucedidos no gerenciamento de ED de longo prazo.

“Rejoyn” é uma alternativa barata e sem receita aos dispositivos acionados a vácuo. Descrito pelo seu fabricante como uma “manga de suporte”, não “causa” uma ereção, mas apoia o pênis flácido como se estivesse ereto (um usa-o sob um preservativo).

Aconselhamento:
A grande maioria dos casos de DE em homens diabéticos tem uma causa física, como neuropatia ou problemas circulatórios. Em alguns casos, no entanto, a causa da DE é psicológica, incluindo depressão, culpa ou ansiedade. Com um exame minucioso, o médico deve ser capaz de determinar se o DE é de natureza psicológica ou física. Se a causa for psicológica, seu médico poderá encaminhá-lo a um psiquiatra, psicólogo, terapeuta sexual ou conselheira conjugal. Não veja tal diagnóstico como um insulto. A maioria dos ED psicológicos é tratada com facilidade e sucesso.

Leia também: Big Size funciona

Cirurgia:
Existem dois tipos de cirurgia para disfunção erétil: um envolve a implantação de uma prótese peniana; o outro tenta a reconstrução vascular. A opinião de especialistas sobre implantes cirúrgicos mudou nos últimos anos; hoje, a cirurgia não é mais amplamente recomendada. Existem muitas opções menos invasivas e menos dispendiosas, e a cirurgia deve ser considerada apenas como último recurso.

Os riscos óbvios são os mesmos que acompanham qualquer cirurgia: infecção, dor, sangramento e cicatrizes. Se por algum motivo a prótese ou partes forem danificadas ou deslocadas, a remoção cirúrgica pode ser necessária. Com uma taxa de sucesso geral de cerca de 90%, qualquer um dos dispositivos restaurará as ereções, mas não afetará o desejo sexual, a ejaculação ou o orgasmo.

Próteses: Muitos tipos diferentes de próteses penianas estão disponíveis, em três categorias: bastões, próteses infláveis ​​e próteses independentes. Bastões semi-rígidos ou maleáveis ​​são os mais simples e menos caros de todos. Sua principal desvantagem é que o pênis permanece constantemente ereto, o que pode causar problemas de ocultação.

Próteses infláveis ​​são dispositivos mecânicos complexos que imitam o processo natural de ereção. As peças são inseridas cirurgicamente no pênis e no escroto e ativadas apertando-as. Quando a ereção não é mais desejada, uma válvula na bomba é pressionada e o pênis fica flácido. Próteses unitárias independentes são semelhantes aos tipos infláveis, mas mais compactas. Todo o dispositivo é implantado no pênis. Quando a ereção é desejada, a unidade é ativada apertando ou flexionando, dependendo de qual dos dois tipos de próteses independentes é usada.

Cirurgia Reconstrutiva Vascular corrige defeitos nos vasos sanguíneos penianos. O cirurgião pode reconstruir o suprimento de sangue arterial ou remover as veias quando a causa é causada pelo vazamento. Menos de cinco por cento dos homens com disfunção erétil podem se beneficiar da cirurgia vascular.

Prevenindo o ED
Como todas as complicações diabéticas, a disfunção erétil pode ocorrer mesmo quando você segue o conselho do seu médico e administra cuidadosamente o seu diabetes. Também como todas as complicações do diabetes, a DE é menos provável de ocorrer com bom controle de açúcar no sangue. Diabetes mal controlado e colesterol alto aumentam as chances de complicações vasculares, que podem levar à DE ou a outros problemas circulatórios. Além disso, o tabagismo regular e o uso de álcool podem contribuir para a disfunção erétil.

Você não está sozinho; outros enfrentaram essas dificuldades. ED é tratável; você tem opções!

Posted in Tratamentos Para Impotência | Tagged Disfunção Erétil

AUGUST 27, 2018
5 Maneiras de Combater a Impotência
Você consegue correr tão rápido quanto aos 20 anos de idade? Bata uma bola de beisebol tanto quanto você poderia uma vez? Bate uma bola de tênis com a mesma velocidade e giro?

Provavelmente não.

Mas mesmo quando envelhecemos, ainda há muitas maneiras de permanecer no jogo e aproveitá-lo. Isso é verdade tanto no sexo quanto no esporte.

A disfunção erétil (DE) pode ocorrer por vários motivos. Às vezes é tão simples quanto o efeito colateral de um medicamento em particular. Mas para cerca de 75% dos homens, a causa é mais complexa. A DE pode resultar de doença vascular, doença neurológica, diabetes ou tratamentos ou cirurgias relacionados à próstata.

Se você sofre de disfunção erétil ou espera evitar essa condição você pode fazer o uso do estimulante sexual Max Power que é muito famoso no mercado, ou tentar estas dicas para superar a disfunção erétil para melhorar a saúde e melhorar a vida sexual.

Dicas Para Combater a Impotência
Comece a andar. De acordo com um estudo de Harvard, apenas 30 minutos de caminhada por dia estavam ligados a uma queda de 41% no risco de disfunção erétil. Outra pesquisa sugere que exercícios moderados podem ajudar a restaurar o desempenho sexual em homens obesos de meia-idade com DE.
Coma direito. No Massachusetts Male Aging Study, comer uma dieta rica em alimentos naturais, como frutas, legumes, grãos integrais e peixes – com menos carne vermelha e processada e grãos refinados – diminuiu a probabilidade de ED.
Preste atenção à sua saúde vascular. A hipertensão arterial, o alto nível de açúcar no sangue, o colesterol alto e os triglicérides elevados podem danificar as artérias do coração (causando ataque cardíaco), no cérebro (causando derrame) e levando ao pênis (causando disfunção erétil). Uma cintura em expansão também contribui. Verifique com seu médico se o seu sistema vascular – e, portanto, seu coração, cérebro e pênis – está em boa forma ou precisa de um ajuste através de mudanças no estilo de vida e, se necessário, de medicamentos.
O tamanho é importante, então fique magro e fique magro. A cintura é uma boa defesa – um homem com uma cintura de 42 polegadas é 50% mais propenso a ter DE do que um com uma cintura de 32 polegadas. Perder peso pode ajudar a combater a disfunção erétil, de modo a chegar a um peso saudável e ficar lá é outra boa estratégia para evitar ou corrigir ED. A obesidade aumenta os riscos de doenças vasculares e diabetes, duas das principais causas de disfunção erétil. E o excesso de gordura interfere com vários hormônios que podem ser parte do problema também.
Mova um músculo, mas não estamos falando de seu bíceps. Um forte assoalho pélvico aumenta a rigidez durante as ereções e ajuda a impedir que o sangue saia do pênis pressionando uma veia chave. Em um estudo britânico, três meses de exercícios de Kegel duas vezes ao dia (que fortalecem esses músculos), combinados com biofeedback e conselhos sobre mudanças de estilo de vida – parar de fumar, perder peso, limitar o álcool – funcionaram muito melhor do que apenas conselhos sobre mudanças no estilo de vida. Caso deseja saber mais dicas de saúde e bem estar, acesse o site Revista Bem Estar que lá você encontrará as melhores dicas sobre emagrecimento, beleza, saúde masculina e feminina e muito mais.
Posted in Tratamentos Para Impotência

AUGUST 12, 2018
10 Causas e Dicas Para Tratar a Ejaculação Precoce
Como casais e terapeuta sexual em consultório particular, fico espantado com a quantidade de homens e casais que me procuram tentando consertar a ejaculação precoce. Muitos homens sofrem com a vergonha de sentir que ejaculam muito rapidamente, levando-os a ter ansiedade sobre o sexo e seu desempenho.

Segundo a Clínica Mayo, a causa exata da ejaculação precoce não é conhecida. Embora já tenha sido pensado para ser apenas psicológico, os médicos agora sabem que a ejaculação precoce é mais complicada e envolve uma complexa interação de fatores psicológicos e biológicos combinados.

Veja nesse vídeo alguma dicas para ajudar no tratamento para ejaculação precoce

Causas psicológicas
Alguns médicos acreditam que experiências sexuais precoces podem estabelecer um padrão que pode ser difícil de mudar mais tarde na vida, como:

Situações em que você pode ter apressado para alcançar o clímax, a fim de evitar ser descoberto

Sentimentos de culpa que aumentam sua tendência a se apressar em encontros sexuais

Outros fatores que podem desempenhar um papel em causar a ejaculação precoce incluem:

Disfunção erétil . Homens que estão ansiosos em obter ou manter uma ereção durante a relação sexual podem formar um padrão de pressa para ejacular.

Ansiedade. Muitos homens com ejaculação precoce também têm problemas de ansiedade – especificamente sobre o desempenho sexual ou relacionados a outros problemas.

Problemas de relacionamento. Se você teve relações sexuais satisfatórias com outros parceiros em que a ejaculação precoce ocorreu com pouca freqüência ou não, é possível que questões interpessoais entre você e seu parceiro atual possam estar contribuindo para o problema.

Causas biológicas
Vários fatores biológicos podem contribuir para a ejaculação precoce, incluindo:

Anormais de hormônio níveis

Níveis anormais de substâncias químicas cerebrais chamadas neurotransmissores

Atividade reflexa anormal do sistema ejaculatório

Certos problemas da tiróide

Inflamação e infecção da próstata ou uretra

Traços herdados

Danos nos nervos por cirurgia ou trauma (raro)

EUA News.com informou que a duração média de um ato sexual é de 7,3 minutos, mas surpreendentes 43 por cento dos homens terminam em menos de dois minutos.

Tratamentos para a ejaculação precoce incluem:
Praticar esta ideia irá ajudá-lo a saber onde o seu “ponto de não retorno” é para que durante o sexo do parceiro, quando você sentir essa sensação, você pode recuar ou “puxar” para alterar posições sexuais, entorpecendo sua sensação por um momento ou você pode mudar seu curso (ao invés de empurrar para dentro e para fora durante o sexo, você pode deixar seu pênis dentro de seu parceiro e ir em círculos, o que pode ser um pouco menos estimulante). Saber qual é o seu “ponto de não retorno” é crucial para ganhar controle sobre a ejaculação.

2. Pratique Kegels para tentar atrasar o orgasmo. Os Kegels são úteis quando a ejaculação está próxima e podem ajudar a evitar a ejaculação. Apenas o Google “Kegel Exercises” para ver o que eles são. Eles ajudam a construir os músculos do seu assoalho pélvico para ajudá-lo a ter um melhor controle.

Em um estudo controlado em 2012 sobre a ejaculação precoce, homens que não podiam durar nem um minuto antes de ejacular completaram um curso de 12 semanas de exercícios do assoalho pélvico e aumentaram o tempo de resposta da ejaculação de 31,7 segundos para 146,2 segundos.

4. Tente fazer uso do “período refratário” após a ejaculação. Em quanto tempo você pode conseguir uma ereção após a ejaculação? Por quanto tempo você pode estimular a segunda ereção antes da ejaculação? Muitos homens experimentam menos sensibilidade durante a segunda ereção e muitas vezes um bom tratamento para a ejaculação precoce é fazer o homem ejacular uma vez (talvez durante a relação sexual) e então passar para agradar seu parceiro até que sua ereção retorne, então use essa segunda ereção para ter mais tempo sessão de intercurso. Embora alguns casais inicialmente queixem-se dessa idéia, ela funcionou muito bem para muitos casais.

5. Outra dica para tentar é usar mais lubrificante. Reduzir o atrito pode ajudá-lo a durar mais tempo.

6. Se você não tiver orgasmo dentro de 24 horas após ter tido relações sexuais com o seu parceiro, você será mais rápido. Homens que dominam pela manhã e depois mantêm relações com seus parceiros à noite tendem a ser capazes de durar mais tempo porque tiveram um orgasmo no mesmo dia. Você também pode masterbate à noite e fazer sexo pela manhã com o mesmo efeito.

7. Com quantas preliminares você está se envolvendo? Tente mais ou menos, ou diferentes tipos de preliminares. Tente mais ou menos foco no pênis para controlar o nível de estimulação. Se você está conseguindo um nível de estimulação de 8,5 antes de tentar penetrar, onde um nove é o ponto de inevitabilidade ejaculatória, penetre quando tiver seis ou sete anos. Nunca leve uma partida acesa para uma fábrica de dinamite. Às vezes, mais preliminares ajudam na ejaculação precoce porque permitem que o homem controle sua ansiedade e relaxe em vez de se apressar, o que poderia aumentar a ansiedade e levar à ejaculação precoce.

9. Usando o “Squeeze Technique.” Esta técnica é onde o homem está tendo relações sexuais e, em seguida, quando ele sente que está perto de liberar, puxa para fora e aperta a cabeça de seu pênis onde se junta ao eixo, produzindo uma sensação de parada “, Ajudando-o a ser capaz de entorpecer a sensação de querer o orgasmo. Quando ele sente que o” ponto sem sensação de retorno “entorpeceu ele então re-inserir e começar de novo tendo relações sexuais. Ele poderia usar a” técnica do aperto ” quantas vezes ele quisesse antes de finalmente se permitir o orgasmo.

10. Finalmente, examine a relação para lidar com a disfunção sexual. Veja como estamos nos comunicando sobre sexo e quais são nossas esperanças e metas para nosso relacionamento sexual.

Colágeno Em Pó para a pele: por que usufruir de seus benefícios

Colágeno Em Pó para a pele: por que usufruir de seus benefícios

Ele é responsável por garantir firmeza para pele, unhas, cabelos, cartilagem e tendões

Atualmente, muito se fala sobre a importância do consumo de colágeno, especialmente a partir dos 30 anos. Mas, você sabe exatamente o que é o colágeno e quais são suas funções? Quando e por que é indicada a suplementação?

Primeiramente, é preciso entender que o colágeno compõe a maioria dos tecidos e órgãos do corpo humano. Está presente na pele, cartilagens, ossos e tecido conjuntivo. Ou seja, é produzido naturalmente pelo corpo, mas também pode ser encontrado em alimentos como carne e gelatina, por exemplo, além de em cremes hidratantes e nos (hoje, famosos) suplementos alimentares (em cápsulas, em pó, entre outras formas).

Bruno Vargas, dermatologista graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e sócio-proprietário da Clínica Inovatto (em Belo Horizonte), ressalta que na pele, o colágeno é responsável por conferir resistência e firmeza.

“Com o envelhecimento, a pele vai perdendo a capacidade de sintetizar as fibras colágenas, o que leva à perda de sustentação do tecido e ao aspecto envelhecido da mesma. O processo do envelhecimento da pele é acelerado pela degradação do colágeno e pela ação direta da radiação ultravioleta do sol e das fontes artificiais”, explica o dermatologista.

Neste sentido, com o passar dos anos, torna-se importante a reposição de colágeno, tanto através de alimentos, como (em muitos casos) a partir de suplementos alimentares.

Leia também: 10 alimentos anti-idade que você deve incluir na sua dieta

Benefícios do colágeno
Lilian Silva de Andrade, nutricionista da Nutri Factory, destaca que o colágeno tem inúmeros benefícios, dentre eles: a função de contribuir com a resistência e estrutura para todo o organismo, além de proporcionar elasticidade aos tecidos, dando firmeza para pele, unhas, cabelos, cartilagem e tendões.

A nutricionista explica que, em cada parte do corpo, o colágeno irá atuar de uma maneira:

Nos ossos, permite a firmeza.
Nas articulações, ele atua como lubrificante dando a elasticidade articular.
Nos tendões, dá rigidez e força.
Atua no fortalecimento dos ossos, articulações, unhas e cabelos.
Atua na melhora da elasticidade da pele, contribuindo para a melhora da aparência da celulite.
Contribui ainda para a perda de peso, pois promove maior saciedade.
Por tudo isso, o colágeno é visto como um grande aliado da beleza, combatendo, inclusive, o envelhecimento precoce.

Quando a reposição de colágeno é indicada?

FOTO: GETTY IMAGES

É importante ressaltar que, a partir dos 30 anos de idade, ocorre uma redução gradual na produção de colágeno pelo corpo humano. “Nota-se que, a partir dessa idade, os músculos ficam mais flácidos, a densidade dos ossos é reduzida e as articulações e os ligamentos perdem elasticidade e força motora”, comenta Lilian.

Já aos 50 anos, a produção diminui drasticamente e chega apenas a 35% da sua produção total. “Vale destacar ainda que as mulheres sofrem um pouco mais com essa perda na produção de colágeno, devido à produção diminuída do hormônio estrogênio na menopausa. Então se faz necessária uma alimentação saudável com bastante fontes de proteínas, além de exercícios físicos e, muitas vezes, a suplementação, visando assim estimular a produção do colágeno no nosso corpo”, diz a nutricionista.

Leia também: 11 dicas simples para parecer mais jovem

O dermatologista Vargas destaca que não existe regra, mas, de um modo geral: pessoas que possuem uma alimentação deficitária do ponto de vista proteico, atletas e pessoas muito expostas a agentes que aceleram o processo de degradação das fibras colágenas (como o sol e o fumo) são beneficiadas com a suplementação do colágeno hidrolisado.

Alimentos que são fonte de colágeno
Mas, afinal, como contar com uma dieta que contribua para a reposição de colágeno?

Lilian explica que os alimentos mais ricos em colágeno são aqueles de origem animal, como carnes vermelhas ou brancas, e as gelatinas incolores (que possuem menos toxinas). Exemplos que a nutricionista destaca:

Carnes vermelhas;
Peixes;
Ovos;
Leites e derivados como iogurtes (de preferência os menos gordurosos);
Queijos brancos (cottage);
Frango sem a pele.
“Uma dica superimportante: o colágeno irá atuar de forma mais efetiva e eficaz quando associado a uma alimentação saudável, ou seja, é indispensável o consumo de alimentos que sejam ricos em vitaminas e minerais como vitamina C e vitamina E, cobre, selênio, zinco e silício”, acrescenta a nutricionista.

Como repor colágeno no caso de vegetarianos?

FOTO: GETTY IMAGES

No caso de pessoas vegetarianas, é extremamente importante realizar um acompanhamento com um profissional da saúde, para que uma dieta equilibrada e saudável seja prescrita. “Uma das formas mais eficazes para se obter o colágeno nesses casos é uma dieta rica em proteínas vegetais e alimentos fontes de vitamina C (que auxiliará na melhor absorção desses nutrientes)”, diz Lilian.

Leia também: 14 truques de beleza da vovó que ainda funcionam

As melhores fontes vegetais, de acordo com a nutricionista, são:

Cereais (milho, trigo, aveia, arroz, quinua etc.)
Leguminosas (lentilha, feijões, soja, grão de bico, ervilha etc.)
“O primeiro passo para uma boa produção de colágeno é manter uma alimentação bastante diversificada, rica em alimentos de fonte integral, selênio (castanha do Brasil), zinco (semente de girassol), vitamina C ( laranja, acerola) e vitamina E (amêndoas)”, acrescenta Lilian.

Suplementação com colágeno

FOTO: GETTY IMAGES

Atualmente, a suplementação de colágeno apresenta-se de várias formas: em pó, balas, chocolates, shakes, gelatinas, chás, iogurtes e cápsulas. “Vale lembrar que a forma mais eficaz e eficiente deve ser sempre orientada por um profissional habilitado, e respeitando sempre a necessidade de cada indivíduo”, diz Lilian.

“Estudos comprovam que a forma em pó hidrolisada é a mais eficaz (cerca de 90% é absorvida), isso facilita a manter uma pele firme, devido ao processo de hidrólise. Uma pequena quantidade do produto contém uma maior concentração de colágeno puro e ele será totalmente absorvido pelo organismo. Uma das formas menos eficientes é a gelatina, que contém baixa concentração de proteína, além disso, é rica em açúcares, corantes e aditivos químicos”, destaca a nutricionista.

Leia também: Skin renov bula

Quando o consumo é em cápsulas, segundo Lilian, recomenda-se tomar uma ou duas cápsulas por dia, juntamente com um copo de água.

Leia também: 24 receitas de suco verde para adicionar ao seu cardápio

Um detalhe é que: por mais que existam alguns cosméticos que contem com colágeno em suas formulações (ou seja, para uso tópico), são as versões orais as mais eficientes, por agirem de forma progressiva na camada mais profunda da pele.

Onde comprar colágeno
Abaixo você confere algumas apresentações do colágeno disponíveis para venda:

Vale destacar que, apesar de ser encontrado facilmente à venda, o ideal é utilizar a suplementação de colágeno seguindo as orientações de um profissional da saúde.

Leia também: comprar Colágeno em pó

Depoimentos de quem usa
Christianne Abila, 29 anos, jornalista, usa o colágeno hidrolisado em pó há cerca de 2 anos. “Minha nutricionista indicou na época e, desde então, não parei mais de tomar, porque acho que realmente dá resultado. Notei uma diminuição de celulite e melhora do aspecto da pele em geral. Tudo isso, é claro, porque associo o colágeno com uma boa alimentação e exercício físico”, diz.

Patrícia Vieira, 42 anos, funcionária pública, também usa o colágeno em pó há pelo menos 3 anos. “Sinto uma boa diferença na minha pele, muita gente me pergunta inclusive que tipo de tratamento faço porque, para minha idade, considero ter poucas rugas e uma pele no geral muito boa (risos)”, comenta.

“Costumo comprar o colágeno em pó sem sabor, em farmácia de manipulação mesmo, e aí o misturo em polpas de frutas (para suco) diariamente, prático e eficiente”, acrescenta Patrícia.

Contraindicações no uso de colágeno

FOTO: GETTY IMAGES

Por se tratar de um alimento natural, não há contraindicações para indivíduos saudáveis, de acordo com a nutricionista Lilian. “Orienta-se não ultrapassar a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que preconiza o consumo de 9g de colágeno por dia para indivíduos adultos”, diz.

O dermatologista Bruno Vargas destaca que, como no caso de qualquer outro alimento, o excesso não é bem-vindo. “Existe uma quantidade de aminoácidos necessária diariamente para a produção das proteínas (por exemplo, o colágeno) que o organismo necessita. O conselho é: use conforme a prescrição do seu médico, que saberá qual a quantidade ideal para o seu corpo (baseado no peso, atividade física etc.)”, ressalta.

Vale lembrar que, como o colágeno é uma proteína de origem animal, a contraindicação existe para pessoas vegetarianas ou que não possam consumir produtos de origem animal. Nesses casos, é muito importante realizar acompanhamento com um profissional da saúde, para que uma dieta equilibrada e saudável seja indicada.

ENTENDA AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE COLÁGENO TIPO I E II

ENTENDA AS PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE COLÁGENO TIPO I E II

Dores nas articulações como quadril, ombros e joelhos? Entenda as principais diferenças entre colágeno tipo I e II e como eles podem ajudar você a virar o jogo.

Quem pratica atividades físicas de impacto, sente dores ou desconfortos nas articulações (como joelho, quadril, mãos e ombros) e até mesmo quem se preocupa com o futuro e quer prevenir problemas articulares, já deve ter ouvido sobre a suplementação de colágeno.

Mas você sabe a diferença entre o colágeno tipo I e tipo II? Pra deixar a sua compreensão mais clara, separamos respostas resumidas para algumas perguntas frequentes sobre o assunto. Confira:

1) O que são articulações?

De forma geral, as articulações são constituídas pela cartilagem, líquido sinovial e uma cápsula que protege e reveste toda essa estrutura. A cartilagem presente na extremidade do osso irá funcionar como um amortecedor evitando o contato e atrito entre os ossos, sua constituição é feita principalmente de colágeno tipo 2 (cerca de 60%). E o líquido sinovial, inserido dentro da cápsula articular funcionará como um lubrificante para toda essa engrenagem funcionar.

2) Quais as principais doenças articulares?

As principais doenças relacionadas à degeneração das articulações são osteoartrite ou ostreoartrose e artrite reumatoide.

Leia também: Colágeno tipo 3 e 1

O que se observa em comum entre essas patologias são a presença de células inflamatórias que atacam a cartilagem das articulações, promovendo o desgaste. Não há equilíbrio e o corpo não consegue remodelar a cartilagem degradada gerando um processo de inchaço, dor, rigidez, inflamação local, redução da mobilidade e da qualidade de vida.

3) Quais os principais sintomas relacionados aos problemas articulares??

– Dor e rigidez
– Inchaço
– Ruído com o movimento articular ou estalos
– Diminuição da função da articulação

4) Quais as principais diferenças entre suplementar colágeno tipo I e II?

A forma de colágeno tipo I melhor absorvida pelo corpo são peptídeos bioativos de colágeno e possuem uma função nutricional, ou seja: é como se a molécula do colágeno fosse quebrada em pequenos fragmentos para ser facilmente absorvida pelo corpo e ajudar na formação do colágeno que compõe a cartilagem da articulação. Já o colágeno tipo II é a molécula na sua forma íntegra, extraída do esterno do frango que, quando em contato com o organismo, exerce uma ação anti-inflamatória reduzindo a inflamação articular e auxiliando no processo de recomposição da cartilagem. O colágeno tipo II é a principal proteína estrutural na cartilagem e é responsável pela sua resistência, tração e firmeza.

Leia também: Colágeno tipo 3 e 1

5) Já uso o Colágeno tipo I, devo utilizar também o colágeno tipo II?

O uso complementar do colágeno tipo I e II potencializa o resultado do tratamento, uma vez que estas substâncias agem através de mecanismos diferenciados (nutrição e redução da inflamação), o que otimiza muito o resultado clínico.

Os peptídeos bioativos de colágeno tipo I irão fornecer aminoácidos para a formação do colágeno no corpo, como pele e cartilagem articular. Estudos mostram que 30 minutos após ingestão os aminoácidos se deslocam principalmente para pele e articulações e, que após 6 horas 90% do que foi ingerido é absorvido e utilizado pelo corpo. Já o colágeno tipo II tem uma função especificamente articular, promovendo uma ação anti-inflamatória, reduzindo inflamação e degeneração articular.

6) Minhas articulações já têm problema e sinto muitas dores. Adianta eu começar a usar o produto agora? A resposta é sim! O uso de suplementação com colágeno vai auxiliar de duas maneiras:

Leia também: Skin renov é preço

1) reduzir o processo inflamatório e a dor;

2) retardar a progressão da doença e degeneração da cartilagem.

Tanto na osteoartrite como na artrite reumatoide, não há um tratamento farmacológico capaz de curar essas patologias e o manejo é feito apenas com medicamentos que aliviam a dor. Esses medicamentos mascaram (não tratam) a progressão da doença e geram diversos efeitos colaterais, como: úlcera gástrica, asma, rinite, complicações cardiovasculares entre outras.

7) Em quanto tempo de tratamento devo começar a perceber os resultados da suplementação de colágeno tipo I e II?

De maneira geral, os estudos apontam que a melhora nos sintomas da dor começam a ser observadas após 4 semanas de ingestão diária. O tratamento das doenças articulares deve ser feito a longo prazo.

8) Por que a mistura dos 2 tipos de colágeno pode trazer melhores resultados?

Porque eles agem em sinergia para a saúde articular. Enquanto os peptídeos bioativos de colágeno tipo I irão fornecer substrato, ou seja, aminoácidos para o corpo formar internamente o tecido cartilaginoso das articulações, o colágeno tipo II vai reduzir a inflamação e degradação do colágeno presente na articulação.

9) Quais os benefícios que um suplemento que contemple em sua composição colágeno tipo I e II pode trazer?

Melhora da mobilidade e flexibilidade das articulações;
Redução da inflamação;
Auxilia na manutenção da saúde articular;
Previne a lesão articular.

10) Qual a melhor hora para tomar o colágeno?

Estudos indicam que a melhor hora para consumo do colágeno é em jejum, ou 2h após qualquer refeição.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você. Em caso de dúvidas, procure um profissional da área da saúde.

11 Remédios para Dormir Mais Usados

11 Remédios para Dormir Mais Usados

Para que se tenha qualidade de vida, é importante ter uma alimentação saudável e também uma vida mais ativa com a prática de exercícios físicos. No entanto, estes não são os únicos fatores que impactam nossa saúde. A redução do estresse e a qualidade do sono também podem gerar muitos benefícios.

Com o excesso de tarefas diárias e o aumento do estresse, as pessoas estão cada vez com menos tempo para descansarem de forma adequada e, com isto, os índices de problemas relacionados ao sono só aumentam a cada ano. Muitas vezes, quando as técnicas mais tradicionais e mais naturais não funcionam, a utilização de remédios para dormir é necessária, de acordo com cada caso.

Vamos conhecer abaixo os remédios para dormir mais usados e saber mais informações sobre os suplementos e as soluções naturais para conseguir dormir mais e melhor. Remédio para insônia

Qual a importância do sono para a saúde?
O sono é fundamental para manter o adequado funcionamento do organismo, pois durante o período em que dormimos, o corpo realiza diversas funções metabólicas que promovem a manutenção do organismo. Ele é uma necessidade fisiológica do corpo, essencial para o descanso físico e mental, tendo importância fundamental no funcionamento do metabolismo e principalmente do cérebro.

Dormir bem ajuda na melhoria das funções cognitivas, entre elas a memória, a concentração e o foco. Além disso, durante o período de sono, o corpo atua melhorando o sistema imunológico para combater e prevenir doenças, ajudando a preservar o organismo, evitando o envelhecimento precoce, liberando substâncias que fazem o controle do apetite e também reduzindo os hormônios do estresse, entre muitas outras funções.

Durante as fases mais profundas do sono, o metabolismo libera algumas substâncias que estimulam a regulação da saúde e do sistema nervoso, tais como o hormônio de crescimento, que influencia no desenvolvimento da massa muscular, e a leptina, que é fundamental para evitar o acúmulo de gordura e ajudar no controle do apetite. Dormir é muito importante para manter a saúde do nosso corpo e manter as funções do metabolismo de forma adequada.

Cada pessoa precisa de determinada quantidade sono, dependendo do chamado relógio biológico. Recomenda-se, para a maioria das pessoas, uma média de oito horas de sono por noite para atingir uma boa qualidade de sono. No entanto, algumas pessoas podem atingir este nível de qualidade com menos horas de sono ou até mesmo precisem de mais horas para se sentirem plenamente descansadas.

Além da quantidade de horas, outra questão que envolve o relógio biológico está relacionada aos horários em que cada pessoa se sente mais produtiva e com mais energia. Alguns se sentem muito bem nos períodos da manhã e da tarde, sentindo-se mais cansadas à noite. Outras podem inverter este ritmo e terem mais disposição no período da manhã e da noite, sentindo-se mais cansadas à tarde.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Relógio Biológico – O Que é, Como Funciona, Sono, Gravidez, Envelhecimento e Dicas
Experimento Mostra a Diferença que 2 Horas de Sono Fazem
Dormir Num Quarto Frio É Melhor para sua Saúde, Diz a Ciência
O Que Tomar à Noite para Ter um Melhor Sono e Emagrecer
Infelizmente, dormir mal pode causar diversos problemas de saúde e trazer muitas dificuldades para o dia a dia das pessoas, aumentando o cansaço físico e mental, atrapalhando a produtividade e gerando, no médio e longo prazo, problemas de saúde, fazendo com que algumas pessoas busquem alguns remédios para dormir. Veja, a seguir, alguns dos problemas provocados pela baixa qualidade de sono:

– Obesidade e excesso de peso

Muitos estudos mostram uma relação bem próxima entre a os problemas de sono e o excesso de peso. Sabe-se que durante a fase mais profunda do sono, o corpo promove a liberação e a regulação do hormônio leptina, que é responsável pelo controle do apetite e da saciedade no metabolismo. Portanto, dormir mal ou pouco prejudica o controle natural sobre a fome, provocando um aumento da ingestão diária de calorias e, como consequência, promovendo o ganho de peso.

– Dificuldade de concentração e foco

Dormir mal pode prejudicar as funções cerebrais, atrapalhando a produção dos neurotransmissores responsáveis pela boa memória e pelas habilidades de concentração e foco. Este é, inclusive, um dos primeiros sintomas da privação de sono, sendo um indicativo de que a pessoa não está dormindo o suficiente ou não está conseguindo ter o descanso completo e necessário.

– Aumento dos índices de estresse, ansiedade e depressão

O sono é fundamental para manter as atividades metabólicas do organismo, incluindo a produção de substâncias essenciais para aumentar o bem-estar físico e mental, como a serotonina e a endorfina.

Diversos estudos mostram que dormir mal pode aumentar os índices de estresse, ansiedade e gerar quadros de depressão. Em função disso, muitas pessoas buscam remédios para dormir profundamente para conseguirem trabalhar de forma adequada e terem uma vida normal.

– Causa problemas com o metabolismo da glicose

Alguns estudos demonstram que a privação de sono pode ter efeitos adversos na regulação de glicose, implicando também no descontrole da liberação do hormônio insulina na corrente sanguínea, que é responsável pelo transporte da glicose para dentro das células. Quando o corpo libera mais insulina, ocorre uma redução rápida dos níveis de glicemia, aumentando a sensação de fome.

Este problema pode gerar um aumento da ingestão de açúcar e alimentos contendo carboidratos refinados e, como consequência, ocorre um aumento da quantidade de calorias, provocando o aumento de peso corporal. Outra questão importante é que no médio e longo prazo, o problema gerado no metabolismo da glicose pode causar o desenvolvimento da diabetes.

Quais os remédios para dormir mais usados?
De acordo com uma pesquisa do IBGE, estima-se que mais de 11 milhões de brasileiros utilizam remédios para dormir rápido. Estes números só aumentam a cada ano em função do aumento do estresse e da redução da qualidade de vida. Existem muitas formas de tratamentos naturais, mas boa parte das pessoas opta por utilizar um medicamento.

É sempre importante que se busque a orientação de um profissional da saúde antes da utilização de qualquer remédio para dormir, pois estes são medicamentos controlados e que podem trazer efeitos colaterais aos pacientes, causando também dependência química. Alguns dos tipos e nomes de remédios para dormir mais utilizados do mercado são:

Benzodiazepínicos sedativos hipnóticos: Este é o tipo de remédio para dormir mais comum, podendo também ser utilizado no tratamento para ansiedade, além do tratamento para insônia. Entre eles, estão o frontal (alprazolam), o rivotril (clonazepam), o lexotan (bromazepam), lorax (lorazepam).
Não benzodiazepínicos sedativos hipnóticos: De forma geral, este grupo de remédios para dormir causa menos efeitos colaterais e também menor dependência. Apesar disso, estes não são recomendados para todos os pacientes. Neste grupo está o buspar (buspirona).
Remédios antidepressivos para dormir: Este grupo também é bastante utilizado para aliviar os sintomas da insônia. Apesar de gerar uma sensação de calma e bem-estar, eles são indicados mais para os quadros de depressão. Neste grupo estão o prozac (fluoxetina).
Agonista do receptor de melatonina: Apesar de não serem muito usados no Brasil, este grupo de remédios para dormir atua imitando o hormônio que regula o sono, a melatonina, agindo diretamente na área responsável pelo sono no cérebro.
Quais são os tratamentos e soluções naturais para dormir melhor?
Apesar de muitas pessoas optarem por usar remédios para dormir rápido, existem diversos tratamentos naturais para auxiliar no combate à insônia e que podem trazer melhorias consideráveis no bem-estar físico e mental.

1. Suplemento de melatonina

Os suplementos de melatonina frequentemente são usados para tratar problemas de sono (insônia).

Na maioria dos casos, os suplementos de melatonina são seguros em baixas doses para uso a curto e longo prazos. Mas é recomendado que converse com seu médico sobre a melhor forma de fazer uso do suplemento no seu caso. Crianças e mulheres grávidas ou lactantes não devem tomar melatonina sem falar primeiro com um médico.

A melatonina pode causar efeitos colaterais, mas eles geralmente desaparecem quando você para de tomar o suplemento. Os efeitos colaterais podem incluir:

Sonolência.
Temperatura corporal mais baixa.
Sonhos vívidos.
Sonolência pela manhã.
Pequenas mudanças na pressão sanguínea.
Se a melatonina faz você se sentir sonolento, não conduza ou use máquinas quando estiver tomando.

Em adultos, a melatonina é administrada em doses de 0,2 mg a 20,0 mg, com base no motivo do seu uso. A dose certa varia muito de uma pessoa para outra. Fale com o seu médico para saber a dose certa e para descobrir se a melatonina é ideal para você.

2. Suplemento de valeriana

Valeriana é possivelmente a erva mais famosa para ajudar nos problemas de insônia. Muitas pessoas que não desejam utilizar remédios para dormir profundamente fazem uso da valeria. Existem muito estudos que mostram os resultados positivos da erva. Mas o nível do efeito pode variar conforme o organismo.

A valeriana parece agir como um sedativo no sistema nervoso. Alguns estudos mostraram que pode ser preciso fazer uso continuado, ao longo de vários dias ou semanas, até que os resultados satisfatórios sejam alcançados.

3. Suplemento de passiflora

Passiflora é uma erva com efeito sedativo. É muito usada como calmante e também para ajudar a dormir. Pessoas relatam que em geral tem um efeito mais leve do que a Valeriana, mas pode ser justamente o que você busca. Alguns médicos receitam o uso da Valeriana em conjunto com a Passiflora, mas é recomendado que você consulte o seu para saber o que é mais indicado para você.

4. Meditação

Diversos estudos mostram que a meditação ajuda a melhorar o sono, reduzindo os níveis hormonais relacionados ao estresse e também promovendo o controle da respiração. O hábito de meditar também melhora as funções cognitivas, estimulando a concentração, o foco e o relaxamento da mente e do corpo. Busque um profissional que possa lhe orientar na prática da meditação.

5. Aromaterapia

Existem diversos óleos essenciais que possuem aromas que podem ser utilizados para o tratamento de muitos problemas. Muitos estudos mostram que o óleo essencial de lavanda pode estimular o aumento do tempo de sono, promovendo o sono mais profundo. Utilize um sachê de lavanda sob o travesseiro ou coloque duas gotas do óleo no lençol. Você pode utilizar o óleo de lavanda também para um banho.

6. Acupuntura

Um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh verificou que a acupuntura pode ser um tratamento bastante eficaz para a insônia, mostrando que em cinco semanas a secreção de melatonina durante o sono aumentou de forma significativa, melhorando bastante a qualidade e o tempo total do sono.

7. Alimentação saudável

Existem diversos alimentos que podem auxiliar na redução dos sintomas da insônia, principalmente os alimentos contendo triptofano, que é um aminoácido precursor da serotonina, que é convertida em melatonina posteriormente. Alimentos ricos em carboidratos integrais e em vitamina B6 são ótimas fontes de triptofano, tais como os grãos, a banana, o iogurte, entre outros.

O magnésio também é um mineral que possui propriedades naturais como sedativo. Os alimentos ricos em magnésio são as leguminosas e as sementes, vegetais de folhas verdes escuras, grãos integrais, entre outros.

Conclusão
Os problemas relacionados ao sono estão crescendo a cada ano em função do aumento dos níveis de estresse e da redução da qualidade de vida. Muitas pessoas optam por utilizar um remédio para dormir rápido e buscam um alívio para os sintomas causados pela baixa qualidade do sono. Sempre busque a orientação de profissional da saúde antes de utilizar qualquer tipo de medicamento.

Leia mais https://www.mundoboaforma.com.br/11-remedios-para-dormir-mais-usados/#1qw1qVpGGq1B04XQ.99

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos

Saiba como tirar proveito dos inúmeros benefícios dessa substância

O sucesso do colágeno hidrolisado não é de hoje. Há pelo menos três anos ele conquistou o público feminino com a promessa de firmar a pele e amenizar a fome. De lá para cá, a procura por essa substância – até então encontrada apenas em cápsula, sachê e bala manipulada -, triplicou. E, para acompanhar a demanda, as opções de produtos prontos com colágeno hidrolisado também aumentaram bastante. É só dar uma olhada na prateleira das farmácias e supermercados: além de balas e bombons de diferentes formatos, ele pode ser encontrado em águas aromatizadas, barrinha de cereais e até granola.

E as mulheres, claro, são as maiores consumidoras. Mas será que funciona mesmo? Ainda há poucas pesquisas científicas sobre o assunto, mas a maioria delas afirma que, sim, o colágeno ajuda a combater os quilinhos extras e a adiar o envelhecimento precoce.

O segredo dessa substância está no fato de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma de suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele. Cabelo, unhas, ossos e cartilagens (tecidos que amortecem as articulações) também são beneficiados. Ou seja, ela garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito por fora.

Confira também: Quer reforçar seu colágeno? Vá de chá de hibisco e vitamina C

Porém, pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação balanceada, há uma perda anual em torno de 1%. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média. “O que as mulheres mais sentem é a redução da elasticidade e a hidratação da pele”, alerta a nutricionista Tatiana Pimentel, de Santos (SP). Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo. É por isso que muitos nutricionistas, nutrólogos e dermatologistas consideram a suplementação com o colágeno hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50.

O melhor Colágeno hidrolisado na dose certa
Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno presente nos suplementos deve ser hidrolisado – ou seja, passar pelo processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo. Nesse formato, ele é considerado alimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, você pode comprá-lo sem prescrição médica.

Mas, para obter os efeitos esperados, precisa acertar na dose. Em uma avaliação da Clínica Medcin Instituto da Pele, em São Paulo, os pesquisadores observaram que o consumo de 5 gramas de colágeno por dia, durante seis meses, foi capaz de melhorar a pele das pacientes entre 35 e 60 anos. Houve um aumento de 5,5% na firmeza e 10% na elasticidade. Mas a maioria dos especialistas recomenda uma dose um pouco maior: de 8 a 10 gramas de colágeno por dia.

Amigo da perda de peso
Quem está na faixa dos 20 pode ficar tranquila: ainda não é hora de aderir a doses extras dessa proteína. Uma dieta caprichada em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente.

Agora, se você vive estressada, fuma, abusa do sol e dos doces, ele começa a falhar mais cedo. Resultado: “A elasticidade da pele fica comprometida, surgindo flacidez e até estrias”, diz a dermatologista Carmem Durazzo, da Clínica Cliniderm, em São Paulo. E, sozinha, a dieta pode não dar conta. A suplementação pode ser indicada antes dos 30 anos para auxiliar na perda de peso, pois ameniza e adia a fome.

E mais: Colágeno: por que o suplemento é bom para a saúde e ajuda no esporte

“Diluído na água ou no suco, o colágeno em pó preenche o estômago rapidamente e faz com que o processo de esvaziamento aconteça mais devagar, prolongando a sensação de saciedade”, explica a nutricionista Sheila Mustafá, da Clínica Sheila Mustafá Nutrição e Estética, em São Paulo. Com isso, você consome menos calorias e emagrece e, ainda, diminui o risco de ficar flácida.

“O colágeno ajuda a manter a pele hidratada, melhorando a qualidade das fibras de sustentação”, complementa Sheila. Se você tiver oportunidade, consulte um profissional que possa prescrever o suplemento de acordo com suas necessidades. O resultado, com certeza, vai ser ainda melhor!

Dieta com colágeno
O suplemento não diminui a importância de uma dieta rica em alimentos que estimulam a produção de colágeno no organismo. Essa lista inclui carne magra, frango, peixe e ovo (especialmente a clara). Invista também em legumes, verduras, frutas e castanhas. “Eles têm os nutrientes (vitaminas A, C e E, selênio e zinco) que garantem a absorção do colágeno”, avisa o nutrólogo Mohamad Barakat, de São Paulo.

E a gelatina de caixinha? A proteína usada na composição não é hidrolisada (ou seja, é difícil de ser absorvida). Mas não deixa de ser uma boa opção de sobremesa leve. Apenas tenha o cuidado de escolher um tipo sem corantes artificiais, pois são substâncias que prejudicam a pele.

Bom para quem malha
Se você malha, tem mais um bom motivo para adotar o suplemento: ele é aliado das articulações. Em 2006, durante o encontro do American College of Sports Medicine, em Indianápolis, nos Estados Unidos, a apresentação de um estudo alemão com 100 atletas, de 15 a 80 anos, mostrou que o consumo de colágeno hidrolisado traz uma melhora importante nas articulações. Após 12 semanas consumindo 10 gramas do suplemento por dia, 79% dos participantes apresentaram maior mobilidade dos joelhos e dos quadris. A maioria relatou menos dor nessas articulações ao realizar exercícios de esforço e ao subir escada. Uma parte dos atletas também teve menos desconforto nos ombros.

Diferentes formas do suplemento
Sachê: é a versão mais indicada para diminuir a fome e prolongar a saciedade. O conteúdo de um sachê costuma ter o colágeno hidrolisado na dose diária recomendada – ou seja, de 8 a 10 gramas. Há ainda a opção de você mandar manipular o pó, que pode ser diluído na água, no suco ou no iogurte.

Cápsula: atende a quem não gosta do sabor adocicado do pó. Mas, para atingir a dose diária, você tem de consumir de 10 a 12 cápsulas por dia. E não traz a mesma saciedade da primeira versão.

Água aromatizada: algumas marcas concentram na garrafinha, geralmente entre 300 e 360 mililitros, a dose diária recomendada de 10 gramas de colágeno.

Leia também: Skin renov é bom

Bala: essa opção costuma oferecer em torno de 1,5 grama de colágeno por unidade. É bem pouco, mas vale para complementar o consumo diário da proteína. A bala também tem a vantagem de estimular a mastigação, além de enganar a vontade de comer um docinho.

Bombom: assim como a bala, tem pouco colágeno. Consuma-o como opção de um docinho que traz um benefício extra.

Granola, barra de cereais & cia.: optar por esses produtos também ajuda a complementar a dose diária de colágeno. Mas cuidado com os produtos carregados de açúcar e corantes – substâncias com fama de prejudicar a qualidade da pele.

Nas prateleiras
1. Gelamin Beauté, Advanced Nutrition


(Divulgação/Divulgação)

Colágeno hidrolisado em pó. O sachê (10 g) oferece 8 g da proteína, além de vitaminas D e E, biotina, cobre, selênio, zinco e manganês. Nos sabores laranja, tangerina e limão. R$ 76,49 na Centauro.

2. Colágeno, Sunnutrition


(Divulgação/Divulgação)

Cápsula com 650 mg de colágeno hidrolisado. O fabricante sugere duas unidades, quatro vezes ao dia. Pote com 120 cápsulas. R$ R$ 38,68 na Onofre.

3. Gelavita, Sanavita


(Divulgação/Divulgação)

Primeira gelatina de colágeno hidrolisado do mercado. Uma colher de sopa (10 g, a porção para o preparo de uma tacinha), contém 4,5 da proteína. Os corantes e aromatizantes são naturais. Nos sabores frutas amarelas e frutas vermelhas. O pote de 200 g rende 20 porções. A marca recomenda o consumo de duas porções ao dia. R$ R$ 46,71 à vista no site 4fitclub.

TESTANDO O CLAREADOR DENTAL Whitemax

Eu testei: clareador dental Whitemax

Já imaginou poder clarear seus dentes em apenas alguns minutos, em casa e usando carvão ativado?? Pois é, eu também não!

Mas tudo mudou quando recebi esse potinho preto aqui em casa. Esse é o Whitemax funciona, um clareador de dentes 100% natural, vegano e cruelty free. Fiquei tão curiosa com ele que corri pra testar e claro, registrei tudo em vídeo pro canal!

Foram duas semanas usando o produto (quase que) diariamente e olha, já posso dizer que estou amando cada dia mais! Infelizmente senti que a câmera não captou 100% as cores dos meus dentes, nem antes e nem depois do uso, mas ainda assim, dá pra perceber a diferença.

Se você se interessou e quiser saber mais sobre o Whitemax, é só visitar o site deles e também seguir no instagram, por lá tem muitos outros relatos de pessoas reais que usam e recomendam o produto. Ah, duas dicas legais: o site oferece frete grátis e entrega para qualquer lugar do mundo e se você se cadastrar na newsletter deles, ainda recebe um cupom com 20% de desconto ?

Mal posso esperar para ver os resultados que terei daqui alguns meses, será que meus dentes ficarão ainda mais brancos? Me acompanha pelo instagram que vou contando tudo por lá

Se você quer ver mais conteúdos assim por aqui, clique em gostei no vídeo e também em amei aqui embaixo nesse post ? O que você achou da ideia do Whitemax, usaria? Me conta nos comentários!

Woman Sek – Funciona mesmo? Qual o Preço? Veja AQUI!

Woman Sek – Funciona mesmo? Qual o Preço? Veja AQUI!

Emagrecer se dúvidas é uma das coisas que as pessoas mais querem, e isso é um fator que pode ser conseguido com muita facilidade com o uso do Woman Sek funciona. Porque sem dúvidas a maneira mais segura e rápida de emagrecer é com nos medicamentos para isso.

Não é necessário que perca o seu tempo tendo que ir até as academias, nem mesmo seu dinheiro, especialmente com as dietas, que podem acabar fazendo muito mal, por conta de que algumas pessoas chegam a ficar doentes por passarem fome.

Saber Mais!
São muitas as pessoas, especialmente as mulheres que acabam fazendo muitos tipos de tratamentos para poderem emagrecer, entre eles os mais feitos são as cirurgias bariátricas. Que servem especialmente para fazer com que as pessoas acabem com as suas gorduras.

É importante que saibam que estes tipos de tratamentos podem, acabar fazendo com que as pessoas possam acabar sentindo dores, e até mesmo gastam muito dinheiro com estes tratamentos, fazendo com que eles possam acabar sendo um pouco perigosos.
[NAME NOME=SUPER]O QUE É Woman Sek?
Atualmente enviado para o mercado, o Woman Sek já está fazendo uma grande fama em todo o mundo, e isso acaba fazendo com que as pessoas comecem a conhecer mais sobre ele e comecem a comprar para saber se tudo o que dizem sobre ele realmente é verdade.

Leia também: Kifina Anvisa

Ele é um suplemento alimentar feito com ingredientes naturais, ou seja, ele é um medicamento 100% seguro, e pode ser usado por qualquer pessoa que tenha o interesse de fazer o seu uso sem que tenha medo de qualquer tipo de complicação que possa ter.

Um de seus principais ingredientes é a cafeína, que pode ser encontrada em grande concentração dentro de sua fórmula, e isso faz com que ele acabe sendo um medicamento com efeitos termogênicos, sendo ótimo para emagrecer.

Para poder saber um pouco mais sobre ele, como, funciona, para que serve e muito mais, continue acompanhando o nosso post e nele tire todas as suas dúvidas. Mas caso possa vir a restar alguma, deixe nos comentários e a tiraremos para você.

Leia também: Phytophen funciona

PARA QUE SERVE Woman Sek?
Muitas pessoas não sabem exatamente para o que ele funciona, mas na verdade é muito simples, ele não passa de um simples suplemento alimentar que serve para fazer com que as pessoas passem a sentir menos fome, fazendo assim com que comam menos.

Dessa forma, isso acaba fazendo com que elas possam emagrecer bem rapidamente, mas o mais importante é que ele faz tudo isso sem dar a esta pessoa nenhum tipo de efeito colateral nem mesmo algum tipo de reação alérgica.

De inicio ele era apenas feito para poder ajudar as pessoas que sofriam de problemas de ansiedade, que como já sabem, quando alguém está ansioso ela acaba fazendo algo para se controlarem, mas na verdade a maioria dessas pessoas optam por comer, e muito.

Saber Mais!
Mas com este seu efeito ele acaba fornecendo um poderoso efeito emagrecedor nas pessoas, que acaba fazendo com que elas possam perder até 8 quilos em apenas 2 meses fazendo o seu uso. E isso é uma coisa maravilhosa.

BENEFÍCIOS
Na verdade este é um medicamento que assim como qualquer outro, ele possui as suas vantagens, e serve para que sua fama se estenda cada vez mais, e dessa maneira as pessoas passem a o comprar mais, sabendo de todos os seus resultados.

Na verdade ele é um suplemento alimentar que vem com uma grande série de benefícios, e para todas as pessoas que fazem o seu uso, ele fornece isso de forma bem rápida, fazendo assim com que as pessoas se sintam bem melhor ao fazer o seu uso.

Caso ainda não tenha noção de quais são todos estes seus benefícios, os confira loo abaixo com muita atenção.

Emagrecer rápido;
Sem efeitos colaterais;
100% natural.
E alguns outros mais que são alegados por todos os usuários do Woman Sek.

[NAME NOME=GOJI]GOJI DIET
O Goji Diet é um suplemento com baico teor de calorias, rico em antioxidantes, e contém uma variedade de vitaminas essenciais, minerais e nutrientes que podem promover a saúde e nutrição adequada, potencializando o processo de emagrecimento.

Saber Mais!
Rico em fibras o Goji Berry emagrece, pois proporciona saciedade por um longo período. Sendo um excelente aliado de dietas, evitando consumo excessivo de alimentos, equilibrando e respeitando suas refeições diárias de 3 em 3 horas.

PARA QUE SERVE?
Ele serve para nada mais, nada menos do que ajudar as pessoas a terem uma perda de peso, que apenas se deve ao fato de que ele possui um nível de glicêmia muito baixa, bom, pelo menos se for levada em consideração à outras frutas como por exemplo como a maçã e melancia.

Apesar de não parecer, o índice glicêmico é o principal responsável por determinar qual a velocidade com que o alimento irá levar para que consiga se converter em glicose, ou também a açúcar no sangue.

Mesmo não sendo diabético, você deve comer alimentos com baixo índice glicêmico, de maneira a diminuir o desejo de consumir calorias, de forma a evitar o ganho de quilos

BENEFÍCIOS
Ao comprar o seu poderá ter acesso a todos os benefícios que ele promete te fornecer, pode ter a total certeza de que ele funciona sim e é capaz de te dar todos estes benefícios em apenas alguns dias fazendo o seu uso de forma correta como o indicado.

Acompanhe agora então apenas alguns de seus benefícios:

Reduz o seu apetite;
Combate a celulite;
Acelera o metabolismo para queimar gordura;
Reduz a gordura abdominal;
Controla a ansiedade;
Desintoxica o organismo.
Não sendo eles os únicos, mas sim os mais importantes e os que mais necessitam de atenção das pessoas, sendo os que mais podem ser notados pelas pessoas que começam a fazer o seu uso. Faça seu uso também e faça parte desses beneficiados.

[NAME NOME=DEPOIMENTOS]DEPOIMENTOS
Ainda não está satisfeito? Quer saber ainda mais sobre ele? Então não perca mais tempo e tenha acesso a um pouco mais dos depoimentos das pessoas que o usaram, e ele funciona assim como os depoimentos que foram colocados mais acima.

Assim também como os anteriores, você pode ter acesso a todos eles apenas entrando em seu site oficial que é o “www.gojidiet.com.br”. Lá você poderá ter acesso a todos estes depoimentos e muitos outros, basta acessar e conferir estes e muito mais.

Paula Carvalho, 41 anos – Valinhos, SP
Não faz muito tempo que parei de usar, na verdade fazem cerca de 2 meses, mas tenho que afirmar que eu estou totalmente maravilhada com o que ele me proporcionou. Devo admitir que fiquei com um pouco de medo de acabar tendo o efeito sanfona ao parar, mas por sorte não aconteceu nada, apenas faço atividades físicas diárias para manter meu físico 10 quilos a menos.

Gabriela Padilha, 25 anos – Ourinhos, SP
Acabei ganhando alguns quilinhos durante a gravidez, que para ser mais exato foram 10 quilos, e que infelizmente não consegui perder depois que tive minha filha. Estava engordando cada vez mais, pois tinha muita fome, e não era fácil de controlar ela. Então busquei saber mais sobre remédios que me ajudassem a emagrecer,e foi ai que conheci o Goji Diet, comecei a usar e hoje em dia eu estou mais magra do que era antes de engravidar.

O que achou? Agora está convencido de que ele realmente funciona muito bem? Não perca mais tempo então e de um jeito de conseguir o seu agora mesmo o seu. Para que também possa ver se realmente é tudo isso o que dizem.

A partir do momento em que comprar o seu, será possível que possa dar seu depoimento também. Você pode acessar o seu site e dar todas as informações que desejar, dando todos os detalhes de todo o seu processo de trata,mento e expondo suas experiências.
Se estiver em busca de um rápido tratamento, eficiente e livre de qualquer tipo de risco, sem dúvidas o mais indicado é que opte entre o Woman Sek e o Goji Diet. Sendo também as opções mais saudáveis para que possa emagrecer com saúde.

Claramente não é possível que faça o uso desses dois ao mesmo tempo, é preciso que tenha que escolher apenas um deles, e assim como vocês, eu também sei que esta é uma tarefa não muito fácil, até mesmo porque estes dois são muito bons em cumprir suas funções.

Como nosso dever é dar a você apenas a melhor das opções, devemos indicar que experimente o Goji Diet, que é o meio mais rápido de conseguir alcançar os seus objetivos, mas também é uma grande opção para ter benefícios maravilhosos.

Resenha: Lift Gold Serum

Resenha: Lift Gold Serum

Uma das coisas que mais me impressionou durante a semana de moda foi esse produto de hoje! O Lift Gold Serum…

Uma das coisas que mais me impressionou durante a semana de moda foi esse produto de hoje! O Lift Gold Serum foi lançado e já está fazendo muito sucesso, pois funciona magicamente definindo a juventude da pele reduzindo o aspecto de cansado e eliminando as rugas, linhas de expressão e bolsas abaixo dos olhos completa e instantaneamente.

A P L I CA Ç Ã O: Basta aplicas em pontos estratégicos do rosto dando leves batidinhas e com a pele totalmente seca, por 5 minutos tente ficar sem forçar suas expressões faciais.O efeito é imediato!
D Ú V I D A S:
Posso aplicar maquiagem por cima do produto? R.: É recomendável que não, principalmente produtos que possuam óleo ou água na composição
O produto funciona como um tratamento? R.: Não, é claro que tem ativos que ajudam a melhorar a pele, mas esse não é o objetivo principal.

Leia também: Skin renov funciona
O produto deixa a pele oleosa? R.: Muito pelo contrário! É até importante que sua pele esteja bem hidratada para não ressecar.
Quanto tempo o efeito do produto dura? R.: Pode durar até 8 horas.
Tem alguma outra dúvida? Me deixe nos comentários que eu responderei com certeza!

Assistam o vídeo da Lift Gold funciona pra vocês verem a nítida diferença de com e sem o produto em peles mais maduras.
Então, o que acharam desse produto? Ficaram curiosas pra testar? Tenho certeza que qualquer mamãe e vovó iriam amar ganhar esse quit com 20 aplicações, porque eu juro, o produto funcionou até na minha pele então imagina na delas!

RESENHA Whitemax – CLAREADOR DENTAL NATURAL

RESENHA Whitemax – CLAREADOR DENTAL NATURAL

Olá amores, tudo bem com vocês?
Espero de coração que esteja tudo ótimo!

Hoje vim trazer uma resenha super pedida por vocês no meu Instagram.
Confesso que eu também estava louca para testar e que essa foi uma super parceria porque eu amei os resultados de verdade.

Primeiramente vamos lá, vou explicar o que é a Whitemax:

Whitemax é um Clareador dental 100% natural, a base de carvão ativado da casca do coco.

Quais são os benefícios de usar Whitemax funciona?

♥ Clareia o sorriso;
♥ Promove gengivas saudáveis;
♥ Detoxifica a boca;
♥ Elimina o mau hálito;
♥ Remove placas bacterianas;
♥ Protege o esmalte;
♥ É 100% natural;e
♥ Contém o pó super fino que não agride os dentes.

Agora a pergunta: Qual a composição, já que é 100% natural?
Quais os ingredientes e como funcionam?

Então vamos lá:

1- Carvão ativado da casca do coco: Segundo a marca, é um carvão especificamente para uso medicinal. Onde passa por um processo de aquecimento na presença de certos gases, procedimento do qual o torna extremamente poroso, e devido a essa porosidade, isso faz com que o pó se ligue as impurezas absorvendo cerca de 200 vezes o seu próprio peso em substâncias nocivas. O carvão ativado da casca de coco é extremamente suave e seguro pois através de sua textura finíssima não apresenta riscos ou danos a gengiva ou aos dentes. E o resultado se dá através de um produto totalmente adsorvente, do qual funciona como um potente adesivo que captura e remove os responsáveis pelas manchas no esmalte dos dentes como certos alimentos, placas bacterianas, café, chá, vinhos entre outros.

2- Argila Kaolin: (Confesso que ainda não conhecia essa argila, entretanto ela tem grande impacto na fórmula). Ela é purificada e refinada o que a torna um agente de limpeza e polimento seguro e eficaz. Após removida as impurezas da argila, ela é tratada termicamente através de altas temperaturas, o que provocará a desidratação térmica de suas partículas em forma de plaquetas e assim agem na limpeza e polimento do esmalte dos dentes. Devido a seu pH de 9,8 a argila alcaliniza a boca, dificultando a proliferação de cáries e ainda contribui para remineralização dos dentes.

3- Óleo essencial de laranja: Através de suas propriedades Antissépticas, anti-inflamatórias e antimicrobianas, ainda propicia alívio á inflamações, elimina as toxinas da boca e inibe o crescimento de bactérias indesejáveis.

E como seria o tratamento?

É bem simples, você fará o clareamento durante 14 dias, através da escovação, sendo 2x por dia. Eu deixo para fazer após as refeições mais pesadas. (Almoço e janta).

Modo de usar:
Não tem segredo: A escova deverá ser umedecida, e tome cuidado para retirar o excesso de água. Cuidadosamente, apanhe um pouco do produto com as cerdas da escova de dentes (Você receberá uma no seu kit, não se preocupe que não manchará sua escovas de dentes). O tempo da escovação, deverá ser de 2 a 5 minutos, escovando sempre em movimentos circulares. Após o tempo indicado, enxague e faça sua escovação com pasta ou creme dental para finalizar.

Minhas considerações /Testemunho:

☺ Realmente meus dentes clarearam de verdade;
☺Os dentes ficam com uma aparência maravilhosa, dando a impressão que sempre acabei de sair do dentista.
☺Não tive problemas com minha gengiva, e olhem que a minha é super sensível, sangra por qualquer coisa, notei que durante o tratamento ela ficou mais forte e depois do tratamento foi visivelmente sua melhora.
☺Sobre remover as manchas: Super funciona de verdade, eu estava com uma manchinha na resina do meu dente e logo nas primeiras escovações do clareamento já sumiu.
☺Ele não tem gosto. Isso na minha opinião é muito importante.

Vejam o meu antes e depois:

Viram a diferença?

O Clareamento é bem natural e gradual, após os 14 dias você pode continuar usando toda vez que achar necessário fazer a manutenção, e o melhor:
Sem sair de casa!

Agora aquele conselho de amiga: Indico para todos, vocês vão amar!!
Super vale a pena. Os resultados são eficazes e sua boca vai te agradecer pelos cuidados.

E caso queiram garantir o clareamento de vocês, comprem o produto aqui

Agora se você é daqueles que preferem assistir ao ler, assista o vídeo abaixo:

Espero que tenham gostado da resenha.

Grande beijo.

Fiquem com Deus e até a próxima!

TRATAMENTO PARA IMPOTÊNCIA COMPRAR

TRATAMENTO PARA IMPOTÊNCIA COMPRAR — Preço, Descontos, Onde Comprar, Bula → Funciona!

Depois de sofrer por um longo período por falta de autoestima e frustração por conta do tamanho do meu pênis, passei a procurar por soluções na internet e fora dela. Até que eu resolvi tratamento para impotência comprar, um suplemento que acabou de ser lançado no Brasil e que promete o crescimento peniano de forma natural e sem efeitos colaterais.

Muitos homens não se sentem confortáveis com o tamanho e largura de seus pênis. Acredito que você esteja aqui pelo mesmo motivo, por conta dessa insatisfação.

Continue lendo esse artigo e veja como os meus resultados foram tão satisfatórios e surpreendentes que resolvi criar essa página para falar um pouco da minha história. Confira!

Encontrei a Solução: tratamento para impotência
São vários produtos que prometem aumento peniano, só que, por experiência própria, a grande maioria não funciona e só serve para iludir homens que, assim como eu, buscam uma solução para um problema tão sério como esse.

Fiquei desesperado por um tempo, sem motivação para mais nada. Não estava satisfeito com essa situação até chegar ao ponto de ficar tão deprimido que não conseguia mais me relacionar com ninguém.

A verdade é que eu sentia muita vergonha do meu pênis, não aceitava que ele fosse tão pequeno. Comecei a participar de um grupo no Facebook relacionado ao tema.

Lá, homens com o mesmo problema discutiam procedimentos, suplementos e alternativas para o aumento peniano. Até eu encontrar um membro que afirmava que tratamento para impotência funciona, maravilhado com seus resultados, começou a comentar sobre a experiência no grupo.

O relato era incrível, cheios de altos e baixos no inicio, assim como minha história, mas, muita gente resolveu entrar em contato com o tratamento para impotência comprar no site oficial para obter mais informações com aquele surpreendente final.

Eu li bastante, entendi o funcionamento do suplemento e resolvi fazer o meu primeiro pedido para saber se funcionaria comigo também.

Fui ao site oficial do produto, preenchi as informações necessárias cliquei em tratamento para impotência comprar. O tratamento para impotência original chegou em minha casa dentro de poucos dias, o produto veio totalmente bem embalado, discreto e seguro.

Logo no primeiro dia de uso senti os efeitos do Herus Caps Funciona:

Mais disposição
Mais vigor sexual
Muito tesão
Ereção longa e bastante intensa
Eu estava renovado e disposto a continuar com o tratamento. O tratamento para impotência aumenta mesmo o pênis e realmente é muito poderoso, os resultados são bastante satisfatórios. Não perca essa chance de mudar de vida meu amigo!

tratamento para impotência Funciona de Verdade
A ciência por trás do tratamento para impotência, está por conta de sua fórmula e seus componentes que têm eficácia cientificamente comprovada. O suplemento funciona pois restaura a saúde dos campos cavernosos, fazendo com que eles armazenem mais sangue.

Com maior fluxo sanguíneo, você tem ereções mais duradouras e potentes, além de aumentar consideravelmente a qualidade do orgasmo.

Basicamente o tratamento para impotência funciona por meio de um processo de quatro etapas, como vou detalhar abaixo:

Saúde dos corpos cavernosos: Ao tomar as cápsulas diariamente, o tecido peniano passa a aumentar a capacidade de crescimento do seu tecido. Ao expandir os corpos cavernosos, o tempo das ereções aumentam demais.

Equilíbrio hormonal: uma das etapas mais importantes, a testosterona é concentrada em um maior volume, aumentando a vontade de transar, potencializando as ereções.

Regeneração celular: com o uso contínuo do tratamento para impotência comprar, o corpo passar a revitalizar e até mesmo gerar novas células, fazendo que o organismo passe a se revigorar, mantendo o apetite sexual em alta.

Energia e disposição: com substâncias ativas e naturais na composição do Xtrazise, as cápsulas irão criar pontos energéticos dando potência e virilidade.

Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!

Como Tomar tratamento para impotência
Antes de tratamento para impotência comprar, saiba que o mesmo é vendido em formula de cápsulas, sendo muito fácil utilizá-las. A recomendação de uso é que se tomem duas cápsulas ao dia, uma antes do almoço e outra antes do jantar.

É recomendado tomar com um copo d’água 10 minutos antes das refeições. Muito simples saber como tomar tratamento para impotência, como o suplemento é 100% natural, ele não possui efeitos colaterais e nem contraindicações.

tratamento para impotência Bula
A bula do tratamento para impotência é composta basicamente de quatro substâncias naturais que são específicas para o aumento da testosterona (hormônio masculino), além de trazer outros benefícios como perda de peso, fim da insônia, regulação do colesterol e outras.

Para explicar melhor, separei abaixo os ingredientes da composição tratamento para impotência, confira:

Solanum Sessiliflorum: bastante desconhecida pela população masculina, essa substância é encontrada em uma rara fruta amazônica que age na circulação do sangue e aumenta as taxas de testosterona no organismo, gerando o aumento peniano natural e fortes ereções.

Paullinea Cupana: popularmente conhecido como guaraná, essa substância potencializa o rendimento do corpo humano em atividades físicas, além de melhorar a circulação sanguínea.

Theobroma Cacao: é um dos princípios ativos da fórmula, sendo responsável pela expansão do tecido e dos corpos cavernosos do pênis. Dessa forma, além de ereções mais firmes e duradouras, você ainda sentirá um aumento natural de seu pênis a medida que for utilizando o suplemento.

Euterpe Oleracea: é outra substância que possui um papel importante na expansão dos campos cavernosos. Ela possui nutrientes que garantem o fluxo sanguíneo necessário para a expansão desses campos, proporcionando o aumento natural do pênis ao longo da utilização.

Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!
QUERO TER MINHA VIDA SEXUAL DE VOLTA!

tratamento para impotência Reclame Aqui
Antes de realizar qualquer compra na internet eu costumo utilizar o Reclame Aqui para fazer uma pesquisa.

Para quem não sabe, o Reclame Aqui é uma plataforma sobre os direitos dos consumidores e que permite que pessoas possam registrar reclamações sobre produtos e serviços variados.

Dei uma pesquisada sobre o tratamento para impotência e não encontrei nenhuma reclamação ou comentário negativo acerca do produto. E como o site é acessado por milhares de pessoas todos os dias, não ter comentários negativos sobre o tratamento para impotência Reclame Aqui foi um excelente sinal pra mim.

Depoimentos e Relatos
Os depoimentos sobre o tratamento para impotência comprar são ótimas oportunidades de conhecer os resultados do produto, assim como se inspirar com histórias de pessoas que passaram por problemas iguais aos seus.

Encontrei relatos de pessoas reais que tiveram suas vidas transformadas ao comprar tratamento para impotência. Confira alguns comentários seguir:

Preço do tratamento para impotência
O melhor de tudo é que, o tratamento para impotência preço possui um excelente custo-benefício, sendo acessível para homens de todas as classes .

ATENÇÃO: Em todas as ofertas os clientes ganharão um super brinde secreto!

Como Comprar tratamento para impotência
O tratamento para impotência funciona mesmo e seu sucesso de vendas pode comprovar o que foi dito anteriormente. Por ser um produto novo no mercado brasileiro, só pode ser comprado através de seu site oficial.

Lembrando que não é vendido em farmácias ou lojas de produtos naturais. Para comprar tratamento para impotência Original com segurança, siga os passos abaixo:

Passo 1. Entre no site oficial do tratamento para impotência

Passo 2. Assim que a página carregar e você visualizar as informações, escolha a oferta desejada e depois clique em comprar.

Passo 3. Agora será necessário inserir as informações de pagamento e efetuar o pedido. Assim que for confirmado, a empresa entrará em contato com todas as informações a respeito da entrega do seu tratamento para impotência oficial.

O tratamento para impotência tem Garantia!
O tratamento para impotência funciona e apresenta satisfação de garantia para seus clientes. Ou seja, se dentro de 30 dias de uso você não sentir satisfação com os resultados obtidos, é bem fácil, entra em contato com a plataforma e pode solicitar o seu dinheiro de volta!

Não perca tempo, nenhum outro produto oferece essa garantia. Ao realizar o rápido processo do tratamento para impotência comprar você tem benefícios de segurança ao consumidor, além de resolver todos seus problemas sexuais.